Quantcast
PplWare Mobile

Rússia pode forçar a Apple a reduzir a comissão da App Store para 20%

                                    
                                

Autor: Vítor M.


  1. Tadeu says:

    Acho que também deviam estipular um limite na margem de venda de café, pastelaria, roupa, comida, etc, etc…

    • Atchim says:

      E limite à estupidez já agora… Nenhuma loja tradicional tem uma quota de mercado como as lojas de aplicações.

      • Tadeu says:

        Fazes ideia das margens de muitas lojas tradicionais, independentemente da quota de mercado?

        • Toni da Adega says:

          Isto é uma comissao nao é margem de lucro. É como a comissão que os bancos cobram por cada pagamento com cartao.

          • Tadeu says:

            Não é como uma comissão que os bancos cobram por cada pagamento, já que é uma loja com regras sobre o que venda, com selecção do que vende, com infra-estrutura para vendas, com suporte ao que vende, e com ferramentas para criar produtos que vende. Onde é que está a semelhança com um cartão?
            É uma loja cujo modelo de margem é através duma comissão sobre certos produtos – não é uma margem de lucro (margem de lucro é outra coisa)!
            As pessoas estão cair na esparrela da Epic…

          • Toni da Adega says:

            Temos como exemplo a WordPress, onde nem sequer pode ter referência a domínios ou alojamentos pagos. E se vender domínios ou alojamentos dentro da App tem que dar 30% á Apple.

            A Apple tem a estrutura para vendas, mas é mentira que de suporte ao que vende. Se fizermos a assinatura netflix, spotify e afins a Apple fica com uma comissão mas não dá suporte nenhum. Vai lá falar com a Apple a dizer que tens problemas na tua conta netflix e logo ves a resposta que tens.

          • Tadeu says:

            Toni da Adega, e o exemplo do WordPress é suposto significar que é um cartão?
            Se tiveres problemas com a assinatura da Netflix e reclamares à Apple eles irão verificar a situação da conta Apple, já que a assinatura está associada à conta Apple – se não estiver é porque não adquiriste a assinatura pela loja da Apple. Acho que é bastante simples de entender.

          • Os Rótulos says:

            A Apple não fica com comissões da Netflix e do Spotify porque as assinaturas e o pagamento são feitos nos respetivos sites e pagos por PayPal e outras formas. (Queriam fazer as compras dentro da sua app, como a a Apple permite nas suas de streaming de audio e video mas a Apple não permite. Para isso teriam que pagar comissão à Apple).

            A WordPress tem na app a referência a alojamentos pagos. O que não pode ter é, na app, um link para o browser abrir no site em que se efetua a compra. É preciso, fora da app, abrir o browser e ir ao site.

            Tudo baralhado 🙂

          • JJ_ says:

            @Tadeu… essa do suporte as apps que vende na loja não percebi.

            Então estas a dizer que qualquer app vendida na AppStore, quem dá o suporte aos compradores é a Apple e não o programador?

            Ou seja, se estiverem a ocorrer problemas na app, a Apple vai ver o que se passa com a app e corrigir os problemas, ou é o programador que faz isso?

            Se é o programador, então não é a Apple que dá suporte.

          • Tadeu says:

            JJ_, não te faças de desentendido! Percebes perfeitamente que o suporte a que me estou a referir é suporte de loja ao consumidor, por um lado – a relação directa do consumidor é com a Apple não com o programador – e noutra vertente, suporte da Apple a programadores por avaliação e resolução de possíveis problemas.

          • JJ_ says:

            Eu não estou a fazer-me de desentendido.
            A Apple não dá suporte a app, dá suporte a loja e a compra. São coisas diferentes.

            Qualquer problema que eu tenha com uma app tenho de sempre recorrer ao suporte do programador. No mínimo a Apple serve de mediador.

          • Tadeu says:

            jj_, estás a descrever algo que disse, e é algo que qualquer loja faz! de modo que sim, fizeste-te de desentendido! E para além disso, repito, a Apple dá suporte aos programadores, avalia a qualidade dos programas, etc!

        • TRaveller says:

          vai comprar na loja ao lado dah.
          Agora vê só haver 2 marcas de hipermercados no mundo.

