PplWare Mobile

Confirmado: Huawei OS será compatível com todas as aplicações Android


Fonte: Huawei Central

Desenvolveu desde cedo o gosto pela escrita e comunicação. Em leis formado, tem como hobbies a aquariofilia e a música. Mas é na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e no Pplware a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.

Destaques PPLWARE

  1. ElectroescadaS says:

    Seria a bofetada ideal à Google usar um SO da marca. Mesmo a Google facilitando a marca literalmente borrifava-se para a Google… 😆

    • Jorge Rodrigues says:

      Acredito que seja mesmo isso que vai acontecer..
      olha par a Apple… vês logo o que a Huawei vai fazer… sem depender so software dos americanos e com telemovies a um custo apetecível … e a implementar o mesmo nos seus portáteis vai ser o fim da bicada para os americanos…
      O presidente americano “pato” donald j trump “trampa” .. vai ter que se fazer homenzinho ou arrisca-se a ficar conhecido como o otário que incendiou uma “guerra” contra uma carrada de países porque pensam de forma diferente…

      • David Guerreiro says:

        Custo apetecível? Desde quando é que um Huawei P30 Pro tem um custo apetecível?

        • André Soares says:

          Eu também nao percebo porque tanta gente diz isso, p30 pro ,o mate 20 pro quando saiu era muito caro, os topos de gama da samsung o preço é muito identico a apple é um pouquinho mais caro,o que se pode apontar à apple é que depois do iphone 10 no ano a seguir trouxe uma copia do 10 ainda mais caro e um carregador de 5w que é ridículo

        • Mário Costa says:

          Comparando com as maçãs, é mais barato. Acresce a variedade das apps free tão do agrado dos utilizadores. Ah, e na China também se vendem muitos Iphone e Ipad… e se houver boicote à Apple? Tem a palavra o Trampa…

    • irlm says:

      … de luva branca…
      grande resposta por parte da Huawei

    • Rui João says:

      Só falta é o melhor, os Google services. A huawei é lixo.

  2. Tiago says:

    Vamos ver se estas medidas contra a Huawei não se vira o feitiço contra o feiticeiro ! Pode ter sido aberta a caixa de pandora ! Aguardemos para ver !

  3. Pedro R. says:

    O Trump só sabe dar tiros nos pés! Sem o mercado chinês, iremos assistir a uma redução colossal das exportações de tecnologia americana com consequências negativas óbvias para a economia norte-americana. Ainda por cima, anda a insistir em supostas atividades de espionagem da Huawei, quando, desde as revelações do Edward Snowden, todos ficámos a saber que empresas como a Google, Apple, Microsoft, enviam todas as informações para a NSA. Enfim, grande hipócrita e enorme nabo! O problema é que todos sofreremos consequências dos atos desse homem. Apenas até às próximas presidenciais nos EUA, espero eu!

  4. Gabriel Águas says:

    Isto pode ter sido mau para eles mas por outro lado até pode ser algo bom se for bem sucedido, e que inspire outras fabricantes a fazer o mesmo e libertarem-se do monopolio da google.
    Concorrencia so faz é bem, o melhor exemplo disso é a intel vs AMD.

  5. Lucas says:

    O governo dos EUA cometeu o imenso erro.
    A Europa e a Ásia irão promover sistemas operativos em alta força para não ficar dependente de norte americanos loucos.

    • Carlos says:

      Cuidado se as fabricas e tecnologia não saem todas da China para o ocidente…criando empregos novamente para estas bandas ocidentais…e apenas os chineses fiquem com o mercado interno…isso sim. Intel, Qualcomm, Xilinx e Broadcom referiram que iriam parar de fornecer hardware. Já a Infineon alemã também já suspendeu fornecimento à huawei

      • Melanie says:

        Isso é porreiro e de onde acha que vem (mas deixará de vir) 80% da matéria prima usada por Intel Qualcomm Xilinx e Broadcom??
        Acha mesmo que os chineses não vão dar uma bofetada ao Sr. Trump?
        Sabe em que mãos está 70% da dívida pública dos EUA?

      • Toni da Adega says:

        As fábricas mais facilmente sao movidas para india e paises asiaticos que para o ocidente.
        E as marcas chinesas mudam de componentes “Americanos”para components chineses.

        Mas há quem diga que perder o Mercado chines é bom para as empresas Americanas

        • So7t says:

          India, Vietnam, Filipinas, Paquistão … Estão a esfregar as mãos e todos eles com más relações com os chineses!!

