PplWare Mobile

Bitcoin – Uma breve história do nascimento da criptomoeda


Vítor M.

Responsável pelo Pplware, fundou o projeto em 2005 depois de ter criado em 1993 um rascunho em papel de jornal, o que mais tarde se tornou num portal de tecnologia mundial. Da área de gestão, foi na informática que sempre fez carreira.

Destaques PPLWARE

44 Respostas

  1. int3 says:

    Comprem é IOTAs 🙂

  2. Alexandre says:

    Este esquema ainda vai deprimir alguém 😀 Vejo muitos ‘senãos’ em moedas deste tipo…

    Algo que ainda não consegui entender: a mineração resulta no processamento de um algoritmo por um processador e este consome energia. Estando a tecnologia dos processadores cada vez mais evoluída (mais rápidos e com menores consumos) em que aspeto é que o valor da moeda é afetado? Supostamente devia desvalorizar?

    Está-me a parecer que a bitcoin foi alvo de um marketing bastante eficaz que originou esta procura imensa cujo resultado foi a valorização da moeda, mas assim que estabilizar ou descer ligeiramente, a malta vai querer vender à bruta e não vai conseguir, provocando uma desvalorização muito acentuada e até pondo em causa a credibilidade da moeda…. mas isto sou eu a pensar.

    • ervilhoid says:

      Marketing eficaz não diria, nos media da tv pouco se fala..

      O processamento é mais eficaz, mas a dificuldade de mineração aumenta
      Quando acabar a mineração, dentro de 100 anos +/- os mineradores poderão ainda receber as comissões das transacções.

      A bitcoin vai ser como o ouro, tem valor mas não usamos no dia a dia para comprar um café p.ex..

      Existem outras e cada uma tem um finalidade e vai ser usada nas coisas do dia a dia..

      Custa muito ver gente, que não foi o caso do comentário do Alexandre que não percebem bolha e dizem disparates, um dia caso a bitcoin tenha uma valo de 0, o que pode acontecer, assim é a vida, essas mesmas pessoas vão dizer “tinha razão” só porque sim

      E lembrem-se de uma coisa, a tecnologia que a blockchain trouxe ao mundo é muito mais valiosa que o valor das moedas em €

      • Nonnus says:

        Visto que a indirecta é para mim, vamos la ver se nos entendemos.

        Se eu tiver uma mala cheia de ouro, facilmente transformo esse ouro em dinheiro para comprar o café, assim como se tiver um petroleiro cheio de petróleo.

        Já se tiver 1 bitcoin não o vou conseguir vender a ninguém para transformar em 19mil dolares que é o preço que tem actualmente. Existe uma grande diferença nos exemplos que queres dar para mostrar que o bitcoin tem valor. O bitcoin não tem valor nenhum nos mercados, naquilo que serve realmente as nossas vidas.

        Se queres falar idealismo, porque é uma moeda livre, fora dos controles dos grandes grupos económicos, isso é outro assunto.

        Na realidade tu não vives com bitcoins, não te consegues manter a ti e a tua familia com bitcoins e na minha opinião quanto maior for o valor pior será, porque as transacções serão mais difíceis devido ao seu elevado valor.

        As únicas pessoas/empresas que estão a ganhar com isto são os vendedores hardware e as empresas de electricidade. Isto para não falar na darknet.

        Até te posso dar um exemplo de muitos que quando o bitcoin apareceu pensaram que iam enriquecer, basta ires aos sites/fóruns de informática a secção de classificados e veres a quantidade de pessoas que investiram milhares de euros em PC´s topo de gama para minerar bitcoins e aos fim de meses a minerar chegaram a conclusão que gastaram dinheiro em pc´s topo de gama e em electricidade e não conseguiram um único bitcoin e puseram tudo a venda.

        Eu tenho pessoas conhecidas com carteiras de bitcoins e estão tão ricas agora como há 9 anos atrás, porque simplesmente não conseguem vender os bitcoins que tem, não é como tu dizes, que basta ir a um ATM e transformar bitcoins em euros, não digas que é
        assim, porque não é. Um dia poderá ser, hoje não é.

