Quantcast
PplWare Mobile

Tags: ESA

Solar Orbiter captou um vídeo incrível de uma ejeção de massa coronal

A sonda da ESA, a Solar Orbiter, foi lançada em 2020 e desde essa altura tem-nos presenteado com imagens fantásticas do Sol. Desde então, começamos a olhar para a nossa estrela com mais rigor tecnológico e com isso recebemos informação que antes não era possível. Como exemplo podemos ver captado em vídeo pela primeira vez uma explosão de plasma do Sol, chamada de ejeção de massa coronal.

Estas explosões de plasma podem chegar à Terra e afetar instrumentos espaciais, como os satélites e outros equipamentos eletrónicos.

Imagem do Sol num ejeção de massa coronal (CME) captada pela Solar Orbiter


Moonlight: Europa planeia instalar satélites à volta da Lua

Embora os nomes mais sonantes na exploração do espaço sejam os Estados Unidos, a China e a Rússia, a Europa não está parada e vai surgindo com novidades. A Agência Espacial Europeia apresentou, agora, um plano para colocar satélites em órbita em torno da Lua.

No futuro, este projeto poderá facilitar as missões que se realizem eventualmente.

Imagem crateras da Lua que poderão ser muito metálicas


As novas imagens de Júpiter captadas pelo telescópio Hubble são incríveis

A NASA e a Agência Espacial Europeia (ESA) captaram e mostraram três novas imagens de Júpiter. Segundo referem as agências, estas fotografias foram captadas no dia 11 de janeiro de 2017, mas só agora foram mostradas. Estas imagens foram conseguidas em simultâneo recorrendo ao Telescópio Espacial Hubble e ao Observatório Gemini. Assim, a questão que se coloca é: para que servem estas três fotografias do planeta Júpiter?

As imagens que vamos ver são incríveis e desvendam mais alguns dados aos investigadores que estudam há anos o maior planeta do Sistema Solar.

Imagem de Júpiter captada pelo telescópio Hubble da NASA


Veja o crescente engarrafamento do Canal de Suez do espaço

Um dos maiores navios do mundo, o Ever Given, está encalhado no Suez, que é relativamente estreito. Este canal é uma importante passagem marítima artificial por onde passam cerca de 9 mil milhões de dólares em mercadorias diariamente. O planeta preocupa-se, porque por aqui passa cerca de 12% do comércio global. Aliás, o preço do petróleo subiu mais de 4% desde que o navio fechou a passagem.

Conforme podemos ver, pelas imagens de satélite, existem agora mais de 300 navios à espera que o tráfego seja reposto.

Imagem do navio de 400 metros Ever Given a fechar o Canal do Suez


Misterioso “jato azul” vindo da Terra e visto no espaço pela ISS

A Estação Espacial Internacional, que se encontra no espaço em órbita baixa terrestre a uma altitude de aproximadamente 400 quilómetros, permitiu aos investigadores captar um fenómeno raro, um jato azul. Estes raios não são novos, contudo, sendo um episódio raro, adensa o mistério à sua volta.

Os cientistas estão particularmente interessados ​​nas luzes recém-descobertas que ocorrem na atmosfera superior durante tempestades chamadas de sprites (duendes) vermelhos, jatos azuis e elfos.

Imagem Jatos Azuais vistos da Estação Espacial Internacional