PplWare Mobile

O que é uma criptomoeda e em que tecnologias está assente?


Vítor M.

Responsável pelo Pplware, fundou o projeto em 2005 depois de ter criado em 1993 um rascunho em papel de jornal, o que mais tarde se tornou num portal de tecnologia mundial. Da área de gestão, foi na informática que sempre fez carreira.
Por Eduardo Mota para Pplware.com

Destaques PPLWARE

14 Respostas

  1. CMatomic says:

    Obrigado por mencionarem o CryptoEscudo.
    Um bom natal a todos .

  2. Vasco says:

    Pela minha parte devo dizer que até ao momento pouco ou nada percebi ainda sobre o funcionamento de tais moedas muito menos ainda qual a ligação entre estas e as actuais moedas ou melhor dizendo como fazer o divórcio com uma para casar com a outra, tudo isto me parece por enquanto uma fantasia ou aventura.

  3. joao sampaio says:

    está assente na base da mentira e especulação pois quando a bolha rebentar o ultimo fica sem nada

  4. Marco Ferreira says:

    Para quem acha que as criptos não trazem valor nenhum, que são apenas uma bolha, que não têm aplicabilidade nenhuma… Vejam por exemplo o projecto substratum.net , que será dentro de pouco tempo a melhor solução para ultrapassar a censura na internet em países como a China, ou para preservar a neutralidade da internet.

    Se há moedas que são lixo? Há. Mas também há moedas assentes em excelentes projectos que irão certamente dar cartas no futuro.

    • Luis Martins says:

      Concordo inteiramente com o seu comentário, há outro projecto que está a dar que falar o ADA talvez seja o futuro das cryptomedas. Uma coisa é certa os governos e países já não são donos de todas S moedas, as cryptomedas vieram para ficar e fazer frente a um sistema financeiro dominado por meia dúzia de bancos que mandam e demandam no planeta Terra.

  5. Luis Martins says:

    Concordo inteiramente com o seu comentário, há outro projecto que está a dar que falar o ADA talvez seja o futuro das cryptomedas. Uma coisa é certa os governos e países já não são donos de todas S moedas, as cryptomedas vieram para ficar e fazer frente a um sistema financeiro dominado por meia dúzia de bancos que mandam e demandam no planeta Terra.

  6. Christophe says:

    Dizer que todas ou quase todas as criptocurrencies contêm a característica de – “anonimato” e imediatismo de transações e ações – é errado.

    A Bitcoin nunca foi desenhada para ser anónima mas sim pública, daí o ledger ser aberto ao mundo.
    Se querem privacidade, há criptocurrencies que oferecem isso, mas a Bitcoin não é uma delas.

    Relativamente às transacções, as mesmas não são imediatas, longe disso e o tempo das mesmas está a aumentar com o aumento da rede, devido a estarem dependentes da geração do bloco onde são inseridas, que no caso da bitcoin, é em períodos de 10 minutos.
    Igualmente, se quiserem transferências imediatas, também há criptocurrencies que oferecem isso, mas a Bitcoin neste momento está longe de ser uma delas.

    A Bitcoin serviu meramente para ser o Boom, da tecnologia Blockchain e da criptoeconomia.

  7. CryptoBug says:

    Em 1994, no início da Internet, ninguém sabia muito bem o que fazer com ela, mas muita gente afirmava que se trataria de uma fantasia sem futuro. Com as criptomoedas vai acontecer o mesmo, mas não vamos precisar de tantos anos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.