Quantcast
PplWare Mobile

5 naves da NASA que estão a deixar o nosso sistema solar para sempre

                                    
                                

Autor: Vítor M.


  1. Rei David says:

    Acho piada as pessoas que acreditam nestas coisas, como se fossemos a lua ou naves no ceu. Meus amigos la em cima so Deus, não existe nada alem do nosso jardim do Eden a que chamamos terra.

    • Crash171 says:

      Espero que o seu comentário é que seja uma piada. Hehehe

    • LM says:

      Respeito a tua opinião. Mas acredita, existem pessoas com mentes retrógradas.

    • Allah says:

      Caro David, espero que esse Deus seja Eu.
      Um abraço e por ti te espero aqui em cima.

    • Setnom says:

      Não existe nada além do nosso “jardim”? Nem o Sol? Nem a Lua? Nem as estrelas? Os planetas?
      É que, nem que acredite que aquilo que não consegue ver a olho nu seja realmente falso como afirma, o que consegue ver a olho nu, como o Sol e a Lua, têm que contar, não? Ou acha que o Sol e a Lua e as estrelas e os planetas também não existem, que só Deus é que existe além do nosso jardim que é a Terra? Já agora… consegue provar lá em cima está Deus? Prove-o, se faz favor.

      • Rei David says:

        Sugiro lhe que leia sobre a teoria da fenda dupla. A lua, o sol e tudo o que voce olha so existe quando é observado pois é a consciencia que transforma ondas em matéria. No fundo so ve aquilo que querem que voce veja, pense no arco iris que na realidade não existe mas se olar de uma determinada posicao consegue ve lo e ate fotografa lo, no entanto não existe. E apenas uma ilusao.

        • LuisBorges says:

          Pode mostrar-me a matematica por tras disso? Só para analisar bem a questao… pode ser? Assim só com “conversa” nao tem valor nenhum e é impossivel qualquer validação. Obrigado.

          • Hélio Musco says:

            Não vale a pena argumentar com pessoas que não acreditam que o homem foi à Lua, mas depois mandam um gajo ir ver teorias. Ou seja, só aceitam certas partes da ciência, aquelas que não se encaixam na narrativa deles, é lixo.

          • Rodrigao says:

            Luis a matematica?? A Teoria de dupla fenda é real e acreditada por toda a comunidade cientifica! Sugiro que se informe melhor tem la a matematica toda explicada.

          • Toni da Adega says:

            A teoria de dupla fenda é a base da física quântica. Nada tem haver com religiao, deus, ilusões, ou negação da existência do Sol

        • Toni da Adega says:

          Portanto o sol nao existe, assim como a luz, calor e energia que transmite. Certo

        • Setnom says:

          Se o Sol só existe quando olhamos para ele, como é que se explica eu fechar os olhos e o meu colega ao meu lado não fechar e continuar a ver o Sol?

        • Nuno V says:

          Olha, alguém que nunca estudou mecânica quântica a falar de mecânica quântica com o mesmo entendimento de Deepak Chopra. Eu cá recomendo a antes de dizeres asneiras e falares de algo não sabes a estudares a matéria numa faculdade acreditada.

        • Figas says:

          Isso. Milhões de pessoas imaginam a mesma coisa em conjunto. Imaginam que há um Deus e no além. Se Deus existisse não aprovaria esse tipo de comentário muito menos o meu. Por isso ele que vá trabalhar que o mundo tem muita injustiça e ignorância a começar por desacreditar na ciência e a acabar em fome, doenças, pobreza, guerras, no fundo miséria.

  2. Digo Eu says:

    Estou mais preocupado, é com as intenções dos extraterrestres com tecnologia superior à nossa, que encontrem essas naves, com um mapa e tudo, para chegarem cá…

  3. Miguel says:

    O que é que interessa ao homem esta noticia?
    Todos nós vamos morrer sem ver nada, assim como aconteceu com quem já morreu e vai acontecer com quem ainda não nasceu.

  4. LM says:

    É Inútil Discutir com Crentes.

    “Não é possível convencer um crente de coisa alguma. As suas crenças não se baseiam em evidências; baseiam-se numa profunda necessidade de acreditar.” – Carl Sagan

    • Miguel says:

      Todos são crentes, até os ateus.
      Ser crente é acreditar em algo, e todos acreditam em algo. Acreditar que não existe Deus é mesmo assim acreditar.

      • LM says:

        Acabaste de dizer um disparate.
        Onde é que os ateus são crentes em Deus? No meu comentário, referia-me a crentes em Deus. Não era preciso estar a fazer um desenho. Para bom entendedor, meia palavra basta.

        • Rei David says:

          Para negares a existencia de algo e porque acreditas na hipotese. Claro que Deus existe e esta mais que provado, mas ha quem prefira acreditar em teorias do big bang que essas sim sao de rir pois não fazem qq sentido. Uma explosao do nada da origem a algo, certo.

