Quantcast
PplWare Mobile

Categoria: Ciência

Ansiedade e perda de memória são os efeitos do espaço profundo no cérebro humano

Nas viagens ao espaço, a maioria das pessoas acredita que a tecnologia é a questão mais fundamental. Contudo, já se demonstrou que podemos viajar através do Sistema Solar. O que está em causa na exploração humana do cosmos são as limitações do próprio ser humano. O espaço ainda é uma caixa de desconhecimento sobre as implicações no nosso corpo.

Em abono da verdade, quem fala sobre o assunto raramente se questiona se os próprios astronautas estão preparados para as condições que ocorrem no espaço profundo. No entanto, já existem alguns dados que podem dar pistas.

Imagem exame a astronauta que viaja no espaço sideral. testes para se perceber se temos condições para ir a Marte


NASA descobre a “primeira super Terra próxima” – e pode abrigar vida alienígena

Nunca antes tivemos tanta tecnologia a vigiar o Espaço. Nesse sentido, é perfeitamente concebível que se descubram muitos astros que estão na nossa vizinhança. Desta vez a NASA, recorrendo ao telescópio espacial TESS, descobriu um planeta a cerca de 31 anos-luz de distância do nosso planeta. Segundo o que foi descoberto, esta super Terra poderá ter condições que abriguem vida.

Depois de conhecerem os dados recolhidos pelo projeto Transiting Exoplanet Survey Satellite, os astrónomos ficaram entusiasmados com o que encontraram. Este novo sítio no cosmos poderá ser habitável.

Ilustração na NASA do planeta GJ 357d


Sentient: Militares americanos construíram secretamente um “cérebro artificial”

Segundo informações agora reveladas, os militares dos Estados Unidos criaram secretamente um “cérebro artificial”. Ou seja, desde 2010 que as agências de inteligência norte-americanas têm vindo a desenvolver um sistema secreto de inteligência artificial ao qual deram o nome de “Sentient“.

Os novos documentos confidenciais e classificados divulgados descrevem o que é o Sentient Program do National Reconnaissance Office (NRO).

Imagem ilustrativa do Sentient, o cérebro artificial criado pelos militares dos EUA


Sonda solar da NASA envia 22 GB de dados recolhidos sobre o Sol

Enquanto a sonda da NASA, Parker Solar Probe, se aproxima do seu terceiro encontro com o Sol, os cientistas da missão receberam 22 GB de dados referentes às duas primeiras passagens “perto” do Sol.

Para além de muita informação já recebida, a sonda mostrou tem algo extra a mostrar aos astrónomos. Há agora muito trabalho pela frente e isso deve-se ao excelente desempenho da nave e da equipa de operações da missão.

Imagem ilustrativa Parker Solar Probe


Novo exame de sangue pode detetar doença de Alzheimer 20 anos antes dos sintomas

A Doença de Alzheimer é um tipo de demência que provoca uma deterioração global. É, portanto, uma doença progressiva e irreversível, afetando diversas funções cognitivas. Por outras palavras, até à presente data não existe cura para esta enfermidade neurodegenerativa.

Segundo os resultados de uma investigação, levada a cabo por cientistas da Escola de Medicina da Universidade de Washington, em St. Louis, Missouri, foram conseguidos progressos significativos no desenvolvimento de um exame de sangue que pode detetar a doença de Alzheimer até 20 anos antes dos sintomas apareceram.

Imagem doença de Alzheimer detetada precocemente até 20 anos