PplWare Mobile

Google perderá 800 milhões de utilizadores com uma Huawei sem Android


Fonte: CNBC

Desenvolveu desde cedo o gosto pela escrita e comunicação. Em leis formado, tem como hobbies a aquariofilia e a música. Mas é na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e no Pplware a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.

Destaques PPLWARE

  1. Jorge Cunha says:

    A Huawei não pode é estar à espera que as coisas se resolvam do lado dos EUA/Google! Tem é de ir para a frente com o seu OS, que segundo dizem é compatível com as aplicações android. É uma boa altura para a Huawei se associar à Aptoid e esta avançar com força contra o monopólio da Google na Store Android

  2. s_junior says:

    Não acredito que a HW se vai safar com o seu próprio OS.
    Imagem um telemóvel Android sem App Americanas.
    Deixei o WP por falta de updates, bateria viciada e falta de Apps. Tenho um P20 e começo a acreditar que vou passar pelo mesmo….

    • KodiakShadows says:

      ou vai buscar ainda mais clientes. O WP é otra historia acho que não havia muito interesse de parte da MS

    • k says:

      Ainda recentemente uma cliente me trouxe um aparelho huawei comprado a uns meses que acabou de ficar sem a playstore e o youtube deixou de funcionar. Nada a fazer. Nem sei como ela vai fazer agora, se calhar devolve-lo? Nem sei se sequer pode devolver por o aparelho ter perdido funções que existiam quando ela o comprou e agora não tem. Tipo, não é uma avaria mas deveria poder faze-lo..

      • Marco says:

        Muito estranho, primeiro relato que vejo de isso acontecer…a própria Huawei indica que quem comprou tem sempre o seu suporte e acesso a actualizações. Tenho Huawei à anos e uso os serviços da Google diariamente sem qualquer problema!
        Se calhar um reset de fábrica e voltar a actualizar a ver se acontece o mesmo.

    • Danilo says:

      Deixa de ser burro, iOS não tem google mas é a marca mais valiosa do mundo.
      O fato de não ter google não significa que nadas podes usar dele.

  3. Marco says:

    A mim não me perderá como cliente decerteza enquanto os produtos mantiverem a qualidade de construção, software/OS (atualizações), design (embora este último seja relativo mas falo na minha opinião) que têm. Em relação ao OS tenho a expectatíva se perder o Android terá uma alternativa igual ou melhor não digo no imediato, mas a médio/longo prazo bem desenvolvido será outro OS de qualidade que o mercado terá, mas o futuro o dirá!

  4. Joao Ptt says:

    Sem a loja de aplicações da Google, com toda a certeza que a maior parte dos clientes irá simplesmente mudar de smartphone para outra marca que não tenha esse problema, a menos que a Huawei arranje uma loja de aplicações similar se não até melhor ao que a Google já fornece.

  5. João Coelho says:

    Conforme já aqui comentei, os EUA vão perder a liderança tecnológica! Nos bastidores já está em crise por esta altura! Tudo isto é bom para todos os demais!

  6. Zé Duarte says:

    A Google não quer saber. Gostam de ser rasgados pelo homem da peruca laranja.

  7. Jonas says:

    SEREI FIEL A HUAWEI CUSTE O QUE CUSTAR ESSA SACANAGEM AMERICANA A MIM NÃO ME CONVENCE…

  8. Jorge Gomes says:

    O que eu mais desejo, é que a huawei faça falência, estes tugas de merda so sabem criticar os usa por ter feito o que fez a huawei, mas nenhum critica tudo quanto china proibe ao ocidente, nem tudo quanto ela fabrica sem licenças, querem é tudo gratis, vao trabalhar sem malandros.

  9. Jorge Gomes says:

    Até a microsoft lhe deveria cortar todos os windows.

    • Samuel says:

      Só um grande problema para ti!! Tu o que tens vem da China excepto os OS.

    • Samuel says:

      Só um grande problema para ti!! Tu o que tens vem da China excepto os OS.

    • Danilo says:

      Poderiam usar o Deepin como sistema operacional para computadores. Ele já é um sucesso enorme no Oriente. Imagina uma empresa do porte da Huawei popularizando-o no ocidente?

