Quantcast
PplWare Mobile

Huawei culpa os EUA pelo problema da escassez de componentes

                                    
                                

Autor: Marisa Pinto


  1. jimmypt says:

    O presidente rotativo da Huawei adianta que a empresa chinesa quer encontrar uma solução, mas não tem oportunidade de comprar chips. A marca conta ainda com um determinado stock de componentes, mas que não vai durar muito. Nesse sentido, a empresa tem investido na Pesquisa e Desenvolvimento de forma a, futuramente, conseguir produzir os seus próprios chips. E este caminho também já está a ser traçado por outras marcas chinesas.GOOD LUCK!

  2. Vitor says:

    “…E este caminho também já está a ser traçado por outras marcas chinesas..”! E não tenho qualquer dúvida que dentro de algum tempo (e não vai ser muito) as empresas Americanas de fabrico e distribuição desses componentes é que vão sofrer na “pele” esses embargos. Os “Chinocas” quando começam a fabricar fazem-no com mais qualidade e com um preço muito mais baixo que os “Américas”…e não venham com a treta da privacidade porque os maiores “coletores” de dados e espionagem são empresas e organismos Norte-Americanos!

  3. PV says:

    Os vossos artigos com origem em artigos de língua Inglesa estão cada vez mais fracos. Alguém que escreva bom português que edite as vossas traduções.

  4. Outro José says:

    Seja lá o que for, mas quem disseminou o vírus foram os chineses, o que paralisou a maior parte da economia mundial. Para agravar a questão estas empresas viveram e cresceram à custa do trabalho e desenvolvimentos dos outros, pois tudo o que fizeram até hoje, foi roubar a produção intelectual e as inovações de outrem sem dar contas a ninguém – fosse um simples cidadão a fazer o me4smo e seria de imediato acusado de roubo ou pirataria -, nada deram de novo ao mundo a não ser olhar para o seu umbigo, crescendo militarmente para dominara e impor regras que não são aceites por ninguém da comunidade internacional, chegando ao cúmulo de ocupar zonas exclusiva económicas de outros países! Estão neste momento em conflito com quase todos os vizinhos a quem fazem ameaças veladas todas as semanas, compram literalmente países corruptos que terão de dar apoio às iniciativas deste país na cada vez mais parasitária ONU. Ainda têm a distinta lata de apontar o dedo aos outros! Hoje tudo o que usamos foi ou desenvolvido ou criado pelos americanos, infelizmente a ganância cega dos capitalistas ocidentais, venderam a alma ao diabo deslocando as fábricas para enriquecer um país que até há pouco mais de 30 anos não nos era útil para nada. Eu ouvi em conferências universitárias que “teríamos de empobrecer para que outros crescessem = a China”. Imagine-se a loucura! em que este Mundo caiu, onde até no meio universitário este país se introduziu. dai que na Austrália tenham sido mais de 300 professores acusados de estarem ao serviço deste país e do pcc! Acontece o mesmo no s EUA, e aqui neste pequeno Portugal É bom que os Ocidentais aprendam a lição e abram a pestana de uma vez por todas é que incomoda ter misseis intercontinentais sempre apontados para mim devido à loucura destes idiotas armados em imperialistas dora de prazo. Eu que não faço mal a ninguém

    • Samuel MG says:

      Vai ver o “Made in…” dos teu equipamentos!! Tenho um rato chinês que me custou menos de 5 euros o mesmo tipo de rato está a 10/15 euros nas lojas!! Aposto que 60% os equipamentos que tens em casa são Made In PRC!!

    • M Araújo says:

      Ao ler o seu comentário lembrei-me do Umberto Eco ( se calhar para si um desconhecido) que escreveu que as redes sociais dão a oportunidade de os idiotas da aldeia se mostrarem como sábios. Você não percebe nada de nadado mundo e do que é investigação fundamental, até nos EUA, o que é produção intelectual e por isso escreve aquela patetice de que tudo foi “desenvolvido ou criado pelos americanos”. Uma idiotice que nem a comunicação social corporativa, sempre ao serviço da plutocracia e do pensamento dominante se atreve a subscrever. A sua visão militar do mundo ainda é mais risível! Quem tem bases militares por todo o mundo são os EUA. com um orçamento militar que é quase 50% do orçamento de todos os outros países! É a política de um império em decadência económica que perigosamente é a maior potência militar. Quanto às conferências universitárias por onde andou bem pode deitá-las para o caixote do lixo. Devem ser daquelas onde se debita pensamento inutilitário como Georges Steiner (não deve saber quem é, mas é um pensador e filosófo católico) ou Harold Bloom (este até é um anti-marxista militante) e muitos outros têm denunciado naquilo que eles chamam da cultura inculta que prolifera nos meios universitários nas ciências humanas em todo o seu espectro, que não pára de crescer tanto quanto mais é indigente. Nos últimos decénios o que de válido se têm feito é na já referida investigação fundamental das ciências ditas exactas. Por mais que queira distorcer a realidade, os EUA, estão longe de serem dominantes. São importantes mas daí a serem lideres nessa área vai uma grande distância. E se não sabe tudo depende da investigação fundamental.

    • Euéquesei says:

      José, Acabei por não perceber se estava a referir se aos EUA ou à China.
      É que guerras e ameaças e corromper países etc e tal encaixa que nem uma luva nos EUA.
      Até ver a China ainda não começou nenhuma guerra pelas riquezas de outros países.

    • jakim says:

      so para rematar a conversa edward snowden diz lhe alguma coisa em termos de democracia??

  5. Ezequiel Matias says:

    O facto das fabricas chinesas estarem cheias de gente infetada com covid e muita gente que não pode trabalhar não conta não?

    Lá diz o outro que a melhor defesa é um ataque e nisso os chineses são exímios a atirar as culpas para os demais e a tentar atirar areia para os olhos dos demais.

    Só come quem quer…

    • F.C. says:

      ??? Cheias de gente infetada? Devem ser o pais com a vida mais normalizada atualmente. Alem disso sao das poucas economias que cresceu o ano passado e está a crescer este ano o que mostra que o COVID lá nao está a causar impactos ao contrarios das teorias de conspiraçao em que a china esconde casos de covid e está tudo pelo hora da morte

      • Ezequiel Matias says:

        Ufa! Ainda bem! cheguei a temer o pior…

        Wait, mas não é a China o pais comuna, master em enganar o mundo e torturar a população e quem os contradiga?

        Será que a china é diferente dos demais países? Ou será que nos estão a enganar? Se não fizermos testes então não temos infetados.

        Eu sei, há quem pape grupos ou milite nas mesmas cores cá em Portugal e depois é tramado escutar estas coisas.

        Quem forneceu os números do crescimento da economia chinesa? Ah, espera, foi o governo chinês…tem tudo para ser verosímil.

        Já agora o covid não veio nada de lá, veio de França, montado numa cegonha

    • Euéquesei says:

      Lá está, atirar areia para os olhos dos outros.
      Está a falar de quem? Dos EUA mais as armas de destruição maciça?
      Se não é, parece.
      Longe de mim defender a China, mas os EUA não são flor que se cheire.

  6. Samuel MG says:

    Não é o EUA que detiveram um cidadão do próprio país usando software de reconhecimento facial? Agora quem é que vigia os seus cidadãos

  7. jorgeg says:

    deve ser pq dos “riots” nos states, quero dizer shopping ilicito nos states

    huawei e fachada da ccp, socrates new asset da ccp, PR de Portugal 2024!

  8. jakim says:

    so com isto digo os states nao mandam na minha carteira e no que eu compro azar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.