Quantcast
PplWare Mobile

Tags: comissões

Apple já está a cumprir o que prometeu aos programadores

Este ano fica marcado por vários assuntos que envolveram a Apple e as suas comissões cobradas aos programadores da App Store. Contudo, a empresa de Tim Cook não ficou indiferente às críticas e há umas semanas prometeu baixar a percentagem cobrada nas compras das apps.

Alguns programadores já estão a dar conta que a Apple já está a cobrar uma comissão mais baixa nas vendas na sua loja de aplicações.

Imagem ilustração App Store da Apple


Rússia pode forçar a Apple a reduzir a comissão da App Store para 20%

A Apple e a Google têm estado debaixo de fogo por causa da comissão de 30% que cobram aos programadores quer da venda das apps, quer de conteúdo nelas comercializado. Além disso, a Rússia, tem novamente a Apple na mira por supostas práticas anticoncorrenciais relacionadas com a gestão das aplicações. Assim, foi submetido ao parlamento russo um novo projeto de lei para limitar a comissão de empresas como a Apple e Google aos 20%.

A Rússia junta-se assim a um coro de críticas ao valor cobrado pelas lojas de aplicações.

Ilustração App Store na Rússia com conflito de comissões


MB WAY: Isenção de comissões só a partir de 1 de janeiro

O serviço MB WAY é dos mais espetaculares que inventaram nos últimos tempos. A simplicidade de operação é um dos trunfos e isso faz toda a diferença num serviço.

Depois de várias tentativas de “monetizar” o serviço, talvez tenha sido a COVID-19 a salvação do mesmo. Relativamente às contas de serviços mínimos estas estarão isentas de comissões, mas só acontecerá a partir de 1 de janeiro.

MB WAY: Isenção de comissões só a partir de 1 de janeiro


MB WAY: Parlamento aprova “travão” às comissões dos bancos

O Partido Socialista avançou com um projeto-lei que pretende limitar as comissões no MB WAY, mas não as proíbe.  A proposta do PS foi aprovada, na generalidade pelo Parlamento e segue agora para ser discutida na especialidade.

Com tal decisão, os bancos vão ver limitada a sua ação na cobrança de comissões em serviços digitais, como é o caso do MB WAY, Revolut, entre outros.

MB WAY: Parlamento aprova "travão" às comissões dos bancos


Fim das comissões no serviço MB WAY, uma realidade que pode estar próxima?

Durante o último ano muito se escreveu sobre as comissões cobradas por alguns bancos sempre que transferências fossem feitas através do serviço MB WAY. O último grande anúncio foi feito por parte da CGD que em janeiro passará a cobrar o valor exorbitante de 88,4 cêntimos por cada transferência através da app.

Mas medidas para travar estas comissões têm que ser criadas, de forma a defender os interesses dos consumidores. Como tal, o fim das comissões associadas ao serviço MB WAY estão a ser já defendidas por partidos com assento parlamentar.

Fim das comissões no serviço MB WAY, uma realidade que pode estar próxima?