Quantcast
PplWare Mobile

Tags: ARM

Reino Unido retira o acesso da Rússia à arquitetura de chips ARM

Estamos a caminhar a passos largos para o terceiro mês da guerra da Rússia contra a Ucrânia, e, infelizmente, parece que o conflito não tem um fim à vista. No entanto, continuam a ser aplicadas várias sanções ao país de Vladimir Putin com a intenção de massacrar a economia e o crescimento da região em diversos setores.

Recentemente, o Reino Unido avançou com mais sanções à Rússia ao adicionar 63 entidades do país à ‘lista negra’. Entre as empresas estão as duas fabricantes de chips mais importantes da Rússia que, assim, ficam agora sem acesso à arquitetura ARM.


ARM pode ser a culpada pelos problemas de aquecimento dos SoC nos smartphones Android

Os últimos grandes smartphones Android têm estado debaixo de fogo por problemas relacionados que têm colocado em causa o seu funcionamento. Estas situações estão bem conhecidas e ainda não têm uma solução à vista.

As causas têm sido avançadas de várias fontes, mas agora há uma nova possibilidade que está a ganhar forma. Fontes próximas na indústria avançam que a própria ARM poderá ser a culpada, fruto de problemas no desenho destes SoC.

ARM SoC smartphones Android aquecimento


ARM estará a ponderar despedir 15% dos seus funcionários

Recentemente anunciámos que a Nvidia estaria a proceder à compra da ARM por 40 mil milhões de dólares. Contudo, o negócio foi alvo de muitas polémicas e preocupações, sendo que a fabricante das placas gráficas GeForce acabou por desistir da compra da gigante de chips da SoftBank.

E a situação da ARM não parece estar famosa, uma vez que de acordo com as mais recentes informações, a empresa estará a ponderar despedir cerca de 15% dos seus funcionários.


Depois da polémica, Nvidia desiste de comprar a ARM

Em setembro de 2020, a Nvidia anunciava a aquisição da ARM pelo valor de 40 mil milhões de dólares. O negócio sofreu vários atrasos e foi alvo de muitas polémicas por parte de outras empresas rivais da fabricante norte-americana.

No entanto, depois de tanto tempo em banho maria e de vários avanços e recuos, a Nvidia decidiu pôr fim a este assunto e desistiu de comprar a ARM.


Chips: CEO da Arm alerta que as compras do Natal poderão estar condicionadas

Conforme temos acompanhado, a crise de chips tem complicado a normal operacionalização de várias empresas dos mais variados setores. Durante uma intervenção na Web Summit 2021, a decorrer em Lisboa, Simon Segars, CEO da Arm, alertou as pessoas que ainda não garantiram os seus dispositivos eletrónicos para o Natal.

Segundo ele, estas poderão sofrer uma desilusão, não recebendo as suas encomendas atempadamente.

Simon Segars, CEO da empresa de chips britânica Arm, na Web Summit 2021, em Lisboa