Quantcast
PplWare Mobile

A NASA está a comprar pó da Lua, o Regolito, por 1 dólar

                                    
                                

Autor: Vítor M.


  1. Luís Silva says:

    Obrigado pela informação. Tenho aqui umas centenas de quilos e nesse caso vou vende-las.

  2. Antonio says:

    Para quê esse regolito mesmo? Porque não fazem como fizeram nas várias missões com sucesso Apollo?

    Década de 60:
    Várias missões lunares com humanos, exploração, videos e recolha de material lunar.

    2020:
    Sonda pousa com sucesso na lua e tira fotos a cores. Nasa compra regolito para preparar missão á lua em 2024.

  3. nmma says:

    Não me levem a mal, mas isto só pode ser uma piada….
    A única empresa financeiramente “capaz de chegar” à lua é a NASA…. e agora quer comprar o produto dos outros?!
    Onde está mesmo o vídeo que a NASA disse à uns 50 anos tinha ido à lua?! Segundo a NASA, esse mesmo vídeo seria divungado em HD no ano de 2009 e, 2 anos antes um responsável disse que teria disse apagado por engano e reutilizado o mesmo VHF (sim, porque naquela altura ainda não havia DVD)
    Então pensamos um pouco…. Uma empresa deste gabarito apaga assim a ÚNICA cópia?
    Atenção que é a própria NASA que o disse…
    E sem esquecer que só à bem pouco tempo a SPACE-X conseguiu desenvolver a tecnologia que fazia com que UMA PARTE DO FOGUETE regressa-se a terra…
    Qual é mesmo o tamanho de um foguetão?! E o peso?! Chegando a uma parte do percurso aquilo deve de trabalhar a água, só pode…

    • Antonio says:

      Não sou aedpto de teorias da conspiração, mas esta coisa de viagens á lua parecem um enorme retrocesso tecnológico.
      Comparar o que foi feito na dácada de 60 com o que a nasa diz em 2020 não bate lá muito certo.
      Fui ver essa história da fita VHS e realmente é tão ridículo que até dá medo.

      Por outo lado, será que os russos não conseguem comprovar a veracidade dos pousos lunares?

    • Jose Martins says:

      Neste momento há várias agências com capacidade financeira e tecnologia para chegar à lua como a NASA, a ESA, a China, a Rússia, a própria SpaceX que já tem como objetivo próximo Marte, etc. Quanto a teorias de conspiração, nomeadamente as “pseudo alunagens tripuladas” permito-me lembrar que, na altura, se estava no auge da guerra fria e era objetivo principal da então URSS serem os primeiros a conseguir tal feito. Conseguiram alguma vantagem ao colocarem em órbitra o o primeiro cachorro – Layka – e depois o primeiro ser humano Gagarin. Muito, mas muito improvável, para não dizer impossível, no auge da guerra fria a URSS não ter desmentido e ter aceitado que perdeu a corrida sem sequer estrebuchar. ..

      • NMMA says:

        Não sendo o mau da fita…. Na EPFL (uma universidade que tem um reator nuclear e que trabalha directamente com a NASA e a ESA)…
        https://www.epfl.ch/labs/lrs/
        https://espace.epfl.ch/
        Os números publicados são astronomicamente enormes…. Como a distância da lua à Terra em comparação à quantidade de combustível no foguetão… dá que pensar não?!

        • JJ_ says:

          Quando o foguetão sai da atmosfera da Terra, praticamente viagem com um consumo extremamente baixo de combustível. Alias só gastará para as manobras.

          Devido ao facto de que a viagem é feita no vácuo, o foguetão simplesmente avança sem qualquer tipo de atrito que o faça parar ou abrandar. Como sai disparado da atmosfera, a velocidade até tem a tendência de aumentar.

          Dai não precisar de muito combustível para viajar. A maior parte do combustível que leva a bordo, será para o regresso.

  4. Toni da Adega says:

    Na década de 60 existam aviões supersónicos a nível comercial.

    Hoje em dia não existem e afirmam não ser viável. Chamaria a isso um retrocesso tecnológico

    • Antonio says:

      Nada a ver. Não viável comercialmente, tanto que tens muitos aviões supersónicos fora da área comercial.
      A nasa não tem nada de comercial, aliás até perde a unica cópia vhs com o seu momento histórico kkkkkkkk

      • JJ_ says:

        Quando a Guerra Fira terminou, apesar dos americanos não admitirem, a NASA simplesmente passou a ser uma agencia sem qualquer tipo de importância governamental. O incrível é a NASA ainda existir hoje… Nota que até a NASA depois de arrumar o space shuttle, deixo de ter meios de viajar até ao espaço. Se não fosse a Rússia a continuar a fazer voos para a ISS, essa estação espacial já era lixo espacial.

        Por isso, a ser verdade essa perda, não me admirada nada que tenha sido algum antigo funcionário ao ver a degradação da agencia, tenham pegado na gravação e guardado. E agora, não diz nada para não ser processado, ou já morreu e os herdeiros deitaram aquilo fora ou nem sabem da sua existência.

      • Luís Silva says:

        Não me diga!
        Então eles gastam montes dinheiro para os outros irem explorar o “ouro”(sim porque ninguém vai para a lua e para outros planetas para evangelizar. Vai tudo com o cheiro de descobrir elementos ou compostos valiosos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.