PplWare Mobile

Xiaomi: Mota elétrica dispara dos 0-100 km/h em 2,9 segundos


Autor: Pedro Pinto


  1. Nuno Monteiro says:

    bonita, rápida e não destrói ouvidos.

    • ruben says:

      lol
      as pessoas que conduzem moto nao metem escapes a fazer barulho por fazer
      mas sim por seguranca, ha os chamados angulos mortos e e muito mais facil para uma mota nao ser visto
      por alguma razao as marcas fortes do segmento electrico fazem com que estas apresentem um barulho alto, ainda que meio electrico
      uma mota silenciosa, acaba por ser muito mais perigosa tanto para quem a conduz como os outros

      • Joao says:

        Não nos enganemos. O principal motivo para se mudar o escape, tirar dB killers etc. não é a segurança.

        • Ruben says:

          É um dos motivos e acredita que uma mota silenciosa no meio do trânsito fica muito aquém da segurança comparando com uma barulhenta
          Um exemplo disso é a maior parte dos acidentes ser com scooters e essas andam pouco

          • Joao Magalhaes says:

            Concordo na parte do silêncio no meio do trânsito mas não concordo com a parte da scooter, tenho uma Burgman 125 e zero acidentes no meio do trânsito, principalmente porque vivo na Polónia e os condutores aqui respeitam as duas rodas e ao contrário de Portugal, têm que abrir espaço no meio para as motas passarem.Depois vem o civismo, felizmente sei sempre quando os automóveis vão mudar de faixa visto que aqui se não sinalizares a mudança de direcção és multado, se eu for na mota a filmar só tenho que enviar o filme para a policia, já em Portugal infelizmente os condutores não sabem o que isso é.

          • O pirata says:

            Os meus escapes abertos a fazer barulho já me salvaram 3x.
            Há condutores que acham que uma mensagem ou um telefonema é mais importante que a vida de um motociclistas…

            Loud pipes save lives

        • Luis says:

          Tretas, respeitem as regras de trânsito.

      • Alguem says:

        o “barulho alto” que eles metem nos elétricos não é mais alto que o barulho dos outros carros; e se eles quisessem barulho para segurança, há formas bem melhores de o fazer. ou querias ver eles a meter escapes nos elétricos?

      • Bob says:

        Como também ando de moto, e até tenho 2 (de momento), posso dizer que o barulho audível, não exagerado, é útil para quem andar a inventar faixas pelo meio dos carros, e não só.
        Tendo uma mota que quase não faz barulho, muitos carros não dão conta da aproximação da mota, mesmo estando a fazer uma condução 100% legal.
        Dar ali uma aceleração do motor e soltar um ronco, funciona bem. Mas, não exagerar nos DBs.
        Não alterei o escape em nenhuma das motas, mas se o fizer, será para um que ajuda um pouco no barulho, mas não para acordar a rua toda! 😀

      • mlopes says:

        colocam a mota a fazer mais barulho po questões de segurança? hummm, ok. gostaria então de perceber porque quando têm a mota parada (quando a param e antes de arrancarem) aceleram em ponto morto de forma a que o barulho se ouça a quilómetros de distancia. deve ser proatividade 😉 😛

    • int3 says:

      A minha é bonita, rápida (+-3.5s 0-100 e 270 max) e não destrói ouvidos. Tem escape de origem 🙂

      • mlopes says:

        pois, mas há sempre quem ache que se colocar um escape que destroi tímpanos a mota consegue melhores performances.
        como se alguma vez na vida conseguissem notar a diferença de 6 décimos de segundo dos 0-100km/h numa estrada normal. nem notam nem têm capacidade como pilotos para aproveitarem as capacidades da mota quanto mais precisarem de mais performance

  2. Dinis says:

    Dos 0 aos 100 em 4s????? Que porcaria de mota eléctrica. A minha hornet 600 a gasolina faz 4s dos 0 aos 100. Uma CBR600 de 1987 faz 3,4 Seg.
    O Tesla (um carro com toneladas) faz (model s) faz 2,6.
    A mota é linda e pode ser boa, mas 4 s dos 0 aos 100 numa mota é normal.

    • Dinis says:

      Eu sabia que estava alguma coisa mal: primeiro não é bem uma mota, é uma super scooter (não tem mudanças e tem variador) e depois faz dos 0~aos 1000 em 2,9 segundos.
      Assim está bem!

      • Filipe Baptista says:

        Sim o titulo do artigo é que não está correcto, no video diz 2,9 seg dos 0-100 km/h.

      • Ruben says:

        Mas mesmo 4 seg não é nada mau
        E
        É muito mais que grande parte das motas, estás a comparar com motas de pista acima de 600, uma 07 faz em perto de cinco, uma z900 3.5 etc
        Para além disso sendo a marca que é deve sair barata

      • Joao says:

        Nenhuma mota eléctrica tem mudanças.

        • Dinis says:

          Herrrrrr… Não?
          Tacita T-Cruise, Tacita T-Race Cross , Brammo Empulse R e Horwin CR6 Pro. Só para falar de algumas.
          A MotoE (Energica Ego Corsa) não tem…
          Vários testes provam que mudanças melhoram o alcance dos carros eléctricos (O i8 por exemplo tem 2 mudanças no motor eléctrico)

  3. Nuno Herdeiro says:

    Como é da xiaomi , também vêm com anuncios ?

  4. xi7 says:

    4s referente ao anuncio(ads) antes da largada… xiaomi sendo xiaomi !!!!!

  5. Angelo says:

    Utilizo mota há mais de 20 anos, tenho uma utilização diária, optando por nem ter carro para uma utilização frequente. Denoto que os elétricos sejam uma mais valia, mas existem outras noções mais importantes do que propriamente a velocidade dos 0-100 km/h. Sempre gostei de motos superdesportivas, nunca tive outro estilo, mas nunca assumi a velocidade como o ponto fulcral. Este objecto de duas rodas até pode ser rápido, mas falta aqui muita informação para ser considerado uma moto desportiva.
    No que concerne à segurança na circulação na via pública, o fator de ser audível é preponderante. Quanto mais rápido maior é a aproximação ao obstaculo…

  6. Amilcar Alho says:

    Bem bonita! E preços?

  7. King Banido says:

    Pena é a mota não ser Tesla… Conheço uns quantos que comprariam logo 3 ou 4 pa familia !

  8. Zé Duarte says:

    Vai ser só muros partidos…

  9. ze says:

    Essa chinoca nao deve é ter o regulamento minimo em segurança aprovado pela cee… Mas nos chinos vale tudo.. Desde que ande

  10. José Luís Lopes Dias says:

    Não é mota, não é mota, não é mota, não é mota, não é mota, não é mota, não é mota, não é mota! Irra! Mota é apelido. Até os jornalistas deixaram de dar valor ao idioma com que se expressam e comunicam? O meio de transporte em referência chama-se moto. Quando é que os portugueses vão ser capazes de chamar as coisas pelos seus nomes e deixar de ser ignorantes?

    • Vítor M. says:

      Caro, deixe-me ajudar a acalmar os nervos. Segundo o dicionário de língua portuguesa, Mota é um nome feminino, forma reduzida de motocicleta. Segundo o mesmo dicionário, Moto é um nome feminino, forma reduzida de motocicleta.

      Calma meu caro, calma…. cumps.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.