Quantcast
PplWare Mobile

Tags: empresas

Será que as empresas querem substituir os seus funcionários por robôs? Estudo responde!

O mundo pula e avança e a tecnologia permite que algumas tarefas, outrora executadas por pessoas, sejam agora realizadas por máquinas. No entanto, a pergunta que se impõe pretende perceber se as empresas estão dispostas a largar os seus funcionários por robôs.

É a essa questão que este novo estudo responde.

Automatização das empresas, substituindo funcionários por robôs


Comissão Europeia propõe plano para combater a pornografia infantil

Infelizmente, os relatos relativamente a pornografia infantil são frequentes. Por forma a mitigar este grave problema, a Comissão Europeia propôs um plano que pretende que as plataformas online detetem, denunciem e retirem conteúdos de abuso sexual de crianças na Internet.

Apesar de ser uma medida que virá controlar conteúdos ilícitos, desencadeou preocupações associadas à privacidade dos utilizadores.

Comissão Europeia


i-doit: a solução para documentar e gerir tudo o que há na sua empresa

As empresas, independentemente da sua dimensão, têm à sua frente desafios que vão além da criação de lucro. Gerir recursos humanos, alocar material de escritório, computadores, organizar a documentação ou ter sempre em dia o pagamento de licenças de software são outros desafios.

O software que hoje damos a conhecer poderá ser a solução que procura para dar o salto na gestão de toda a documentação da sua empresa. Falamos do i-doit.

i-doit: a solução para documentar e gerir tudo o que há na sua empresa


Empresas já podem pedir apoio até 112 euros por trabalhador

Tem uma empresa? Tal como referimos anteriormente, apesar de o Orçamento de Estado de 2022 ter sido chumbado, o Governo comprometeu-se em aumentar o salário mínimo. O salário mínimo nacional passou, em 2022, de 665 euros para os 705 euros.

A partir de hoje, as empresas podem pedir compensação pelo aumento do salário mínimo, ou seja, no máximo, 112 euros.

A partir de hoje: Empresas podem pedir apoio até 112 euros por trabalhador


União Europeia quer que os serviços de mensagens conversem uns com os outros

Imagine abrir o seu smartphone e começar a usar a sua app de mensagens favorita para comunicar com os seus contactos. Estes recebem as suas mensagens e respondem-lhe sem se preocuparem se estão ou não na mesma rede e no mesmo serviço.

Este é um cenário que parece difícil, mas que a União Europeia quer que seja uma realidade em breve. Esta é uma nova posição que a Europa quer impor aos serviços e às empresas por trás das plataformas de comunicação. Apple, Google, Facebook… será que concordarão?

União Europeia mensagens serviços empresas