        • ervilhoid says:

          Não conseguem porque? não faltam sites para isso…

          Quanto às ATM até na suíça começam a aparecer

          Monaco ou TenxPay já disponibilizam cartões com contracto com a Visa e podes gastar como um cartão normal

          • Alexandre says:

            A troca de 1bitcoin por 19mil fresquinhas na hora parece-me utopia neste momento… Trocar bitcoins por algum produto ou serviço já me parece aceitável 🙂

        • ervilhoid says:

          Nonnus vi o comentário no outro tópico

          Então a barra de ouro tem o mesmo problema, a loja não é obrigada a ter o valor em € para toda a gente que lá aparece, estás perante oferta/procura na mesma

        • fd says:

          “Já se tiver 1 bitcoin não o vou conseguir vender a ninguém para transformar em 19mil ” ????

          Claramente não sabes do que falas e andas bastante desatualizado. Existem montes de exchanges onde podes comprar e vender cryptocurrencies.

          Se tens muita gente com bitcoin e nao as conseguem vender das duas uma ou estás a mentir (e mal) ou essas pessoas não sabem o que andam a fazer. Ainda a semana passada vendi bitcoins sem qualquer problema.

          Informa-te ou não venhas praqui espalhar mentiras.

        • AsA says:

          Companhias que emitem cartões de debito para “transformar” BTC em FIAT (designação das moedas tradicionais como euro dolar, etc) e que podes depois usar para pagar compras ou levantar dinheiro no ATM
          http://www.bestbitcoincard.com/

          Já para não falar nas que transferem directamente para a tua conta bancaria.

          Tudo o que precisas, é de preencher os requesitos de KYC e AML. (normalmente comprovativos de quem és e comprovativos de onde moras..)

        • Simplex says:

          Olha, eu nao tive qualquer problema em vender alguns bitcoins e pagar a minha casa. Quando quis vender, vendi, sem nenhum problema. Foi ir ao site, vender, transferir para a minha conta, e pagar fees… No big deal…

          Digam lá o que disserem, isto é o futuro, e vou mas é guardar o restante que isto ainda é só o começo…

          Ando a acumular outras moedas so para prevenir, mas tenham cuidado, nao invistam dinheiro que vos possa fazer falta… Isto pode descer tudo para o mes que vem, e eu claro, agradeço para comprar mais!

        • jrofurtado says:

          Nonnus, das quatro uma:
          1 – Estás a mentir
          2 – Os teus amigos com bitcoins estão a mentir
          3 – Os teus amigos com bitcoins são analfabetos
          4 – Os teus amigos são criminosos e não conseguem passar as provas de verificação de identidade dos mercados

          Necessito apenas dos seguintes passos para vender bitcoins (Registo e verificação no mercado feitos previamente):
          5 min – autentico-me na minha carteira pessoal e transfiro bitcoins para a minha conta num mercado (ex: Kraken)
          1 hora – as bitcoins foram transferidas e têm o nº de confirmações necessárias na blockchain (exemplo 6 * 10 min)
          5 min – Crio uma ordem de venda à cotação actual (preço da ordem de compra mais alta actual)
          0 min – A ordem de venda é executada
          5 min – Crio uma transferencia SEPA no mercado para a minha conta bancária
          ~12 horas – A transferencia é executada com sucesso

          Nunca tive qualquer problema com as operações anteriores, excepto nas alturas em que o Kraken está congestionado devido ao fluxo de novos utilizadores

        • Bruno M. says:

          Oh Nonus mas tens noção que existem exchanges de BTC para USD/EUR ou nem por isso?!
          Mesmo que a indirecta não tenha sido para ti, cai-te que nem uma luva pois não entendes BOLHA!

          Eu se tiver 1 BTC vou a um exchange, vendo essa btc to moeda real e faço a transferencia para o banco. SIMPLES!

          Muitos, quando apareceu a btc fizeram hold, hoje estão ricos!

