PplWare Mobile

O Windows desde… sempre! – Parte #0


Hugo Cura

O gosto pela tecnologia despertou sentimentos únicos que levaram a escrever umas palavras e a premir o obturador.

Destaques PPLWARE

41 Respostas

  1. Frederico says:

    off-topic

    Lançada nova versão do VM Player, que tem como principal novidade o facto de passar a permitir a criação de máquinas virtuais. Sendo um software livre, é uma excelente novidade:

    http://www.vmware.com/products/player/

    • Manuel Rocha says:

      @Resposta ao off-topic

      Caro Frederico,

      O uso da pesquisa no canto superior direito do blog evita muitas vezes despender desnecessariamente o nosso tempo a apresentar assuntos que já foram discutidos.

      Se pesquisares pela palavra “vmware” é logo o primeiro resultado da pesquisa.

      https://pplware.sapo.pt/software/vmware-player-3-0-final/

      @Voltando ao tema em causa

      Muito bom o tutorial Hugo.

      Quando tiver tempo hei-de experimentar. Já se encontra na minha “TO-DO List”. Eh eh.

      Continuação.

      Cumprimentos,
      Manuel Rocha

  2. Diogo says:

    No outro dia experimentei fazer a mesma coisa para relembrar os velhos tempos, tudo correu bem ao instalar o dos, seguido do 3.1 depois o 95, o problema chegou quando tentei instalar o windows 98. O mesmo puxa o meu processador ao máximo e o computador deixa de responder. alguém me sabe dizer porque será?

  3. omgwtfbbq says:

    Passar o teclado para português – keyb po?

    • pfbatista says:

      Isso deve ser muito fácil, para quem aprendeu informática desde esses velhos tempos 🙂

      Através da instrução, no autoexec.bat:

      device=c:\dos\display.sys con=(ega,860,2)
      country=001,860,e:\dos\country.sys
      mode con codepage prepare=((860)c:\dos\ega.cpi)
      chcp 860
      mode con codepage select=860

      Acho que assim deve funcionar…
      De certeza que muitos que aqui passeiam, ainda se lembram disso. Eu não me recordo em pormenor do sintaxe, experimenta assim, mas por norma o Google ajuda 🙂

      1 abraço malta

    • Hugo Cura says:

      Para isso é necessário lá estar o keyb.com que, possivelmente, não é compatível com a versão do ms-dos em questão.
      Não me dei sequer ao trabalho de tentar passar o teclado para português… parece-me um detalhe insignificante. Ao usar assim, com teclado americano, torna a “experiência” mais verdadeira do que era o ms-dos “inter-idiomas” nesses tempos 🙂

  4. Muito bom! Para além de ensinar o pessoal a utilizar o excelente VirtualBox, permite ainda relembrar os bons (ou não) velhos tempos do DOS 😀

    • Diego Castro says:

      Bons velhos tempos…..

      dir /s >ficheiro.txt

      (arranja me uma maneira de fazer isto no windows)
      🙂

      • Jotus says:

        Fácil, na linha de comandos dir /s >ficheiro.txt

        :p

        • Hugo Cura says:

          hehe, logicamente…
          Mas ele refere-se em ambiente Windows. Realmente por vezes poderá dar jeito algo desse género mas que na realidade não é possível.

          Acredito até que algumas aplicações de catalogação e organização de ficheiros (as menos trabalhadas a nível de programação), tirem partido do velhinho “dir” com essa sintaxe!

  5. Almeno Rocha says:

    Excelente artigo, para acompanhar de certeza.

  6. Pois... says:

    pois…excelente para quem não sabe o porquê dos Windows serem os melhores, mais perfeitos e amigáveis SO’s da historia da computação, se não fosse a Microsoft ainda estávamos uns aninhos aquém desta fantástica era de informática democratizada que vivemos… também muito bom para os “revivalistas” recordarem…

  7. Ricardo says:

    Porreiro Pá!! Óptimo artigo. Muito Bom mesmo. 😉

  8. Raclima23 says:

    wow bem jogado grande artigo ainda lembro-me quando o meu velho comprou compac com windows 3.11 saudades de brincar com o MS-DOS a minha cena preferida na altura quando cansava-me da tela preta era “win winword” acho que era assim sei lá… lá foram os tempos… certeza que no sabado antes de ir pra paródia irei experimentar-la

    Para artigos desses digo

    …long time no see…

    🙂

  9. Carlos Costa says:

    Este velho MSDos!!!! ainda me lembro, nos meus tempos de moço, as disquetes de arranque que se fazia para correr alguns jogos. A malta alterava os “autoexec.bat” & “config.sys” com o objectivo de dar mais folgo à maquina (486DX/4RAM/VGA de 2Mgs) hehe

  10. Jotus says:

    Muito bom!
    Já experimentei com todas as versões antigas do Windows, o único problema foi mesmo na versão 1 do Windows, não conseguia mexer o cursor com o rato. Era preciso varias as janelas pela tecla Tab.
    Com o DOS, só relembrei o 5 e o 6.22.

    Como recordar é viver, bom trabalho, Hugo! 😉

  11. Pedro Lopes says:

    Muito bom o artigo Hugo.

    É sempre interessante recordar os velhos tempos, mas a melhor parte do artigo é a recordação do Prince of Persia, horas incontáveis a ser cortado as postas pelas guilhotinas, memorável.
    Veio-me logo a memória o comando que se podia usar para aceder logo ao ultimo nível do jogo : prince megahit 14, só não tenho a certeza de o último nível ser o 14.

    Cumprimentos.

  12. JC says:

    Em vez de “play” experimentem correr “play megahit” ehehe.. e tb havia um poptrain.bat que fazia isto ou parecido. Belos tempos 🙂

  13. dajosova says:

    Belos tempos em que me punha a inventar a fazer batch files…
    E a primeira noitada a descobrir o Windows 3.1.
    E o primeiro vírus que me apareceu numa disquete de 5¼ no jogo Pacman.
    E o som do modem pela primeira vez a conectar-se… ui ui.

    O bichinho permaneceu até hoje e entretanto já se passaram +- 16 anos.

  14. Jose Simoes says:

    7 Listar os ficheiros executáveis: escrever “dir .exe”

    “dir *.exe”, falta a *

    José Simões

  15. Julian says:

    Muito bom, para juntar ao mini vmac e sistemas operativos apple.

    Para quem quer experimentar outros sistemas operativos como o OS2/Warp, aqui vai http://vetusware.com/

    Site com documentação histórica sobre Sistemas Operativos
    http://www.operating-system.org/index.html

  16. Nome (Obrigatório) says:

    POP : o melhor jogo de sempre 🙂

    Obrigado!

    (Site com jogos do “nosso tempo” – http://www.hotud.org/)

  17. Luciano says:

    Amigo, o arquivo da máquina virtual do Windows 2.3, esta danificado poderia corrigir por favor, ótimo artigo, muito obrigado pelo conhecimento adquirido me ajudou muito, este artigo foi meu diferencial em um teste. Obrigado.

  18. Jamerson says:

    A página “Aceleração” (Definições/System/Acceleration)não está ativa.
    Estou executando o Windows 7 Ultimate 64-bytes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.