Quantcast
PplWare Mobile

Huawei: China ataca Joe Biden e diz que “EUA não são um país para se confiar”

PUB

                                    
                                

Fonte: Bloomberg

Autor: Marisa Pinto


  1. julio says:

    e desde quando é que a china é um país de confiança?

    • TUGA says:

      Pois também não sei, com ditadura e sem direitos humanos não sei quem é que confia na China…mas há por aí muitos tugas a defender isso!

    • Spoky says:

      E desde quando os Estados Unidos são um país de confiança?
      Os dois não são! Por tanto pensa pela tua cabeça.

      • darth says:

        pela tua logica, qual é confiavel entao? mas olha, um é uma democracia, outro não

        • Rui says:

          Achas os Estados Unidos democráticos? Que eu saiba num pis democrático todos podem chegar ao poder e todos podem contribuir para a gestão do país. Por lá nada disso acontece. Parece mais uma democracia ditatorial…… Aliás i que não falta por aí são exemplos disso. Eu costumo dizer que cá por Portugal vivemos numa democracia monárquica. Podemos votar mas eles escolhem o grupo de pessoas em que podemos votar…….

          • David Guerreiro says:

            Se fores por essa ordem de ideias, não há país algum que seja democrático…

          • Porconta says:

            Isso é verdade chamar ao regime dos EUA uma Democracia é forçar demais, um Pais onde só existem dois partidos, e consideram o Partido Democrático de esquerda, não é com toda a certeza algo em que se possa confiar.

          • Jorge Tomaz says:

            Rui, a diferença entre os EUA e a China, é que nos EUA, outros países democráticos, tens liberdade de expressão, liberdade de imprensa. Na China tu vais preso, ou desapareces se criticares o presidente Xi Jiping, ou o P. Comunista Chinês!! Entendes a diferença agora?? Até Hong Kong , região com autonomia durante 50 anos, isso já acontece. Vários estudantes entre os 16 e os 23 anos, arriscam levar com pena de prisão perpétua, por criticarem o partido comunista chinês, e terem pedido liberdade para Hong Kong. Tens ainda a perseguição das melhores minorias étnicas ( Tibetanos, Uiguires, Mongóis), religiosa ( muçulmanos, Falun Gong , até cristãos). A China é uma ditadura desde 1945, ano em que o partido comunista chinês chegou ao poder. De Comunista hoje só tem o nome. É o país com maior número de bilionários, e onde os sindicatos estão proibidos!!

          • Joao pequeno says:

            Basta ver o caso do Jefrrwy Epstein. Mas está malta não está preparada pra essa discussão

        • José Jardim says:

          Democracia que invade outros paises soberanos e assassinam milhares incluíndo mulheres, idosos e crianças?São esses os seus conceitos de democracia?

    • Felipe Cardoso says:

      Eles censuram os sites/programas do ocidente e depois reclamam quando são “censurados”, hahaha!

    • free snowden says:

      pessoal tem a memoria curta ja se esqueçeram o snowden

  2. Tabonitota says:

    Hmmm o que será que disseram ao Biden para reforçar ainda mais esta atitude to anterior presidente ? Será mesmo que a Huawei não se estaria a preparar para algo ….ilícito ? Ou melhor …. fornecer alguma informação encoberta ao governo Chinês ? Porque o governo americano nak fala a boca cheia sobre esta situação ? Pois sabe que ao governo chinês está metido ao barulho. Está parede-menina forma indirecta para fechar um sangrambetk que se esperaria no futuro sem ferir diretamente ingovernável chinês. Apenas uma teoria. N sei.

  3. Tabonitota says:

    Seria melhor sem erros do meu teclado (pouco) inteligente mas acho que da para perceber.

    • Mário Limas says:

      Não se trata de espionagem nem golpes, a Google, Facebook, etc já espiam para os USA há muito e ninguém se queixa. Isto é uma guerra comercial iniciada há muito. As grandes empresas americanas que dominam o mundo, não querem repartir os dividendos com mais 1 ou 2 conglomerados financeiros que estavam a ter superdimencoes, a Huawey e a Alibaba. As telecomunicacoes, com o desenvolvimento do 5G, pode dar gigantismo financeiro e controle de comunicações à Huawey. Ao forçar e condicionar a Huawey e outras, tenta impedi-las de ter escala global., forçando-as, a repartir o conhecimento e a tecnologia, que será provavelmente a solução que vão poder ter para sobreviver.