          Eu vendi, comprei hardware na altura com as btc que minei!
          Ainda me sobraram alguns satoshis que na altura valiam centimos e hoje valem 60€!

          Os teus amigos se não conseguem vender as btc que têm ou são burros (porque existem exchanges que permitem isso) ou então são ignorantes.. Ou na pior das hipóteses, têm apenas alguns satoshis em algum exchange e não chega ao minimo para poderem fazer a transacção!
          Portanto meu caro, educa-te primeiro nas cryptos e fala depois, caso contrário mantém-te calmo e sereno.

    • João Pinho says:

      O poder de processamento para minerar aumenta, mas dai existem ajustes de dificuldade para continuar a ser minerado no mesmo ritmo.

  3. Hugo Gomes says:

    Coitado do homem inventou uma coisa com uma finalidade que nunca vai ser explicada muito provavelmente. E todos no mundo queriam a cabeça dele. Falam mal dela da piramide da bolha mas no fim todos se esquecem dos kraxes das bolsas mundiais e o que no fim acontece. As crises a nível financeiro muitas delas começam na hall street e que façam bem ou mal as pessoas que investem no fim pagam todos os que estão no mundo.

    • GM says:

      Não é “hall street”, mas sim Wall Street. Mas percebeu-se o contexto.
      Quanto ao tema do tópico, não percebo mesmo qual a forma de criação das “bitcoin’s” e similares, nem o que é o “blockchain”, nem o que é isso de “minerar”. Não tem qualquer correlação física com a realidade que permita perceber o que é nem do que se trata. Penso eu. Se alguém conseguir explicar de forma simples, agradeço.

  4. sousa says:

    A malta fala sem saber… recomendam comprar IOTA, quando os servidores do iota vão para manutenção, lá se vai a rede toda abaixo. O IOTA não foi pensado para ser utilizado como moeda, mas sim como sistema de troca de valor entre máquinas e vai demorar até ser testado em casos reais já que necessita de MUITAS máquinas a utilizá-lo por forma a tornar-se viável e descentralizado.

    Em estilo de conclusão, o escritor refere que há a possibilidade de o bitcoin substituir o actual modelo económico. Isso NUNCA vai acontecer! A bolha que se está a formar vai ser a pior de que haverá memória no tempo de vida da maioria das pessoas .
    – Tempo entre transacções actual: 6 a 7 transacções por segundo (A rede VISA processa em média 10 MIL por segundo);
    – A rede Lightning tem como base uma arquitectura pseudo-descentralizada. A longo prazo é previsto tornar-se apenas distribuída;
    – Terá o seu espaço na economia mundial, como armazenamento de valor, não como moeda;
    – As redes que dependem do protocolo PoW necessitam de ver a informação transmitida sobre todos os nodos, há limites da física que ditam um intervalo mínimo de tempo necessário a essa propagação;

    A malta é doida, até vai doer quando esta bolha rebentar.

  5. João Costa says:

    Sou completamente leigo mas tenho uma questão relativa à Bitcoin.
    Pelo que percebi do artigo (e outros do género) as transacções são registadas num blockchain através da mineração. Esta mineração é executada em todo o mundo por diversos computadores porque os seus donos pretendem ganhar bitcoins como recompensa.
    Também li que o número de bitcoins está limitado. Nunca haverá mais que um X de bitcoins.
    Como tal a minha pergunta é como se processaram as transacções de bitcoins quando o seu número máximo for atingido? É que muito dificilmente as pessoas continuaram a dedicar recursos na mineração se tal não acarretar recompensas.

    Qualquer correcção às minhas assumpções é agradecido.

  6. Tiago says:

    Tomás Santiago, devias ter feito um pouco de due dilligence – a foto do Satoshi Nakamoto nao e’ de todo aquela que apresentas no artigo… basicamente, NINGUEM sabe quem e’ o verdadeiro Satoshi Nakamoto……..