          Aconselho vivamente a visualização deste vídeo… O autor salienta o fim da ausência de taxas alfandegárias como incentivo à exportação da economia Chinesa!!
          https://youtu.be/c1BLtYGyffc

  6. Marco says:

    Como user Huawei gostava que o OS da Huawei fosse para a frente, e otimizassem o mesmo como faz a Apple com os seus produtos.
    Independentemente das maluquices do Trump, dos avanços e recuos da Google quem ganhava era o consumidor Huawei, a própria Huawei que não dependia de OS’s de ninguém e como já foi dito era uma chapada de luva branca à Google, ao Trump e aos EUA, e uma demonstração de poder e autosuficiencia própria!

    • Carlos says:

      Há também a questão do hardware… Intel, Qualcomm, Xilinx e Broadcom referiram que iriam parar de fornecer hardware. Já a Infineon alemã também já suspendeu fornecimento à huawei

      • Elkido says:

        A HUAWEI tem o seu próprio Hardware… processadores Hilsicon Kirin…. são autosuficientes…..a China é a maior fornecedora de hardware e Smartphones e gadjets e matérias primas do mundo….os Americanos é que se vão lixar…. até a maioria dos iPhones são fabricados na China…..a ver se substituem o maluco do Trump porque os EUA e o resto do mundo precisam da Huawei para fornecer hardware e Redes 5G baratas e as demais empresas Chinesas…. Eu só compro Smartphones Chineses da NET… são melhores e mais baratos

        • Vítor Rocha says:

          Os processadores da huawei e todos outros componentes usam componentes da intel e afins, não são totalmente autosuficientes. A maioria dos iphones são fabricados na china, o que torna a apple um cliente da china, se a china perde esse cliente é muito dinheiro que ficam a perder tb. Para a apple põe a suas fabricas na india (que é o que já começaram a fazer) e está tudo bem. O pior será se proibem a venda de iphones …

  7. Jorge Rodrigues says:

    uma coisa que me quer parecer é que com este presidente os EUA estão a cavar um poço ben fundo… não é só na tecnologia, mas noas ameaças que fazem a outros países …
    Só espero é que se der para o torto a sério.. que não arrastem toda a gente com eles.

  8. Carlos says:

    Trump é protecionista e defende os EUA primeiro. Mesmo que a huawei desenvolva outro SO, a questão não é somente essa. Intel, Qualcomm, Xilinx e Broadcom referiram que iriam parar de fornecer hardware. Já a Infineon alemã também já suspendeu fornecimento à huawei. A china tornou-se um gigante ao captar as tecnologias do ocidente, para as depois copiar e usar em proveito próprio. Podem copiar, mas desenvolver como faz o ocidente, duvido

    • RPG says:

      Huawei tem a HiSilicon para produção de processadores e muitos outros CI, onde já podes ver por exemplo o famoso P20 PRO com processador deles (Kirin 970). Pode haver poucas empresas Chinesas a inovar como dizes, mas a Huawei certamente não é uma delas lol.. O Huawei Fold e o 5G são prova disso.

    • MMario says:

      Não nos devemos esquecer que muito antes de qualquer País existir na Europa ou na America a China já existia e muitas invenções já têm milhares de anos descobertas na China anda muita gente a fazer dos Chineses parvos mas eles não o são vai suceder o contrario quando estiveres em velocidade de cruzeiro vão arrastar muitos.

    • Toni da Adega says:

      E essas empresas sao as que mais tem a perder. Com a Huawei perdem um grande cliente, a Huawei facilmente arranja alternativas nao EUA, e quando isso acontecer existe o risco de outras chinesas marcas fazerem o mesmo.
      Parecendo que nao o Mercado chines é +- 30% do mercado mundial. 30% é um rombo enorme para qualquer empresa.

  9. BlackFerdyPT says:

    Dado o actual mercado de aplicações (e podendo haver utilizadores exigentes, quanto à disponibilidade específica de algumas – e também quanto à variedade das mesmas) quase que era óbvio que a Huawei iria usar o AOSP, para manter (muito mais facilmente) a compatibilidade dos seus smartphones com as actuais aplicações Android.

    É a maneira mais simples de (pelo menos, por agora) resolver o problema… E depois, no futuro, logo se vê se se avança com uma alternativa realmente diferente, caso haja condições para um mercado de aplicações alternativas suficientemente bom.

    Espero até (i.e. estou a torcer para) que isto resulte no mesmo que aconteceu com o OpenOffice e o LibreOffice, por exemplo – em que o “fork” que surgiu por causa de tentativas de controlo acabou por ultrapassar o software original, em termos de popularidade.

