Quantcast
PplWare Mobile

Processadores Intel Core Alder Lake já não permitem reprodução de Blu-ray no PC

                                    
                                

Fonte: Bleeping Computer

Autor: Marisa Pinto


  1. mlopes says:

    sim, claro. num leitor dedicado ligado a um sistema de home cinema

  2. Paulo Silva says:

    Eu tenho leitor mas estou a usar um PC com AMD

  3. José says:

    Uso e muito, tenho um leitor 4K dedicado da Sony! Sempre que tenho oportunidade, compro um filme em blu-ray que goste ou aprecie mais, ou um dvd, ou cd. Tenho inclusive um leitor-gravador no pc qye montei no ano passado e não o irei retirar! Um absurdo. Falam tanto em clima e reciclagem e, no entanto, nunca houve tanta imposição para se adoptar “nova” tecnologia, por vezes pela força da obsolescência programada, um autêntico vírus de gastos de recursos! Faço questão de manter os meus discos de vinil – nu ca me arrependi de manter um formato delicado, mas superior, bem como um bom leitor cassetes e cds. O que ,não me impediu de comprar ficheiros de alta definição na loja na Linn. Andam a vender-nos gato por lebre. Se há quem se contente com “streaming”, tudp bem cada um consume o que entende. Mas, há muitas pessoas que continuam a preferir ter o suporte físico em vez, de uma licença associada a uma conta e aos caprichos de uma empresa. Exemplos de gente que gastou fortunas em nada não faltam, pelo menos, os meus discos, jogos, filmes etc, estão no lugar deles, na minha estante.

  4. José says:

    Depois da resposta à pergunta e sobre a notícia, esta medida é um perfeiro disparate. Estamos a andar de cavalo para burro, ficando cada vez mais expostos aos ditanes e caprichos das empresas. O que vale é que aibda vão havendo alternativas e, irei ter isso muito em conta no próximo pc que montar – aguardo apenas pelo fim da epopeia dos preços das gráficas.

  5. Tiago says:

    Mais uma vitória para a AMD !!

  6. Sergio says:

    normalmente uma pessoa que goste de ter o blu-ray fisico nao é a mesma pessoa que usar um computador para o reproduzir.. na sua grande maioria tera um bom home cinema ou em ultimo caso uma ps4

  7. miguel real says:

    e nos ‘novos’ processadores da Apple como é?
    na hora de comprar novo mais um ponto a ter em conta?
    parece quase a Toyota que quer dar uma segunda vida aos seus veicilos ou até terceira mas vidas de 3 anos será para rir???

  8. miguel real says:

    P.S.: até parece que a ‘pirataria’ de filmes ganha outra moral !!! hahahahah

  9. Nuninho1980 says:

    Intel é vergonhoso por descontinuar mal SGX!? Porque eu poderei não conseguir reproduzir poucos BD-video. Eu já comprei novo CPU 12700KF.
    Mas felizmente, já comprei e uso um software de “AnyDVD” para descodificar BD-video para permitir o monitor CRT e para ainda funcionar no novo CPU Intel Alder Lake. 🙂

  10. Luis Henrique Silva says:

    Mas que raio de parvoíce estão a fazer!! Se a tecnologia tivesse passado à história (obsoleta) ainda se percebia, agora, é cada vez mais usada que o DVD, tanto para filmes e jogos, e vão fazer uma burridade destas!
    Sei que o streaming anda a evoluir, mas vamos ter calma, há quem não tenha internet de jeito para isso e ainda vá comprando DVD e Blu-ray….

    Ai Intel, Intel, cada vez mais vai dando tiros nos próprios pés…..

  11. pj says:

    as grandes empresas querem que a propriedade privada desapareça. é apenas o usufruto, enquanto pagares o imposto devido.

  12. Food Eat says:

    Bem, ainda bem que vou vendo a AMD a ganhar terreno em 4K nos benchs que estão no youtube

  13. :-) says:

    Já vi que ninguém se deu ao trabalho de verificar que o PowerDVD não é o unico leitor de Blu-ray, mas é um dos únicos a utilizar SGX. Já está tudo a descascar na Intel quando isto é um não problema.

  14. Samuel MGor says:

    Eis um exemplo prático em como sabotar os próprios produtos.

  15. says:

    Isso fácilmente se dá a volta com software como sempre se fez desde o tempo do CD. Não sei para quê tanto alarme.

  16. Delaware says:

    Um tiro no pé! As unidades ópticas são magníficas e por cá continuam, e vão durar. Por muito que a ditadura “streameada” seja o domínio. CD, DVD e Blu-ray, vão continuar.

  17. ricardo says:

    75% do pessoal que está danado aqui nos comentários, nunca teve um blu-ray na mão 🙂

  18. Nhecos says:

    Para quem não percebe da coisa, isto afeta apenas os Blu-Ray UltraHD em que a maioria (ou mesmo todo) o software de reprodução depende desta extensão. Este tipo de discos nunca foi suportando em processadores AMD, simplesmente porque à falta da extensão SGX o tamanho do mercado nunca justificou o esforço de uma implementação agnóstica. Quem sabe com esta notícia talvez as coisas mudem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.