  7. Ladrilha_dor says:

    Confio mais no valor do casebre que construí ali para os lados de Afife no Alto Minho! Estou perto de tudo e quando não, até enterro uns cobres no quintal lá da casa…

  8. joao sampaio says:

    aqui esta a historia da pirâmide onde o criador foge depois de lançar para o mercado
    quer dizer quando a bolha rebentar não leva com as culpas em cima esperto

    o ricardo salgado do BES esqueceu-se desta parte esconder

    • ervilhoid says:

      mas quem é que fugiu? enfim

      ao contrário dos donativos de pedrogão e afins, os registos de crypto são públicos

      vê o caso do ethereum, o endereço do criador é conhecido

  9. Jose Baptista says:

    Curto e elucidativo, como eu gosto. Parabéns Santiago & Mota.

  10. Sxac says:

    Que lufada de ar fresco em matéria de artigos… Parabéns.

  11. Spike says:

    Bom artigo mas não esta totalmente correto, as transações tem custos e estao cada vez maiores e não é realmente anónima porque basta estarem registados em uma exchange onde deram o vosso CC/BI que pelo blockchain explorer ve-se perfeitamente de onde veio e foi a bitcoin/dinheiro e a quem pertence caso uma autoridade grande (Governos, FBIs, etc) o queira ter acesso

    ex da Coinbase com o IRS americano em que a Coinbase teve que dar todos os dados e transações feitas por todos os usuarios americanos registados no site

    inclusive na Coinbase ja ha um sitio onde podes fazer um extrato feito de propósito para entregar no IRS, o que provavelmente no nosso pais deveremos ter de fazer brevemente

    • Tomás Santiago says:

      Quanto às fees das transações depende quando inteiramente do miner… O máximo que pode acontecer é a transação não ser verificada.

      A fee é algo voluntário que parte da pessoa que quer efetuar a transação.

      https://en.bitcoin.it/wiki/Transaction_fees

      Quanto a ser anónimo, a Bitcoin é pseudónima mas é possível ser tornada anónima, apesar de ser uma tarefa difícil. Por isso é que no artigo diz “pode”. Abraço!

    • Redin says:

      Spike, só não é anónima para os íntegros, pois os outros vão continuar. Até porque essa exigência vai servir apenas para as transacções e não para os mineradores que coletam e não transaccionam.
      A razão pela qual é assim é que os tradicionais ataques por ransomware são requeridos por serem pagos em cryptomoeda por ser (aos dias de hoje) impossível o seu rastreamento.
      Mas acredito que um dia isso poderá ditar as tais regras de necessidade para um KYC a nivel global.

  12. George Orwell says:

    Pensar “big” , perdão “bit” e Fly Emirates (onde o Kilowatt custa uma bagatela), adquirir ali um centena de placas Geforce GTX 1080 Ti e refrigeração ( para processamento em linha ), contratar várias linhas de banda larga, bater punho e, €UREKA , cada vez que o almuédão do alto do minarete grita “Allahu akbar” até lhe vai soar como o moedão que do alto da mineração grita “Bitcoin é Grande” ( o único problema ali é que, nem virado para Meca pode combater a seca com umas bejecas frescas, mesmo pagas com uma bitcoin rematada com “keep the change”).

    E nem tem de preocupar com o custo da pegada ecológica deixada pelo dispêndio de combustíveis fósseis na produção eléctrica, quando muito com a pegada fóssil dum Cryptosauro Rex responsável pela cryptomoda algures no Japão, mesmo ainda vai acabar exausto numa praia algures entre Nagasaki e Fukushima como Kafka à beira mar à espera de Godot

    No processo ganhou a Nvidia ( assim como podia ter ganho a AMD ) e a companhia electrica.
    É a economia (real), “dumb”!

    PS: Mais um excelente e elucidativo artigo a somar a tantos por aqui. A propósito, por que não uma cryptomoeda baseada em bons posts ? Nada batia o Pplware em mineração ( sem dispêndio ou pegada extra de energia electrica) .

  13. Rodrigo says:

    Parece que em 2010 tive sorte em arriscar e comprar umas quantas que ainda mantenho até à data.

