PplWare Mobile

GNU/Linux – Distribuições Portuguesas


Vítor M.

Responsável pelo Pplware, fundou o projeto em 2005 depois de ter criado em 1993 um rascunho em papel de jornal, o que mais tarde se tornou num portal de tecnologia mundial. Da área de gestão, foi na informática que sempre fez carreira.

Destaques PPLWARE

  1. jedi says:

    bom artigo, por acaso so ouvi e ja testei há muito tempo(desde versao 8 ou 9 se nao me falha a memoria, a caixa magica. É sempre bom conhecer outra versões nacionais. brigado. 😉

  2. Ryan says:

    Bom trabalho Sr. Vitor. Afinal a comunidade Linux em Portugal apesar de tudo é uma comunidade viva e que se recomenda.
    Sem nenhuma excepção penso que é uma comunidade a apoiar pelo trabalho que vão fazendo e espero que se mantenham por muitos e bons tempos.
    Por acaso ainda não mexi na Caixa Mágica desde que se basearam em Debian. Um dia destes com um pouco de tempo tenho de fazer uma análise.
    Long Live Linux

  3. Luís Santos says:

    Parabéns a todos os Portugueses empenhados em desenvolver software livre e também á equipa do pplware pelo tempo dedicado a trazer-nos estas e outras boas notícias.

    Parabéns !!! 😀

  4. Henrique Gonçalves says:

    Bom topico…
    mais acrescento que o criador do OpenXange me deu aulas no ESTGF..
    Eu e o meu colega de estagio(Luis pulido) ficamos responsáveis para a criação de uma distribuição linux para a ESTGF.
    Na minha opinião ficou bem mais completos que todos esses acima(não querendo tirar prestigio os seus criadores), mas a escola ainda não o disponibilizou para download.
    Na minha opinião nem vai ser disponibilizado mas pronto… a escola e que perde LOL.

    • Navyseal says:

      Porque não o disponibilizas tu para a comunidade em geral?
      Vais até à sourceforge e fazes upload ou procuras um qualquer servidor que te permite fazer upload do .iso. 🙂
      Em seguida adicionas a tua distro à distrowatch e fazes um pequeno marketing junto de fóruns populares de informática. Estou certo que terias aceitação aqui no pplware.
      É só uma ideia. 😉

  5. preto says:

    Excelente Como sempre… Obrigado!

  6. meireles says:

    conheço bem o open xange e não é nada de especial, apenas básico… mas vale o esforço.

  7. Peter says:

    Conheci o Caixa Mágica com o Magalhães e sinceramente achei uma tristeza… A versão atual, a 16, representou um salto enorme. É baseada en ubuntu e,como tal, permite aceder a todos os repositários e a software totalmente atualizado.
    Tenho usado e recomendo.

  8. Tiago C. says:

    Também existe a versão da feup 😛
    É baseada no ubuntu e vem com muito software académico

    http://linux.fe.up.pt/portal/distros/ubfeup

  9. Luis says:

    E podiam fazer um artigo sobre como criar uma distro.

    Cumps

  10. João Dias says:

    Aproveito a oportunidade para publicitar aqui uma distro Linux baseada no Ubuntu 10.10 e desenvolvida por mim e por outro colega, destinada aos estudantes do Ensino Superior.

    Chama-se eos, e podem consultar aqui: http://www.eos.pt.la

  11. Guilherme de Sousa says:

    Gestor de janelas? Really? Não confundir WM com DE.

    cumps

  12. Marcelo Barros says:

    Uma pergunta o Caixa magica em comparação com Ubuntu?

  13. Unknown says:

    Gostei muito do artigo. Qualquer dia vou começar a usar 🙂

  14. serva says:

    Boa tarde ,

    Só uma opinião pessoal que gostava de partilhar com todos vós , aquilo a que muitos dos acérrimos defensores de sistemas proprietários dizem a boca cheia ser uma das maiores fraquezas no Linux, representa sem qualquer tipo de dúvida a sua maior força .

    A diversidade de interfaces gráficas os mixs que se fazem entre elas , os SOs que são feitos para um determinado projecto Etc , só podem mesmo ser realizados na actualidade por este belíssimo SO que tem o seu código aberto praticamente desde que nasceu , muito obrigado Linus Torvalds pelo teu contributo em prol da Humanidade .

    Um bem haja a todos que colaboram nesta maravilhosa comunidade .

    Vale a pena nos empenharmos por ela e defender até as últimas consequências a sua subsistência e a continuidade dos progressos até agora alcançados contra tudo e contra todos .

    Fica aqui um Link para vossa apreciação e que justifica de certa forma o meu discurso mais acalorado .

    http://www.suse.com/company/press/2011/7/microsoft-and-suse-renew-successful-interoperability-agreement.html

    Como sabem a Novell tem uma fatia importante do mercado de SOs para servidores , a Linux foundation sei que está atenta , mas tem de passar a estar mais , esta é a minha modesta opinião .

