Quantcast
PplWare Mobile

Fornecedor da Tesla diz que fabricou bateria que dura 16 anos e 2 milhões de quilómetros

                                    
                                

Autor: Vítor M.


  1. jaugusto says:

    Para comerciais pode ser bom, agora não conheço ninguém que tenho um carrito com 2 milhões km’s … e mesmo 400 mil vai lá vai … sendo assim com os mesmos preços que um cumbustão já não há desculpas ou há?
    3
    2
    1
    go …

    • Tuaregue says:

      O meu está quase a chegar aos 400mil, tem 14 anos.

      • Joao says:

        14 anos e estas a chegar aos 400 mil bem eles dizem que esta dura 2 milhoes tirando as condiçoes ideais vamos colocar-lhe 1 milhao (metade) precisarias de 35 anos, boa sorte em encontrar um carro hj em dia que dure 35 anos, e tu andas bem a maioria das pessoas com 14 anos tem para ai 150 mil com sorte

        • Realista says:

          Olha para o outro número mais importante: 16 anos!

          O significa que um carro 60% da capacidade para circular só tinha mais 2 de vida antes de ir para a sucata…

          • Toni da Adega says:

            +1
            ter um carro que só dure 16 anos é ridiculo. Um carro tem que durar no mínimo 20 Anos.

          • Realista says:

            O meu ainda não chegou aos 130 mil km (foi comprado com 0km)… e têm 13 anos, não tendo o mecanismo de propulsão, nenhum tempo de validade.

          • Delpak says:

            230 mil no meu e tem 19 anos. Still Going! Enquanto achar que não compensa a troca por um com uma tecnologia mais recente ele vai continuar…

    • Hugo Nabais says:

      Onde está um eléctrico ao mesmo preço de um familiar comum acessível à grande parte dos potugueses (+/- 25k a 30k) com autonomia de 800km e que demore menos de 10 minutos a reabastecer?! (tendo em conta que a maioria dos portugueses não pode carregar em casa nem pode estar mais de 1 hora à espera para carregar o carro em postos).
      3
      2
      1
      go…

      • miguel says:

        Tem sempre que dizer, ao primeiro era o preço depois o preço caiu, foram os Kms e durabilidade das baterias e isso também já não é um problema.

        Agora querem carregar em 10 minutos, não te preocupes nao tarda nada é feita a tua vontade.

        • Realista says:

          Quando chegar muda-se 🙂

          Eu sou apologista do carro eléctrico, mas em termos de custo-beneficio para já não compensa – mas pode compensar para outros.

          Espera-se que esse fosso se reduza, sem dúvida, mas para já não compensa pelo menos para mim…

        • Toni da Adega says:

          Com a quantidade de comentários que leio a dizer que para uma utilização diaria, precisam de uma autonomia de 800 ou 1000km e que nao podem parar em que seja 30 minutos. Só posso concluir que muitos dos portugueses devem trabalhar em Madrid, Barcelona ou algo do género.

          • Realista says:

            @Toni da Adega, conforme deves saber, uma pessoa compra um veículo tendo por base alguns pressupostos como por exemplo, comprar 5 lugares para levar a família num passeio de fim de semana. Mas isso não signifique que vá fazer passeios todos os fins de semana e como tal 99% do tempo o carro não vai transportar os 5 lugares extra MAS quando necessitar deles eles estão lá disponíveis. Assim da mesma maneira, quando se compra um carro, também se tem em vista se poder fazer uma viagem grande que embora não se realizem em 99% do tempo de utilização do carro mas sim para quando, e se, forem precisos…

          • Thor says:

            Bem… Uma coisa é certa. Não se vê muitos carros a combustão com autonomias de 300km só porque é fácil e rápido de atestar… Por norma têm bastante mais. Por comodidade e praticabilidade.

          • Toni da Adega says:

            E se por qualquer motivo essas férias forem com 6 ou 7 pessoas? um carro de 5 lugares já inútil.
            E se for passar umas férias no meio de um quinta ou na montanha e for preciso um 4X4 esse carro já é inútil.
            Se precisar de transportar algo ou fazer umas mudanças? esse carro já é inútil.
            Se formos a comprar um carro que de para todas as situacoes, entao 99% dos carros sao inúteis

          • Realista says:

            @Toni. Analogamente, e utilizando a tua resposta, se assim não pensássemos tínhamos todos carros mono-lugares e sem mala… certo?

    • eu2 says:

      dá pra colocar num segundo carro, reduzindo o custo a metade por carro

  2. Asdrubal says:

    Alguém vai morrer…

    Os produtores de energia não podem ficar a perder.

  3. Joao Cordeiro says:

    Bolas, será dificil falar em ciclo de vida?
    As baterias duram horas. Depois ficam sem energia.
    O ciclo de vida delas é que é de anos….

  4. Realista says:

    16 anos… O meu carro já vai com 13 e com carinho dura mais 13.

  5. AC says:

    provavelmente a realidade muda dentro de 10 anos (gradualmente) …
    https ://eco.sapo.pt/2020/06/05/bruxelas-vai-revelar-alianca-europeia-para-o-hidrogenio-projeto-de-sines-tera-destaque/

    • Toni da Adega says:

      Gosto do pormenor:
      Produção de hidrogénio verde em Sines, a partir da energia fotovoltaica.
      Vão construir uma central eléctrica para produzir hidrogénio que por sua vez vai ser utilizado para produzir electricidade.

      • Redin says:

        Vão construir uma central eléctrica para produzir hidrogénio (curiosamente a maior quantidade de átomos na natureza) que por sua vez vai ser utilizado para… construir viaturas mais amigas do ambiente. Apenas precisa de uma pequena bateria (impacto na reciclagem muito menor) e cuja emissão de gases, se chama… AGUA.
        Não olhar apenas com palas nos olhos. É preciso ver o panorama geral.

    • Luis says:

      Acho que não sabe como funciona um carro a hidrogênio. Tecnologia obsuleta.

  6. Thor says:

    Diz que, parece, poderá, não confirma vendas… Um empresa australiana tambem
    diz que terá, poderá, talvez fabricar baterias com 2000km de autonomia. Até lá esperemos pra ver… Mais certezas e menos meias noticias.

  7. kocjan says:

    Não esquecer que o fabricante das baterias é chinês. Portanto, se já estamos habituados a que a indústria automóvel ludribie toda a gente, com chineses vai ser muito mais!

  8. José Abreu says:

    A solução é a diversidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.