      • Toni da Adega says:

        O Linux tem um 0.65% do Mercado na China. Nao chamaria a isso um sucesso enorme

        • Danilo says:

          O Deepin nasceu no Oriente e faz sim sucesso, a nível de distro Linux. Se uma marca grande com a Huawei começasse a usar o marketing e sua popularidade, poderia fazer esse número bater com o macOS (~10%).
          O problema do Linux no desktop é falta de marketing e o estigma negativo de que Linux é “difícil”, “só pra hackers” e “desenvolvedores” ainda paira na cabeça pequena do povo.

  10. Vitor says:

    Para mim em termos de “espionagem” China e USA são precisamente a mesma coisa…o “problema” é que os “gringos” estavam habituados a atuarem sózinhos nesse domínio e não querem “concorrência”! Se a Huawei lançar o seu SO e tiver hipótese de trocar o Android pelo seu SO serei dos primeiros a faze-lo…

    • Ze says:

      Este comentário fez-me rir. Este salta dos “gringos” espiões para os “comunas” espiões e vai a saltar de felicidade. Há com cada um…

      • Vitor says:

        O meu comentário só pode fazer rir quem não o consegue compreender…e pela tua resposta além de não o compreenderes nem sequer consegues uma resposta coerente e escrita em Português que alguém compreenda!

  11. Jorge Gomes says:

    A Tugolandia é dos paises mais atrasados do mundo, é dos paises mais corruptos do mundo, é um país de 3º mundo, e ainda consegue ser dos países mais endividados do mundo, 5º lugar, vejam so a competencia das faculdades da tugolandia, demontram a categoria da formaçao das pessoas, baixa qualidade na formaçao.

    • HLAM says:

      Tudo bem… Tudo a ver com a noticia.

    • Tiago says:

      Sr jorge podes difamar o povo português mas isso é só inveja, todos os países têm os seus problemas. Baixa qualidade???? Ahahah. Se calhar aqui a baixa qualidade és mesmo tu. Microsoft, huawei, seja que marca ou impresa, seja que país, precisam todos uns dos outros. Aqui a questão é :os estados unidos bloquearam a huawei por espionagem, mas não te esqueças que todos os países o fazem. Não podes ter uma mente tão retrogada, e andar a difamar os pessoas ou países. Tens que crescer mais intelectualmente e pensar bem no que dizes. Podes criticar seja o que for vivemos numa democracia mas não podes ofender com opiniões da treta.

  12. pretor says:

    Jorginho Gomes, get a life…

  13. Soldado Mor says:

    Porque as coisas eram assim tão directas, a maioria de utilizadores que querem Android certamente vão optar por telemóveis Android samsung e outras marcas que tenham Android.

  14. Maria says:

    Basta olhar para ti.
    Se gostas ds cheirar o rabiosque do Trump de graça vai para lá… ops não podes… és um latino, daqueles básicos que para o Trump nem para limpar um wc de americano serves… também te deves ir brozear para a praia, para seres ainda mais latino.
    ah ah ah um latino básico a defender alguém que é superior a ele e que olha para ele como lixo. Só mesmo em Tugal ah ah ah

  15. Joselito says:

    Não faz diferença para o Google, uns chineses há mais ou não! Eles não rendiam nenhum centavo, tudo era open, e não usavam nenhuma aplicação rentável do ocidente mesmo!

    • met says:

      A China é o mercado com maior crescimento do mundo.
      Estamos a falar de um país com mais de 15 % da população mundial, em que o poder de compra da população anda a aumentar, ao contrário do que acontece na Europa onde que estagnou para uns e desceu para outros.
      Dizer que não interessa é de uma ignorância atroz.

      • Joselito says:

        Que piada, desde quando chinês pode comprar alguma coisa?, ou têm dinheiro? Agora o governo chinês sim, quando decidem o que o povo pode ou não receber, mas como disse, não faz diferença, ainda mais com a hw e xiaomi entregando cópias mais baratas e que são monitoradas facilmente pelo governo genocida!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.