    Aceitem os meus sinceros cumprimentos

    Serva

    • @lmx says:

      Sim concordo Serva,
      Este tipos de acordos foram tentados com mandriva, Ubuntu,RedHat, Novell,etc,etc
      No entanto Ubuntu resistiu, RedHat também e não tenho a certeza se o mandriva também?!
      A empresa alemã Suse linux, debaixo da novell, ou teve que aceitar, ou então aceitou de bom agrado este tipo de acordos com o diabo!!E a coisa ainda piorou mais quando a atachmate(Microsoft) adquiriu a novel e como tal a Suse(embora esta continue debaixo do mesmo grupo diz operar de forma independente…hummm, não nascemos ontem!!). até aqui menos mal, o problema reside no facto de ser precisamente a Suse que detém os direitos sobre o unix, SO em que é baseado o linux, e de uma forma indirecta quase todos os outros projectos de maior renome!
      A novel já disse que a vender não vende os direitos do unix, mas palavras leva-as o vento, a Oracle também disse que não iria destruir o eco-sistema que estava criado em torno da Sun , e vejam o que aconteceu, pois é!!!Estranho foi mesmo a UE e os EUA terem aceite a compra depois desta afirmar que iria dar continuidade ao ecosistema que existia, e agora não os encostarem a parede quando eles fazem gato sapato do ecosistema openSouce!!No minimo estranho!!!
      Para concluir, não deveria ter sido aceite a venda da Novell ao grupo Microsoft!!!Gostaria de voltar a ver a Suse linux independente!!

      cmps

  15. serva says:

    Boa tarde de novo ,

    Fica aqui mais este Link , penso ser elucidativo das minhas preocupações , toda a gente sabe o que se passou com o Oppen Office , bom aqui fica o Link .

    http://www.suse.com/company/history/

    Cumprimentos

    Serva

    • @lmx says:

      Obrigado Serva pela partilha,
      Mas não me deste uma boa noticia, desta não sabia eu!!!A preocupação para mim acabou de aumentar, depois de aceder ao link que colocas-te!!

      cmps

  16. carlos fernandes says:

    À espera do CM 17 lxde.
    PS: alguem sabe como diminuir o consumo no LXDE.

  17. Marcelo Barros says:

    Sou programador, actualmente tenho trabalhado com java, no que diz respeito a BD quase sempre com Oracle, sem entrar muito em pormenores vamos directos ao assunto.
    Tenho Ubuntu no meu computador pessoa, onde quero programar em java e usar como base de dados mysql, que distro de linux me aconselham?
    Uso ubuntu a uns 3 meses, mas quero ver se existe alguma alternativa melhor.

    Cumprimentos.

  18. serva says:

    @LMX ,

    Boa tarde , tens toda a razão no que respeita ao unix , hoje é a preocupação nr.1 da comunidade Open Source , tenho acompanhado de muito perto toda esta situação que é preocupante , chegamos a conclusão que existem demasiadas dependências e que seria desejável que essas gorduras fossem eliminadas de uma vez .

    O Linux acabou de fazer os seus 20 anos de existência e suponho que agora com a estabilidade que conseguida por várias distribuições Linux , cada vez é maior a pressão , esperemos que o bom senso prevaleça e que os € não falem mais alto .

    Aqui ficam mais uns links para os iniciados em Linux para que possam saber mais um pouco da História deste maravilhoso SO .

    http://pt.wikipedia.org/wiki/Linus_Torvalds

    http://pt.wikipedia.org/wiki/Linux

    Hoje na Web , os exemplos de aplicações Open Source são cada vez em maior número , nos seus segmentos são as aplicações com a maior qualidade , temos como exemplo a Wikipédia , e claro todos os produtos que a Google nos disponibiliza gratuitamente , mas para além destas que me refiro existem centenas delas , desde pequenas aplicações que são desenvolvidas pela comunidade a grandes aplicações , ainda esta semana foi apresentado o projecto Colibri aqui no Pplware, uma ferramenta fantástica de suporte a pequenas e médias empresas que tem atingido uma estabilidade digna de se lhe tirar o chapéu , ficaria muito logo o meu texto se fosse enumerar uma parte dos projectos que estão em permanente desenvolvimento e outros que estão na forja .

    Para finalizar hoje existem distribuições de Linux que não perdem absolutamente em nada , comparando aos sistemas proprietários , existem ainda algumas áreas (poucas) aonde não existe uma resposta nem alternativas a Microsoft , mas estou convencido que é mesmo só uma questão de tempo .

    Aceitem os meus sinceros cumprimentos

    Serva

  19. Gostava de dar a conhecer mais esta distro tuga voltada para o ensino de EVT trata-se do EVTux é uma distribuição GNU/Linux, construída com base no Ubuntu, e que inclui as ferramentas digitais listadas e integradas no projecto do EVTdigital (em http://evtdigital.wordpress.com)

  20. Olá!
    Falta realmente a distribuição da qual sou um dos pais: o EVTux. Foi uma ideia que teve a sua génese no EVTdigital e podem conhecer melhor e descarregar em http://evtux.wordpress.com e no Facebook em http://www.facebokk.com/EVTux

    Abraço

    JAR

  21. Bom dia,

    excelente post!

    uma pequena correção acerca do Open Xange: foi criado em 2007.

    PS: infelizmente em portugal, o linux em geral e o Open Xange em particualr, não tem qualquer expressão, apesar de o OX já ter mais de meio milhao de downloads….

    apsantos

    • Henrique Gonçalves says:

      Boas professor 🙂
      ouvi dizer que andam a perguntar por mim, neste momento estou a procura de emprego.

      Ja se sabe se o ESTGF-OS vai ser lançado ?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.