  4. Gulias says:

    Desde quando é que a América é um país confiável?
    Portugal desde seco 15 que conhece a China, já America so impõem coisas a força … Como estamos na Europa temos de calar e comer…Não há santos…

    • Spoky says:

      Nem mais, alias quem é que andou em conflitos com vários paises e se mete em guerras, discussões e forçar? Estados Unidos pois é, ninguém se lembra da Ucrânia? Russia? China? Coreia do Norte? Portugal? Europa?

      Os Estados Unidos são tudo menos de confiança.
      Farto-me de rir a gargalhada, quem apoia os Estados Unidos e é contra a China, mas esqueceram-se que a maioria das Guerras e conflitos entre paises é causada pelo US.

    • Hélio Musco says:

      Não é por conheceres alguém há muito tempo que é de confiança. A China é um dos países em que tens menos liberdade de expressão e isso diz tudo sobre a confiança que deves depositar neles.

    • David Guerreiro says:

      A China do século XV é muito diferente da China dos dias de hoje. Aliás, a China mudou muito desde a tomada do poder pelos comunistas em 1949. Neste momento quem mais impõe é a China, é só ver a quantidade de países pobres que eles controlam por via da dívida.

  5. Euéquesei says:

    Basicamente é isto, se metes as empresas americanas em perigo por seres melhor e apresentar melhores produtos, toma lá um boicote que é para aprenderes.

    Ah o livre comércio só se aplica quando as empresas americanas estão por cima.
    Caso contrário, toma lá.
    Os Chineses que boicotem a Apple.
    Era cá um rombo….

    • Vítor M. says:

      Para quem? A Apple perdia vendas, e um dos seus mercados principais, mas a China perdia milhões de empregos diretos e indiretos e ganhava concorrência da Índia e outros países vizinhos. Além disso, outras marcas gigantes passariam a ir atrás a experiência da Apple, porque o que aconteceu à Apple, poderia acontecer a qualquer marca americana, europeia ou australiana. Tens dúvidas que a China ficaria a perder muito mais, mas muito mais que a Apple?

    • darth says:

      tens nocao que a china proibe muitas empresas americanas de vender la, para nao falar de empresas de software e redes sociais. sabes, nao sabes??

      • David Guerreiro says:

        E não só. As que podem vender levam com impostos altíssimos, foi esse o motivo inicial da Tesla ter construído lá fábrica. Os impostos de um Tesla vindo da fábrica de Fremont eram elevadíssimos. O que sucede é que os produtos chineses entram no ocidente quase sem impostos, mas a China aplica impostos elevados aos artigos ocidentais. É o tal comércio livre, que não é justo.

  6. Luis says:

    Uauu, nunca pensei que a china tivesse sentido de humor

  7. anonimo@anonimo.anonimo says:

    E a marca Lenovo??? Alguém faz confiança nesta marca?

  8. anonimo says:

    E a marca Lenovo??? Alguém faz confiança nesta marca?

  9. Rui says:

    Os EUA e a Europa já vão tarde, a China é a maior potência à face da terra! O único aspecto onde os EUA ainda podem vencer é no poderio militar, mas mesmo aí e com a velocidade da China em construír navios de guerra superiores a uma fragata (fragata é só o navio mais poderoso que tem a maioria dos países, incluindo Portugal….. no nosso caso por acaso os submarinos estão um bocado a cima) a um ritmo de 10 navios por ano!!!!!! Até aí os EUA vão ficar para trás!!!!!
    https://www.naval.com.br/blog/2019/12/29/china-bate-recorde-e-lanca-10-destroieres-em-2019/

    Os EUA já perceberam ainda antes do maluco do Trump entrar na Casa Branca, que a China é a maior ameaça à face da terra e já eram a maior potência mundial (a Rússia só entra nestas contas devido sobretudo ao arsenal nuclear, porque a sua economia não tem pernas para apanhar a China e os EUA).

    Poucas pessoas percebem que a China e os EUA estão em guerra, para já comercial!!!!!!
    Para a esmagador maioria dos europeus, não se passa nada e só nos entretemos com assuntos ao nível da CMTV:
    https://www.bloomberg.com/news/articles/2020-10-27/china-rise-to-global-superpower-is-a-restoration-not-an-ascent
    https://www.worldpoliticsreview.com/insights/27828/how-a-rising-china-has-remade-global-politics
    https://www.ft.com/content/821ade99-473f-46ee-9104-5e43749e1d7b

    Quando um bloco aplica uma multa milionária a uma das maiores empresas do outro bloco (Apple, Microsoft, Hawei, Deutsch Bank, ……..) o que é isso senão uma guerra comercial para impedir um bloco de dominar uma área?