          • Tadeu says:

            e onde é que se vende café com margem inferior a 30%?

          • JJ_ says:

            @Tadeu… tu é que estas a misturar tudo. Uma coisa é uma comissão outra é a margem de lucro.

            Um bar pode comprar 1kg de café por 10€. Se kg der para tirar 100 cafes, a 0.60€/cada. Ele vai ganhar 60€. Desses 60€, apenas 10€ foram para a fabrica do café.

            A diferença é que a fabrica não recebe 30% por cada café vendido.
            Alias se o bar conseguir tirar com esse 1kg, 200 cafés, a fabrica continua a receber apenas os seus 10€.

          • Tadeu says:

            JJ_, tu é que pareces não entender o que é margem de lucro – nada do que falei é margem de lucro! Uma comissão é apenas um modelo de negócios para obter uma margem numa actividade. A actividade aqui é uma actividade de loja, e a margem é a margem sobre o preço de venda ao consumidor antes de impostos, venda essa realizada pela loja.

          • JJ_ says:

            A margens nunca incluem impostos. O imposto é algo que tem de ser sempre pago pelo consumidor. Por isso para uma empresa os impostos nem contam, é uma despesas/um valor que já é inerente ao negocio. E por isso as margens são sempre analisadas sobre o valor liquido. Porque tu nunca podes analisar uma margem com base no IVA, se o fizeres vais perder dinheiro.

            Em negócios B2B normalmente usa-se preços s/IVA. Porque o IVA vai ser sempre pago pelo consumidor final.

          • Tadeu says:

            estás a ver como o negócio se organiza tanto como de qualquer outra loja!
            Se fosse uma comissão sobre pagamentos como se fosse banco como andam por aqui a advogar, a % seria sobe o preço final, ou seja com impostos incluídos. E aí os 70% que sobravam para o programador teriam que servir para cobrir impostos como o IVA.

      • Tadeu says:

        E já agora pergunto-te se sabes quem é que define os preços?

        • JJ_ says:

          Depende:
          – Num mercado liberalizado quem define o preço é o vendedor ou a regra da oferta vs procura.
          – Num mercado regulado quem define o preço máximo é as instituições acreditadas para o efeito, sendo eventualmente aplicada a regra da oferta vs procura, mas com um valor máximo.

        • Tadeu says:

          perguntei-te na loja, quem é que define o preço?

          • JJ_ says:

            Neste caso é o programador, sabendo que 30% desse valor vai para a loja.

          • Tadeu says:

            exactamente, com o programador sabendo que a loja tem uma margem no preço final para o consumidor.
            Não é nem o vendedor que define nem é um preço institucionalizado, é outro modelo de definição de preço final, com a loja a tratar de tudo a partir daí.
            E sabes porque é que a Apple escolheu implementar a loja desta maneira?

      • Joselito says:

        Comunistas são assim, caso não saibas, começam a por preço na loja dos outros, e no fim, os devs otários agora têm que pagar mais 1/3 para o estado além de continuar pagando a Apple, que vai criar um fundo de bondade para “educar” os outros (bando de otário, roubam o teu dinheiro e tu ainda aplaudes…), vai ser burro assim lá na….

  2. Mastermind says:

    Hehehe, o cerco a apertar-se…

  3. ToFerreira says:

    O Putin quer jogar Fortnite.

  4. Os Rótulos says:

    “Rússia pode forçar a Apple a reduzir a comissão da App Store para 20%”
    – E a todos os que cobram comissões de 30%
    – E quem vende aplicações entregaria 1/3 das suas comissões para um fundo estatal de financiamento de desenvolvimento de TI.
    – E foi proposto por 1 deputado na câmara baixa do parlamento russo.
    Tumusov teve os seus 5 minutos de fama.
    Mas como é que um parlamento de um país vai dizer à Google à Apple, à Micrososot, à Samsung, à Sony, Nintendo, etc, “Em todo o mundo cobram 30% mas cá cobram 20% e entregam 1/3 das comissões a um fundo estatal”.
    O Estado cobra IVA (ou o imposto que houver na Rússia sobre o consumo.) Uma coisa é diminuir ou aumentar a taxa desse imposto e o que que o Estado faz com esse dinheiro, como seja consigná-lo ao tal fundo. Outra é mexer nas percentagens de comissão, num negócio entre particulares. E criar um imposto adicional ,com a entrega de 1/3 das comissões ao tal fundo. Tenho dúvidas que a lei seja aprovada.