  14. Vitor says:

    Alguém sabe quanto tempo leva a minerar actualmente 1 bitcoin com o melhor computador que exista na worten caso tivesse ligado 24H, 7 dias por semana?
    Obter bitcoins por mineração, simplesmente não compensa faz à muito tempo, só se roubarmos a electricidade ao vizinho.. Idem prós ethereuns, lite-bitcoin.

    Só não sei como se obtém ou se cria uma carteira, mas a carteira é criada e é guardada no nosso computador, correcto? Mas se um dia o disco for à vida, o que é bastante facil, vamos dizer adeus aos nossos ricos bitcoins?

    Pelo que entendo só se pode comprar crypto moedas nesses mercados/exchanges correcto? Mas esses mercados vendem moedas dos outros mas cada mercado cria uma moeda propria internamente e depois cobram comissoes por cada compra/venda correcto?
    Não há maneira de comprar moedas virtuais directamente a usuários sem passar por um exchange/mercado?

    Como sabemos o que é serio ou não nisto tudo e se não estamos a minerar ou a dar dinheiro a troco de nada, é que ha sites que oferecem mineração gratuita via cloud, para não falar dos sites que só o facto entrarmos neles, ficamos com o computador refém da mineração alheia …
    Ha alguma entidade que regule os exchanges/mercados finedignos?

  15. Vitor says:

    *queria dizer “1 bloco” na vez de “1 bitcoin”
    Fiquei a entender agora, que o facto de minerar um bloco por si só pode dar em saco roto, porque se alguém minerar o bloco primeiro que nós, adeus todo o tempinho e dinheirinho da electricidade para gerar um bloco?
    Não entendo esta imagem https://en.bitcoin.it/wiki/File:Fee.png
    Onde informa 162 blocks gerados? E a necessidade de esperar 120blocks para vender/transacionar? mas foi gerado este bloco/”this block”, qual bloco? 162 blocos? E como é que o minerador de blocos pode escolher a taxa que quer receber?

    Que carteiras existem? São todas um software que se instala no nosso computador, ou ha carteiras via cloud/servidor?

    “a cada 9/10 minutos ha uma hash nova”, o que isto quer dizer? foi criado um bloco novo ou que foi aceite um bloco novo na rede?
    Já agora o Satoshi é o dono do Alibaba!
    Existe um peer satoschi com 500629 blocos e está ligado à 40Horas e o ISP é do Alibaba com corporate internet speed..
    ou está a vender os ultimos blocos minerados ou então está a vender tudo antes que rebente a bolha! XD
    http://bit.ly/2BSy0Hd

  16. Santos says:

    Vitor, essa pergunta do “tempo que leva a minerar um bloco” é muito relativa depende muito da velocidade de processamento e tipo de “máquina”.
    Sim digo máquina, porque ir à Worten e comprar o melhor PC que houver isso é queimar dinheiro porque o PC em si para minerar é pouco rentável.
    Aqui há 2 coisas importantes a saber 1ª um PC normal é barato mas não serve para isso 2ª um Super PC é muito caro e não compensa o investimento porque em mineração dá pouco rendimento, com PC a minerar por muito potente que seja não vai sequer ganhar para se pagar a si próprio sem antes ter avariado, e mesmo que não avarie com o preço que ele custa mais a energia gasta, quase pelo certo antes de 3 Anos ou mais só estará a minerar para recuperar o dinheiro gasto.
    Se pensa investir nisso vá com calma e comece por montar uma RIG com 1 ou 2 placas gráficas de 8 ou 11GB que fica muito mais barato, procure no Kuantokusta que lá encontra lojas a vender esse material bastante mais barato que na Worten.
    Com menos de 1000 Euros monta uma RIG a minerar 4x mais que o melhor PC do mercado.

    • Redin says:

      Aproveita e monta um sistema de energia solar. Depois espera que tudo corra bem para ao fim de uns poucos de anitos poderes recuperar o investimento e começar a surgir a recompensa.
      Eu esperava sentado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.