          • Hélio Musco says:

            A comunidade cientifica está sempre aberta a novas propostas, com o objectivo de descobrir a verdade.
            A religião ao contrário está cheia de contos de fadas com mais de 2000 anos. Foi criada pelo Homem quando este ainda não sabia o que o rodeava. É triste ver ainda quem acredite nesta fantochada que tantas atrocidades fez ao longo dos anos (e.g. Inquisição) em nome de algo que não existe senão na mente de certas pessoas.

          • LM says:

            Tens de abrir mais essa mente que está muito pequenina. Exitem mais estrelas no céu que grãos de areia na terra. E a maioria das estrelas tem sistemas planetários em seu redor. Por aí se pode tentar ter uma ideia da quantidade absurda de planetas que existem. É tu vens com teorias da treta de que só na Terra é que há vida. Se não existe vida fora da Terra, então o universo é um grande desperdício de espaço. ““A idéia de que Deus é um gigante barbudo de pele branca sentado no céu é ridícula. Mas se, com esse conceito, você se referir a um conjunto de leis físicas que regem o Universo, então claramente existe um Deus. Só que Ele é emocionalmente frustrante: afinal, não faz muito sentido rezar para a lei da gravidade!”” CARL SAGAN

        • Miguel says:

          Primeiro não falaste em crentes de Deus, apenas falaste em crentes.
          Se não acreditas em Deus és também umcrente, não em Deus, mas na ideia que Deus não existe.
          Eu não disse que Ateus eram crentes de Deus, disse que eram crentes.

          • Nuno V says:

            não crer que deus exista != crer que deus não exista

          • LM says:

            Não baralhes a conversa. Realmente apenas falei em crentes, poderia ter completado e ter dito crentes em Deus. Mas tal como disse, todos sabemos qual era o contexto da conversa naquele momento. Só tu com a tua fome de querer arranjar confusão onde não existia, não quiseste entender.

        • Kuipersbelt says:

          Burro foste tu que não soubeste interpretar a ideia, eu sou ateu e não acredito em Deus ou em religião alguma, ou seja, sou crente em não existir algo do que mencionei, agora pensa se isso não é um credo… Tuga fail

          • Nuno V says:

            Ou seja, como tu disseste, não crer em religião alguma é ser crente em que esta não existe! É o que dá não saber aplicar pensamento critico e lógica num argumento, depois dá como resultado estas pérolas. Independentemente de alguém acreditar ou não numa religião, a existência destas não estão em causa. Realmente… Tuga fail

            Eu sou ateu, ainda ninguém conseguiu demonstrar uma única prova que um deus existe, seja ele qual for. Como consequência, não estou convencido que este existe. Isto não significa que estou convencido que este não existe.

      • Nuno V says:

        A grande maioria dos ateus não acreditam que deus/deuses não exista. Não acreditam sim é na existência de deus/deuses. É uma falta de convicção, não uma convicção do oposto.

        • Miguel says:

          Falta de convicção é a convicção do oposto a essa falta.

          • Nuno V says:

            Ou seja, para ti não ter a certeza de algo é ter a certeza do oposto. Se te perguntarem, “a pessoa x está livre amanhã?”, e tu responderes “não tenho a certeza”, isto significa que na realidade estás a dizer que tens a certeza que essa pessoa não está livre? Estás a recorrer a uma falsa dicotomia, uma falácia lógica. Como Obi-Wan disse “only a sith deals in absolutes”.

  5. Luis Antonio says:

    Gravity Assist é umas da técnicas para aumentar a velocidade dos satélites no sistema solar e assim reduzir distancias. Com a saída de objetos do próprio sistema solar e o mesmo (sistema solar) a deslocar-se a 720 000 km/h…, os mesmos passam a mover-se a essa velocidade pela galaxia…???!!!

    • Nuno V says:

      A assistência gravitacional não reduz a distância. É usado para mudar a direcção e velocidade de um objecto, como uma sonda.

      A velocidade da sonda é sempre em referência ao sol. Vamos imaginar um sistema extremamente simples. Tens o sol e uma sonda, estes existem num universo newtoniano, 1D, e a gravidade, atrito,… não existem. O sol viaga para a esquerda à velocidade de 720000 km/h relativamente a um ponto de referência, a sonda viaja para a direita com uma velocidade de 20000km/h relativamente ao sol. Portanto a sonda viaja a 700000km/h para a esquerda relativamente ao ponto de referencia, e assim o fará para toda a eternidade.

  6. Luis Antonio says:

    Confirmo reduz o “tempo” que demora a percorrer uma determinada distancia e não a distancia que é sempre a mesma… A menos que pudesse dobrar o espaço… 😉
    Neste caso os 720 000 km/h são calculados em relação ao centro da galáxia… então os satélites vão sair com 770 000 km/h, a velocidade do sistema solar + a velocidade delas…?! relativo ao centro da galáxia… mesmo a esta velocidade demoraria a chegar a Proxima Centauri +- 5930 anos… se os cálculos estão corretos. Quando vão lançar os satélites por laser…? Não era para ser em 2020? vou confirmar na net.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.