    • Vítor M. says:

      Não será fácil, até porque há outros interesses, mas é mais um prego no assunto. Como trunfo, Tumusov abanou com a bandeira de dinheiro para formação dos jovens developers 😉 pois claro.

    • JJ_ says:

      “Mas como é que um parlamento de um país vai dizer à Google à Apple, à Micrososot, à Samsung, à Sony, Nintendo, etc, “Em todo o mundo cobram 30% mas cá cobram 20% e entregam 1/3 das comissões a um fundo estatal”.”

      Isso até é facil… Se existir uma lei nesse sentido, se essas empresas quiserem operar nesse país, tem de cumprir essas regras. Se mercado deixar de estar liberalizado, é o Estado que define os valores máximos para um produto/comissão. E pode cobrar taxas extras para a venda de determinado produto.

      • Joselito says:

        Comunista burro, qnd o estado define o preço de um produto, esse produto some do mercado, sua anta… Pq q os jegues ainda não definiram o preço do Iphone, só pode se for abaixo de $200, bando de burro

        • TRaveller says:

          Quantos anos o preço do combustível foi definido pelo estado em Portugal.
          Quantos anos o preço da eletricidade foi definido pelo estado em Portugal.
          A margem de lucro nas mascaras este ano foi definido pelo estado.
          Depois tens vários que o preço máximo é definido pelo estado atualmente.
          e o burro sou eu?

          • Joselito says:

            Sim, és burro, não sabes o q é livre mercado, e ainda defendes o ladrão do estado, sofres de síndrome de estocolmo

        • Joao says:

          Precisas de ler uns livros e acordar para a vida já que educacao e formas de falar ninguem te as pode dar. Sem ir mais longe…o tabaco continua a ter um preco regulado em portugal…burro!

  5. klimane says:

    Tendo em conta que grande parte das aplicações são para acéfalos, até concordo. Talvez assim se conseguisse aumentar a qualidade de algumas aplicações que não lembram ao menino Jesus. E pelo que vejo do Fortnite, não consigo entender de onde vem tanto alarido e tanta agitação por um jogo tão medíocre.

    • RM says:

      Em relação ao Fortnite, como bem deverás saber gostos não se discutem.
      A malta nova (na maioria) gosta desse jogo e também com a idade os gostos mudam.
      Eu quando era novo tinha outros gostos, e agora tenho outros.

  6. PTO says:

    Acho piada a Russia vir-se meter no assunto. Se as empresas em questão fossem russas diziam logo que ninguém tem de se meter nos assuntos deles. Mas mais interessante é que querem diminuir para 20% MAS querem obrigar os vendedores das apps (os programadores, as lojas são apenas as plataformas de venda) a entregar UM TERÇO das suas comissões para um “fundo especial”.

    A única coisa que vão conseguir com isto tudo é que as apps subam de preço e bem. Depois venham-se queixar.

  7. Joao says:

    so povo a chorar pq? quem faz apps e ker o lucro a 100% é por 30% a app mais cara do ke esta. ja estao super baratas e a loja que ganha mais dinheiro é a appstore. nao é a sorte…é que os seus consumidores pensam mais do ke specs de papel e tem mais beneficios do que custos ao comprar as apps que compram. a apple e google nao levam coins por apps gratis que ocupam a maioria dos servidores. todas as apps tem backups que ficam la e as versoes antigas tambem ficam la caso nao saibam, em caso de uma versao der barraca o programador pode por uma antiga com um clique. ou seja a apple tem montra de milhoes de utilizadores e os utilizadores xoram por pagar 30% por cada venda feita pela apple….kem me dera ke as minhas apps pagas tivesses 1milhao de downloads….nao me importava nada de dar 300mil euros a apple se a minha app custasse 1euros ao publico.

