Quantcast
PplWare Mobile

Austrália: Cientistas testam substância que pode curar a COVID-19 em 48 horas

                                    
                                

Autor: Vítor M.


  1. Dark Sky says:

    Medicamento fabricado … num laboratório português.
    Que adverte – cuidado com estas notícias, a experiência foi feita “in vidro” (em tubos de ensaio) não foram feitos testes em humanos, pode resultar ou não.
    https://www.dn.pt/vida-e-futuro/australianos-descobrem-que-um-medicamento-antiparasitario-mata-novo-virus-em-48-horas–12031543.html

  2. nelson mota says:

    daqui a um ano estaremos todos mortos com o atraso nos testes daqui a um ano teremos uma segunda vaga de incidencia e , daqui a um ano ainda estamos na mesma ou pior

    • Dark Sky says:

      É só um vírus. Não é preciso ficar tão acagaçado.

      • nelson mota says:

        so da que pensar que o homem é o animal mais social do planeta , e chega a ser uma aberração de tão social, é tão social , que se pensarmos que se pode juntar aos milhares , se virmos bem animais numa savana ou numa selva pouco se juntão , animais como os repteis nem se dão bem nem com os proprios pais , os mamiferos predadores juntão se no maximo de 6 endevidos , e outros mamiferos juntam se em pequenos numeros , so as gazelas que são predados é que se juntam em grande numero e que podem espalhar doenças , e o macaco e o homem são seres sobre naturais que se juntam aos milhares para espalhar doenças , nos somos a aberração do mundo natural

        • Eu says:

          E tu és o maior deles

        • Pedro says:

          Tu és um “endivido” mamífero aberrante que espalhas a maior doença: a estupidez natural dos aberrantes

          • nelson mota says:

            no tempo dos descobrimentos e no tempo da rota da seda , a seda era tão venenosa como o micro plastico hoje em dia , o que mudou isso foi o facto de ser fabricado no nosso país?

        • PGomes says:

          Um dia, vais ter de tentar escrever em Português.

        • luis borges says:

          Ja pensaste no suicidio? Pode ser o primeiro contributo para resolvermos esse problema. Sorry, nao resisti 🙂

          • Spoky says:

            És tão triste Luis Borges, não tens mais nada que dizer para alem disso? És no minimo ridiculo, para alem de que deves ter uma imaturidade…

            No pior dos cenários, é teres idade adulta e comportamentos de criança, tal como revelas.

            É com cada lambrego, que se acha no direito de ofender os outros só porque sim “sou mau, logo posso e quero” “uii deixa-me dizer para ele se suicidar”

            Ganha juízo, pessoas como tu são desprazíveis. Não concordas com a opinião dele? Paciência.

            Deixa de ser um paspalho com a mania que é rei.

    • João pequeno says:

      Não sejas idiota jovem

  3. Spoky says:

    “que é usada combater os vermes e piolhos nos humanos”

    Afinal existe!! Quando vamos a um médico, e dissemos não será um parasita? Eles dizem “você é louco” “tas maluco olha-me este!” indirectamente.

    Esquecem-se que os parasitas são uma das maiores causas de doenças e que provocam problemas em vários orgãos do ser humano, perturbam a digestão, a pele por ai fora!

    Só com essa acabaram de admitir, fico ridiculo ao ver quantos médicos DESVALORIZAM nem sequer põem a hipótese de lado por completo, desvalorizam completamente!

    Antigamente havia medicos que indicavam, quando era mais novo cheguei a tomar. Agora hoje em dia mal se vê isso, é tudo loucuras da nossa cabeça.

    Muitas das doenças, principalmente do figado, intestino há fortes indicios que são causados por parasitas.

    E não não, fazer uma analise as fezes não detecta todos os parasitas, há uns que nem com fezes se consegue detectar 😉
    Enfim.

  4. Vivas says:

    houvi diser que isto e um medicamento para cavalos como a setamina, nao confiu nisto.
    bebem maze o belo do abcinto que dezinfeta todo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.