    Nós europeus ainda andamos de olhos fechados, preocupados em reescrever o passado, derrubar estátuas, enquanto ditaduras impôem-se pela força (Rússia, China, Turquia……….
    Leiam o que diz um japonês no último artigo!!!!!

  10. greego says:

    Sem dúvida, EUA têm sido os maiores causadores da instabilidade mundial…

    • Rui says:

      Queria dizer as maiores potências mundiais, não?
      Basta raciocinar da seguinte forma, em qualquer conflito que acontece por esse mundo a fora, quem é que fornece as armas e apoio à facção A, B, C? Vai ver que estão quase sempre lá metidos os EUA, a Rússia e a China. Até os países europeus…….. quem é que instigou a Primavera árabe? Sabe? É dos poucos conflitos em que os americanos não queriam meter-se, mas foram arrastados pelos europeus!!!!!

      Porque os americanos sabiam que se tirassem os ditadores do poder (Khadafi, Hosni Mubarak……) a seguir vinha o estado islámico tomar conta dos restos!!!! E é o que se vê!

      Pensar que só os EUA se metem em confusões só demonstra que é muito ingénuo!

      E realmente você tem toda a autoridade de criticar os EUA, então com líderes como Putin que manda matar todos os que lhe façam sombra, ou a China que não admite sequer reclamarem (já ouviu falar em Hong Kong? Diga-me o que se passa por lá…… se souber claro)

      • SSD says:

        Em resposta a isso só posso perguntar se os outros saltarem da ponte tu vais atrás? Ou seja é por haver outros maus exemplos que os EUA têm de ser mais um?
        E isso da primavera árabe é muito engraçado mas a resposta não pode ser deixar ditadores que maltratam o povo no poder e diga-se que muita da instabilidade que se vive naquelas zonas se deve a interferência americana.
        Os EUA só olham para o próprio umbigo, e por alguma razão as empresas que estão bloqueadas são aquelas que diretamente lhes causavam alguma comichão. Então a ZTE estar nessa lista é de rir, dada a dimensão da empresa em comparação com várias outras, até no mundo das telecomunicações. Mas com a corrida ao 5G e sendo os chineses um dos maiores concorrentes toca a arruma-los de alguma maneira.
        Se os EUA querem realmente fazer a diferença que comecem a ser diferentes e não a fazer exactamente o mesmo e a acharem-se superiores.

      • greego says:

        As suas questões sobre políticas externas são vistas apenas sobre a perspetiva ocidentalizada… e muitas vezes levada ao incitamento pelos mesmos!…

      • Rui says:

        Vocês ainda são muito verdinhos sobre o que se passa no mundo e “comem” tudo o que a comunicação social debita, sem questionarem. Quando lerem vários artigos de pessoas que sabem, de vários pontos do mundo (eu costumo ler de países como o Brasil, EUA, Reino Unido, Alemanha, Japão e até artigos chineses……

        Então acham que o mal em tudo o que se passa no mundo é dos EUA……. quero ver a vossa opinião quando a China mandar no mundo e por exemplo invadir o nosso mar com a sua imensa frota pesqueira….. não falta tudo, já andam no mar africano….. e até temos os nossos políticos ignorantes que permitem que os chineses tenham navios espiões nos Açores para gravarem o som acústico de todos os submarinos que cruzam o atlãntico!!!!!! Parabéns Costa, és um gajo esperto, sem dúvida!!!!!!!!

  11. Só rir says:

    Tanto disparate debitado, a china nunca irá superar os eua em termos militares, basta ver o quw cada um deles tem projectado para o futuro, tanto em termos navais como aero-espacial. Já agora, em termos económicos a china também já está a perder fulgor, muitas das maiores empresas já estão a mudar a sua produção para outros países, para a índia, entre outros. Ninguém dá nada a ninguém, mas é muito mais confiável um país onde a democracia impera que um país em que impera a ditadura.

