Quantcast
PplWare Mobile

Direitos Humanos: IBM cancela trabalho de reconhecimento facial

                                    
                                

Autor: Maria Inês Coelho


  1. miguel says:

    Com a desculpa “evolução tecnológica” todos os dias são atropelados direitos de privacidade das pessoas, espero que outras empresas sigam o mesmo caminho.

  2. Eu says:

    Não esquecer o historial desta empresa que é terrível…

  3. BlackFerdyPT says:

    Treta, para enganar as pessoas…

    O uso desta tecnologia passará então a ser feito de modo encoberto e mais discreto – quer por corporações, quer por governos controlados pelas mesmas – para não gerar revolta social. (Sendo este tipo de operações de cosmética feitas em antecipação à crescente consciência social relativa ao uso desta tecnologia.)

    A IBM é a mesma empresa que colaborou activa e conscientemente no Holocausto, estabelecendo contratos com a Alemanha Nazi depois dos EUA terem declarado guerra à mesma. Sendo as suas máquinas de cartões perfurados (antecessoras dos computadores) que estão até na origem dos números que eram tatuados nos prisioneiros dos campos de concentração (os quais serviam depois para que as máquinas da IBM catalogassem os diferentes tipos de prisioneiros e calculassem quantos deveriam ser mortos, escravizados até à morte, usados para certo propósito etc).

    Leiam (ou procurem no YouTube pelas palestras de, e entrevistas a) Edwin Black, filho de judeus sobreviventes dos campos de concentração nazis, que escreveu o livro “IBM and the Holocaust: The Strategic Alliance between Nazi Germany and America’s Most Powerful Corporation”: h*tps://www.youtube.com/watch?v=YOJwA6NGZTE

    E, pensam que isto são coisas apenas do Passado? Por que razão é que acham que, cada vez mais, somos incluídos em diferentes tipos de bases de dados? Não foram recentemente os vossos concelhos e localidades transformados quase em campos de concentração?

  4. BlackFerdyPT says:

    Tirado da versão em inglês de um livro que foi censurado (h*tps://fotos.web.sapo.io/i/o41140ea4/17596647_i1zW0.jpeg) em Portugal:

    “IBM, the company behind VeriChip” (…) “implantable chips” (…) “injectable beneath the skin that will substitute our identity cards. Without it, no one will be permitted to buy or sell.” (…) “the two best places to implant it would be, first the right hand, and then the forehead.” (…) “the microchip for humans will store (…) 18 digits (…) grouped in three sections of six numbers each.”

    Alguém aqui acredita que a IBM é uma empresa bem-intencionada?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.