  10. Miguel Gandara says:

    Acho que seria uma excelente oportunidade para a lineageos se chegar à frente…

  11. Napoléon Bonaparte says:

    E acham que a Google vai deixar descarregar as apps da Play Store para equipamentos que correm sistema operativo Huawei?! Devem estar a brincar…!
    Mais vale a Huawei aproximar-se da Aptoid, que pode responder às necessidades deles, em vez de pensar que pode fintar a Google recorrendo à Play Store. Porque isto não vai acontecer, como é óbvio: tentam descarregar a app…
    E dá erro!

    • Nuno Monteiro says:

      Se a própia google diz que o vai permitir onde está a duvida? A google é uma empresa privada que quer o melhor para ela, e perder o mercado chinês não é opção, já dizia o velho ditado, quando não aguentas junta-te a eles e é o que a google vai fazer, cumprindo as regras de trump mas de forma indireta mantem tudo “igual”. Isto é simplesmente uma chapada de luva branca a trump e EUA onde as própias empresas americanas estão contra as regras.
      Sinceramente acho que já devia ser tudo mais evoluido, as questões politicas só estragam este mundo, um novo sistema de dominio inter-paises era bem vindo…

      • David Guerreiro says:

        Não sei se sabes, mas no mercado chinês não existe Google Play Store, não é permitido. Ah pois, uma das maravilhas da China, a censura…

  12. Daniel says:

    Eu fico a rir das pessoas que acham que só porque é Android precisa do Google. Acho que nunca ouviram falar de custom roms e de microG.
    Imaginem se soubessem das possibilidades sem o Google.
    Ficariam muito decepcionados por terem sido enganados por grande corporações.

    • Eddy Parera says:

      Enganados não… As roms stock recebem atualizações de segurança todos os meses. São trabalhadas para o modelo intensivamente.

    • David Guerreiro says:

      E donde provém as stocks ROMS? É tudo feito a partir de código AOSP da Google. Quer queiramos ou não, quem faz o grosso do trabalho é a Google. Não quer dizer que amanhã não se crie um fork do AOSP e se comece um desenvolvimento separado, e as marcas embarquem nisso. Mas por agora, o projecto Android da Google é muito poderoso, e nem a Samsung mudou para o Tizen como se falava.

  13. Manuel Pereira says:

    Pode até conseguir executar APKs, mas como vão resolver as dependências de serviços como o Google Play Services e afins dos quais imensas Apps dependem?!

    Só se os Devs lançarem versões “especiais” o que coloco imensas dúvidas.

    • Eddy Parera says:

      Um método de login através do novo sistema não precisa da google play para nada… Desde que os devs implementem isso nas apps.
      Como é óbvio, a Huawei vai disponibilizar essa api.

      É da mesma forma que muitos devs superaram as diferenças android vs ios, mantendo os dados na cloud e associando vários tipos de login para essa conta.

      Ao que parece, o novo OS é apenas um fork do Android e por isso vai facilitar a vida a quem desenvolve aplicações.

      Agora só falta o Trump proibir o mundo de fazer apps para a Huawei xD

      • joao says:

        nota-se que nao fazes apps.
        ja nao chega ter que fazer builds e gerir esses builds para 2 lojas (apple e google) ainda vem mais um a abrir uma loja? so se vai meter as apps nessa nova loja se der retorno e se o mercado assim o justificar. como as apps no lado da google dao pouco lucro se é que dao…..(o povo adora gastar 100 euros num jogo da bola mas para dar 1 euro numa app…ui ui). pessoalmente so meto la builds se o cliente o pedir e o pagar. as minhas apps pessoais, nope. nao estou para fomentar diversidade de lojas. nao é bom para ninguem. a amazon tinha a sua loja com as “mesmas” apps da google store….normalmente desactualizadas e em muito menor numero. o cliente so perde com isto.

    • barf says:

      Não vão. Por isso o BBOS não vingou. E era um ótimo sistema.

    • BlackFerdyPT says:

      Em último caso, criam um equivalente ao “Google Play Services” (da mesma maneira que o projecto ReactOS faz o que é preciso, para que nele corram também os programas feitos para o Windows).

      E, se o Android, em reposta, começar a exigir que as aplicações para ele criadas só possam correr com um “Google Play Services” original instalado, havendo a mesma base AOSP no sistema operativo da Huawei, certamente que a portabilidade para o último não será difícil de se fazer (por quem também queira vender aplicações num mercado tão grande como é o dos smartphones da Huawei – da mesma maneira que o fazem para o, até mais pequeno, mercado dos iPhones).

