Quantcast
PplWare Mobile

Tags: compras online

Compras online: Dados do cartão já não podem ser usados

As informações impressas nos cartões de crédito deixaram de ser consideradas válidas para autenticar os consumidores em compras realizadas online. Essa autenticação tem de ser feita através de palavra-passe, mensagem enviada para o telemóvel ou impressão digital.

Se realizar compras online, esteja atento a esta mudança.

Compras online: Dados do cartão já não podem ser usados


Banggood: Já escolheu os seus presentes? Veja as nossas sugestões

Quando se fala em compras online, um dos nomes de lojas mais populares é a Banggood. Com preços sempre baixos, nesta loja online pode comprar deste tecnologia, vestuário, brinquedos, joias, iluminação, e muito mais. Atualmente é das mais credíveis do mercado, com entregas geralmente rápidas.

Nesta época festiva, a loja reforçou a sua oferta com muitas promoções de forma a ir ao encontro das necessidades dos utilizadores. Assim, deixamos uma leque de sugestões que podem ser a prenda que tanto procura.


Compras online: 18% gastou mais de 300 euros em gadgets nos últimos três meses

Num momento de confinamento, muitas lojas fecharam devido à pandemia. Desta forma, as compras online tornaram-se na forma mais fácil, e muitas vezes a única possível, para que os consumires pudessem continuar a adquirir os seus produtos.

Na nossa última questão semanal quisemos apurar qual o montante gasto pelos leitores na compra de gadgets através da Internet nos últimos três meses. Vamos conhecer todos os resultados.

compras online - imagem freepik


Quanto gastou nos últimos 3 meses na compra de gadgets online?

A pandemia da COVID-19 levou ao confinamento das pessoas o que, por conseguinte, obrigou a que todos adaptássemos e reinventássemos as nossas rotinas e tarefas. Uma dessas alterações foi o facto de os consumidores optarem pela Internet para fazerem as suas compras.

As compras e vendas online permitem assim a aquisição de forma rápida e descomplicada de vários produtos, nomeadamente equipamentos tecnológicos. Desta forma, na nossa questão desta semana, pretendemos então saber quanto gastou nos últimos 3 meses na compra de gadgets online.

compras online


COVID-19: IVA no comércio online adiado até julho de 2021

O novo quadro regulamentar do IVA para o comércio eletrónico devia entrar em vigor dia 01 de janeiro de 2021. No entanto, face à pandemia provocada pelo no coronavírus, a União Europeia teve de fazer ajustes no calendário.

Depois da reunião de ontem (24/06), a União Europeia decidiu adiar, por seis meses, por causa da COVID-19 a aplicação do regime aplicável às empresas online.

compras online - imagem freepik