Quantcast
PplWare Mobile

EUA adicionam à lista negra mais 7 entidades chinesas de supercomputação

                                    
                                

Autor: Marisa Pinto


  1. Tomaz Turbano says:

    Rezo todos os dias pra que a China continue superando os EUA tecnologicamente como ela ja vem fazendo. EUA prega livre merdaco quando eles estão no topo da cadeia alimentar, quando não estão: embargo atras de embargo.
    lixos.

    • ACS says:

      Livre mercado quando empresas chineses fazem o que querem, recebem apoios do estado e não respeitam patentes? A ultima coisa que podes dizer é que a china tem um mercado livre. Se eles e invadirem Taiwan e controlarem os maiores produtores de silicon quero ver como vai ser. Os estados unidos não são flor que se cheire mas a china é muito menos.

      • jakim says:

        empresas chineses fazem o que querem? entao as americanas? que ameaçam quem nao lhes compram quando foi com portugal o embaixador ameaçar portugal se caso optasse pela huwaei enfim e melhor o sr se informar

  2. R says:

    Não consigo gerir as subscrições que me chegam por email.
    Ao aceder ao link da gestão das subscrições aparece “You are not allowed to access this page.”
    Por favor corrijam. Obrigado.

  3. Ben Hur says:

    Acrescentaram mais 7 empresas tecnologicamente mais avançadas que outra qualquer dos EUA?

  4. Yamahia says:

    Phytium??? Será como Pentium?
    Estes xinos não têm emenda
    É mesmo á material da feira da Ladra! Lois é Luis; Levi’s é Lewi’s etc
    Xiça!!!

  5. Luis Henrique Silva says:

    Quando meterem as mais importantes na lista como por exemplo a xiaomi, está tudo tramado…..

    Mais dia menos dia os EUA vai se arrepender do que anda a fazer…..

    • José Fonseca Amadeu says:

      Xiaomi não é chinesa, só mesmo a sede. Além disso o problema não são as empresas mas sim o seu controlo e associação ao PC, esse é o maior problema mundial com as empresas chinesas, logo a seguir e aliado vem a vertente económica como medida de controlo.

      • Luis Henrique Silva says:

        Pois isso não sei, sei pouco sobre o assunto.
        Só sei que neste mundo de monopólios e politiquices, usa-se de todos os argumentos para dominar a economia, seja de que lado for.

        • José Fonseca Amadeu says:

          Isso é certo, mas é preciso conseguir ver além disso, senão caímos na asneira de pensar que o que os EUA estão a tentar fazer é apenas economico e que têm medo da progressão tecnologica da china, quando o tema é muito mais complexo que isso.

      • Guile says:

        Xiaomi não é chinesa? Criada por um chinês em Pequim (China), não consegue ser mais chinês que isso. Obrigado pela desinformação.

        • José Fonseca Amadeu says:

          Para pessoas pouco inteligentes que só veem preto e branco talvez seja chinesa.
          Para pessoas que realmente sabem o que é uma empresa chinesa conseguem constatar que não só se conseguiu manter à parte do PC como desde 2014 que os dados dos utilizadores internacionais estão fora da china.
          Como disse na minha afirmação, Xiaomi de chinês só tem a sede.

    • jakim says:

      tambem podem colocar o snowden, sim de facto a xiaomi esta a estrar a vendeas dos interesses a mim nao mandam na minha carteira eu compro o que quiser

  6. KodiakShadows says:

    Tal é o desespero do amaricado…

  7. JCR says:

    E a UE a continuar a não fazer nada, fazendo dos seus cidadãos, “escravos” destes 2 países, em termos tecnológicos, é só a maior vergonha da política Europeia, devíamos ser totalmente proteccionistas, e não permitirmos vender tecnologia da Europa, a estes 2 países do mal, e só devíamos comprar produtos tecnológicos Europeus, principalmente, na área da tecnologia digital, computadores e telemóveis, e isso iria trazer 1 maior equilíbrio ao monopólio que agora existe destes 2 “donos” do mundo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.