  12. RUI COELHO says:

    fala o nu pró roto

  13. greego says:

    Realmente, visão militarista e inconsistente… Saberá o sr. que mais de 25% da produção mundial é feita nesse país?… Lei-a e aumentará os seus conhecimentos…

  14. j says:

    Chineses não têm juízo, são malucos, destruíram o planeta com este vírus e ainda se acham importantes. Fachos que matam milhares de mulheres inocentes nesse país e violam crianças e comem bichos e animais é dos países mais podres do planeta.

  15. jorge says:

    Democracia nao existe, existe somente a palavra, cada país aplica aquilo que lhe da mais valias, o que existe é que cada país puxa a brasa a sua sardinha, vejam os suiços que assinaram os acordos de shengen, mas nao se pode levar para a suiça tudo quanto as pessoas queiram, ha limites mesmo até com a frança, vejam se a suiça suprimiu o roming, até é proibido levar arvores ou plantas do exterior para a suiça, é isso a democracia e os acordos de libre ciculaçao, é somente o que lhes convém, e com os outros acontece precisamente o mesmo, hoje nao podemos acreditar em ninguém, até sugundo diz a historia o judas traiu jesus.

  16. SocrateSocialistAmigos says:

    Amigos temos de nós acalmar e aceitar as nossas diferenças, é na amizade que conseguimos encontrar um caminho único e sólido a longo-termo!

  17. Samuel MG says:

    Eles que se esfolem e matem!! Portugal deve ficar fora disto!!

  18. Amd4040 says:

    Ué, o paizão Biden não era amigão de todos ?

  19. free snowden says:

    a china é ditadura e o snowden e que teve que fugir dos EUA quem é mais ditador?

  20. otavio says:

    quando o 95 % do mundo acordar ja e tarde, neste momento nao existem nada que os EUA nao controlem eles querem mesmo controlar tudo os Sistemas operativos ta tudo nas mas dos EUA, americanos longe deles prefiro europa

  21. Oliveira says:

    Ué, mais segunda a “IMPREÇA”, quem atacada a China era o Trump….. Mudou foi??? Agora tem um presida queridinho né???

  22. Paulo R. says:

    O problema não é efetivamente qual dos dois países é mais confiável, mas antes qual dos dois países estabelece regras económicas mais previsíveis ou fiáveis e qual permite, ainda que em termos relativo alguma escolha de renovação de poder.
    Atualmente, ambos os países lutam por manter ou aumentar as respetivas hegemonias económicas e politicas.
    Porém os modelos sociopolíticos com que pretendem manter ou aumentar esta hegemonia são profundamente distintos.
    Vivendo nós numa europa que é uma «potência legiferante», com um sistema legal muito formal e fortemente implementado e vinculativo para os Estados-Membros, que prevê na maior parte dos casos análise, discussão e consultas publicas bem como fases de tentativas de consensos entre os respetivos governantes, processo que se aproxima do sistema de aprovação legislativa Americana, quem quer o sistema Chinês em que lideres invisíveis, nomeados de forma pouco transparente pela cúpula de um partido hegemónico (Partido Comunista Chinês) decide tudo, em nome de todos, de forma que pode ser da mais injusta á mais arbitrária possível, sendo qualquer contestação ou discussão, qualquer forma de livre pensamento critico considerada crime de lesa pátria?.
    Nenhum dos sistemas é perfeito, mas uns permitem a existência de «Swondens», ou seja de pessoas com consciência critica, noção de direitos individuais, de privacidade e de humanidade, enquanto que o outro nada disto permite, arredando da mente dos seus cidadãos, qualquer uma destas noções.
    Logo, qual o sistema que preferem?

  23. vmguerr says:

    Estratégia tipicamente comunista: Lançar acusações aos outros daquilo que eles próprios acusadores são e assim, semear a confusão. Ainda há pessoas que caem nessa, mas qualquer observador mais atento não se deixa enganar. China ao longo dos anos tem conseguido adormecer habilmente as mentes dos ocidentais e tem prosperado com isso. Eu, há 35 anos fui jantar com uma gaja e disse-lhe: Se os chinócas se dedicarem ao capitalismo, com a dimensão da China, com os seus recursos naturais e mão de obra barata, em 20 ou 30 anos são capazes de dar uma tareia à América. Acho que ela ficou a achar que eu era maluco, e nunca mais saímos. Ainda bem. No outro dia vi uma foto dela no facebook e ao fim de 35 anos já cinquentona está feia que nem um cralho. Graças a Deus que ela nunca mais quis sair comigo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.