  8. Joselito says:

    Comunistas fazendo comunistices, pq essas antas tmb não definem o preço do Iphone, não pode mais de $200, bando de jegue…

    A Apple vai dar adeus a esse país comunista ladrão rapidinho… e só o povo e os desenvolvedores (só os devs russos claro… Kkkkkk, bando de burro) vão perder…

    Aos comunistas safados, vão criar seus produtos e sistemas operacionais e apliquem as regras que quiserem….

  9. Pedro Alves says:

    Acho engraçado pessoal daqui a dizer que “somos” comunistas etc… e a apple não é?
    Um empresa, que tem o monopólio e não deixa haver concorrência já está tudo bem?
    Qual é o problema de “oferecer” uma loja online da concorrência, na loja deles, mas antes de instalar com uma aviso do gênero “a apple deixa ter a responsabilidade bla bla bla bla….”
    Podem dizer que é um produto deles e fazem o que querem… mas a Microsoft não foi perseguida durante anos (e por vezes ainda continua) por “monopólio”? Se a Microsoft ganha-se uma percentagem de cada aplicação que era instalada(.exe)?? concordavam?
    Deixem de ser fanáticos pela apple e abram os olhos! as pequenas empresas precisam sobreviver. Grandes empresas como apple, facebook, google, microsoft, deveriam ter um travão… porque compram tudo, e fazem o que querem…
    concorrência é bom para o mercado, para o cliente final, por isso há que controlar o monopólio das grandes empresas.

    • Tadeu says:

      A Microsoft fazia exactamente o mesmo com o sistema móvel que tinha, e faz exactamente o mesmo na sua consola…
      Agora pergunto-te o que achavas se a Samsung passasse a permitir apenas a sua loja nos seus aparelhos, vias algum problema? Não seria uma forma legítima de negócio para um empresa que vende um produto final ao consumidor… Afinal de contas o consumidor tem a alternativa de comprar outros produtos com outra oferta!

      • Pedro Alves says:

        “Agora pergunto-te o que achavas se a Samsung passasse a permitir apenas a sua loja nos seus aparelhos, vias algum problema? ” A resposta não concordaria!!
        “Afinal de contas o consumidor tem a alternativa de comprar outros produtos com outra oferta!” cada vez menos, porque há muita oferta, mas os grandes seguem todos a mesma linha, acaba por não haver concorrência.
        Vemos um grande exemplo cá em portugal nas telecomunicações… é tudo igual, em todos eles, não há concorrência! há poder de escolha, mas não concorrência!
        Quem paga no final sou eu, tu e todos nós!! pagamos e calamos!

        • Tadeu says:

          Não é uma forma legítima de negócio?
          Continua a ser concorrência, o consumidor continua a poder comprar outros produtos com outra oferta…

        • Tadeu says:

          E para concluir, nada desta polémica serve para baixar o preço ao consumidor. É tudo por alguns quererem ganhar mais dinheiro, em vez da Apple.
          Não foi porque as condições de venda mudaram, não foi porque a Apple subiu os preços que cobra a clientes, não foi porque a loja que a Apple criou roubou empresas ou levou programadores à falência. A loja da Apple tornou muito mais fácil para pequenas empresas arranjarem clientes, venderem e crescerem… É por causa do sucesso que teve, que agora aparecem uns quantos a querer aproveitar o que a Apple conseguiu.

    • Joselito says:

      Nunca vi tanta animalidade em um só comentário, estás a chamar uma empresa privada de COMUNISTA?

      Portugal como sofro por ti, criastes filhos rebeldes e insensatos…

      Não sabes tu, q não existe monopólio, preciso mesmo desenhar?

      Conheça essas monopolistas malvadonas, q não precisaram do estado para morrer:

      Kodak (Não é possível, alguém superou a Kodak, NÃO, isso é impossível…),

      Nokia (A Apple super a toda poderosa Nokia, NÃO, sem precisar do estado? Não, isso é impossível)

      Blockbuster (O Netflix superou a compra de DVD físicos, NÃO ISSO É IMPOSSÍVEL, mas o estado ajudou não foi?)

      Blackberry (Nooooooooo)

      Seu Comunista defensor de ladrão, que atrasa o país e o povo!

  10. Zé Duarte says:

    Tanta guerra com este tema, até nos comentários. Mais vale mandar a Apple e Google abaixo e começar do zero.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.