      • joao says:

        a questao nao é ser facil ou dificil fazer o port…
        é mais uma loja para gerir….33% a mais do que existe actualmente. mais custos para o cliente e para a empresa que faz as apps. ninguem quer mais custos. o cliente tambem nao quer ver uma app com uma versao numa plataforma e chegar a outra ter outra versao mais antiga so pq a plataforma menor nao tem tanta actualizacao pq nao compensa ir la tantas vezes (amazon store)….
        o SO da blackberry foi um fracasso pq ninguem la metia apps que se justificava os custos embora o SO era superior ao android na altura.
        O da microsoft pior que era preciso uma equipe dedicada a fazer apps com um mercado de 1 a 3% quem é a empresa que investe nisso?
        agora com lojas a popular por cada marca ia ser bonito….

      • David Guerreiro says:

        E até digo mais, isso vai ser uma loja usada pelos clientes Huawei e pouco mais, qual o incentivo que os programadores terão para lançar lá as suas apps? E se a Play Store é o que é, e já tem tido imensos problemas de apps manhosas e perigosas que passam os controlos de segurança, imagino na loja que a Huawei vai usar. E se não conseguir garantir que grandes apps como WhatsApp, Spotify, Facebook, Youtube. Para muitas pessoas não lhes interessa se a loja é da Google ou não, o que interessa é que tenha as apps que usam.

  14. Elkido says:

    A HUAWEI é a empresa com mais patentes do mundo…. tem uma série de empresas de componentes dela…a Hilsicon é a que lhes fabrica os processadores e outros componentes….. é das empresas mais completas do mundo e é autosuficiente

  15. JMS says:

    E serviços/ apps como Gmaps e Waze? Poderão ser acedidos? Como?

    Duvido que a google permita ou implemente estas apps nova store da Huawei.
    Não nos podemos esquecer da importância de alguns dos serviços da Google.
    Sendo o FB e Twiter tb americanas poderão (aos olhos desta nova lei) implementar as suas apps nesta nova loja? (wattsup incluído aqui)

    Estes são apenas algumas apps que poderão não existir neste novo ecossistema e que garantidamente deitaram por terra a viabilidade do mesmo.

  16. Miguel says:

    Óbvio. Isto só vai fazer com que outras empresas comecem a abrir os olhos e tenham receio de estar dependentes da Google, ainda vamos assistir aos fabricantes criarem as suas versões AOSP, com possibilidade de instalar lojas tipo aptoide, com mais liberdade e independência da Google. O Trump vai dar um grande tiro nos pés. “América First”.

  17. David Guerreiro says:

    O que é que uma coisa tem a ver com a outra? Apenas a Huawei (e talvez a ZTE) serão afetadas por este bloqueio. Marcas chinesas há aos pontapés, e continuam a ter acesso a tudo. Para a concorrência da Huawei é que devem estar de sorriso na cara. Para marcas como a OnePlus ou Xiaomi, ambas chinesas, se apanhassem uma boa fatia de clientes da Huawei até cantavam o fadinho.

  18. Fteixeira says:

    LOLOLO agora sim, mais ng os para de vender dados LOL. Pessoalmente, acho que a nivel de protecção de dados, isto era o pior que podia acontecer. Se a google ainda fazia algum controlo para passar certificação, agora é mm tudo em frente.
    Para mim, é fim da marca.

  19. Álvaro says:

    O engraçado é que a huawei é a única marca chinesa alvo desta manobra. Ou seja, segundo o regime chinês, todas as empresas chinesas estão obrigadas a dar informações e outras aos serviços militares, secretos, etc. Mas a huawei como já começa a fazer mossa no share de vendas dos americanos, já dói, ainda por cima de um claro inimigo do país. Samsung ainda passava, sendo sul coreana, e sendo apenas uma. Agora sempre que alguma chinesa chegar lá a cima. Vai ser barrada por ser chinesa.

    Em relação ao huawei OS, se as Google apps forem bloqueadas lá, é igual ao litro.

    • bTN says:

      “EUA preparam-se para adicionar Hikvision, Dahua e outras empresas chinesas à lista negra”
      “EUA preparam-se também para banir a DJi”

  20. Roger says:

    Tomara que esse novo OS não seja baseado em JAVA.Porque o mesmo, é cheio de falha de segurança.

  21. bTN says:

    A ARM (Britânica) também já cortou relações com a Huawei…o que não vai ser muito bom para a Huawei, porque eles usam o desenho dos cores para os seus Hisilicone

  22. Kanu says:

    Que grande estalada sem mão. Esse Trump(a) até engole em seco, fique lá no seu canto sujo a tentar ser o dono do mundo. Venha lá esse OS a bombar… Nós é que devíamos boicotar os produtos Made in usa…. Não compro mais nada deles.

  23. Jorge Cluni says:

    Mas para quem já tem um telemóvel Huawei (nomeadamente p30 lite) o que vai acontecer com as actualizações? Iremos continuar a ter updates? Tanto das aplicações como da própria emui?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.