Quantcast
PplWare Mobile

Tags: iss

Estação Espacial Internacional ativa manobra de emergência para escapar à colisão com detritos

O lixo espacial é um problema que se tem agravado com os avanços na exploração do espaço. Segundo a NASA, a órbita da Terra está cheia de lixo espacial. Mais de 130 milhões de peças individuais de detritos orbitam o planeta. Desses, cerca de 34 mil são tão grandes que têm de ser vigiados por entidades dedicadas. Como resultado, a Estação Espacial Internacional (ISS) teve de acionar uma manobra de emergência para evitar a potencial colisão com um fragmento de entulho espacial.

Já no passado recente, um destes fragmentos atingiu a ISS provocando fuga de ar.

Imagem Estação Espacial Internacional a fugir do lixo espacial


Aurora Boreal e Airglow: fenómenos registados em simultâneo pela ISS

O ser humano, ainda que nem sempre esteja atento, é constantemente presenteado. O remetente é o próprio Universo que promove incríveis e raros fenómenos que deslumbram o céu, tornando-o quase mágico e irreal.

Um membro da tripulação da Expedition 62 captou, a partir da Estação Espacial Internacional (ISS), o cruzamento de dois fenómenos absurdamente incríveis.


Meteorito avistado no céu ibérico afinal era um foguetão russo a desintegrar-se

Foi notícia em vários meios de comunicação e partilharam-se as imagens pela Internet, em Portugal e também na vizinha Espanha. Uma bola de fogo que cruzava os céus e que parecia um meteorito a entrar pela atmosfera, na madrugada da passada terça-feira. Seria um astro, um avião, não, era mesmo um foguetão russo a explodir, após ter transportado material para a International Space Station (ISS).

Esta visão rara, foi vista pelas 5h45 da madrugada, à passagem pelo concelho de Ourém, no sentido Lisboa-Porto e, posteriormente foi notícia a desintegrar-se nos céus da Galiza.

Imagem da desintegração do foguetão russo Soyuz que levou mantimentos à ISS


Voos espaciais longos provocam alterações no cérebro dos astronautas

O ser humano enfrenta severas dificuldades fora do seu habitat. Como tal, o Espaço e as suas condições causam problemas aos astronautas. Pelos menos é o que as evidências parecem mostrar. Após longa exposição à microgravidade, alguns tripulantes da Estação Espacial Internacional sofreram alterações em algumas capacidades básicas, como a visão.

Estas alterações, de acordo com uma Ressonância Magnética Hipófise, são provocadas por uma pressão intracraniana elevada, espoletada pelo voo espacial.

Imagem astronautas da NASA no espaço ao lado da ISS


NASA e SpaceX já têm data para o primeiro voo tripulado da Crew Dragon

A SpaceX tem mostrado que o Espaço não está reservado para entidades como a NASA ou a Roscosmos Esta empresa privada tem conseguido algo que muitos países ainda nem sonham atualmente. Tem a sua frota de foguetões em breve terá mais uma novidade de peso.

É sabido que a NASA conta com a SpaceX para em breve começar a colocar os seus astronautas na ISS e fazer deste um processo normal. Esperava-se que o primeiro teste tripulado acontecesse em breve e agora já existe uma data oficial e que será um marco histórico.

SpaceX NASA tripulado Crew Dragon ISS