Quantcast
PplWare Mobile

Tags: Neuralink

Synchron recebe aprovação para testar implante cerebral em humanos

A Neuralink, cofundada por Elon Musk, tem como objetivos a cura de problemas cerebrais e o aperfeiçoamento do cérebro humano. Agora, numa estreia, uma startup rival, a Synchron, conseguiu a aprovação da FDA para começar a testar o seu implante cerebral em humanos.

Os testes serão feitos em voluntários e começarão no final deste ano.

Implante da Synchron


Cofundador da Neuralink, Max Hodak, vai deixar a empresa

A Neuralink, nasceu em 2016 e apresentada ao mundo no ano seguinte, tem como mote a neurotecnologia, de forma a curar problemas cerebrais, bem como aperfeiçoar o cérebro humano, potencializando-o. Além do conhecido Elon Musk, a empresa foi fundada por oito outros engenheiros e cientistas. Um deles, Max Hodak, anunciou ontem que já não faz parte da equipa.

O anúncio foi feito pelo Twitter e, para já, não se conhecem as circunstâncias da saída.

Neuralink


Poderá a Neuralink vender ‘pensamentos privados’?

Recentemente, mostramos-lhe que a tecnologia desenvolvida pela Neuralink de Elon Musk foi capaz de colocar um macaco a jogar um videojogo. No entanto, por um lado, há quem acredite que o feito não é inovador. Além disso, esta tecnologia parece assustar algumas pessoas, ou ponto delas acreditarem que o sistema pode pôr em causa a privacidade dos utilizadores.

Uma vez que monitoriza o cérebro, há quem considere que a tecnologia da Neuralink pode vir a vender os pensamentos dos utilizadores.

Neuralink, Elon Musk


Neuralink: Primeiro produto será um implante para controlar o smartphone com o cérebro

Já várias vezes mostramos que a tecnologia é um verdadeiro trunfo quando em cima da mesa está a melhoria da qualidade de vida das pessoas. Elon Musk, cofundador da Neuralink, já revelou qual será o primeiro produto a ser lançado pela empresa.

Este permitirá que os utilizadores com paralisia cerebral utilizem e controlem o seu smartphone com a mente.

Elon Musk, cofundador da Neuralink


Cofundador da Neuralink diz que podemos construir um Jurassic Park real

Aquilo que conhecemos como ficção científica pode tornar-se, com a evolução tecnológica, numa realidade. Aliás, há uns anos, carros voadores eram associados a um planeta futurista e, agora, não muito tempo depois, há já quem os tenha conseguido produzir. Portanto, aparentemente, não há nada que com uma pitada de tecnologia não funcione… nem mesmo um Jurassic Park do mundo real.

É verdade, Max Hodak, o cofundador da Neuralink, acha que temos o que é preciso para projetar o filme para a realidade.

Jurassic Park