PplWare Mobile

Tags: Marte

Asteroide potencialmente perigoso para a Terra é captado em vídeo

Chama-se (52768) 1998 OR2, é um asteroide numa órbita excêntrica, classificado como objeto próximo da Terra potencialmente perigoso. Faz parte do grupo Amor, isto é, é um asteroide que tem uma órbita entre Marte e a Terra. Além disso, o seu tamanho é imponente, tem cerca de 4 quilómetros de diâmetro. Descoberto em 24 de julho de 1998, vai passar “perto” do nosso planeta no próximo dia 29 de abril.

Como já havíamos falado, a NASA classifica-o como potencialmente perigoso e os astrónomos procuram-no para conseguirem filmar o corpo celeste. Assim, o vídeo conseguido traz alguma informação sobre este viajante do espaço.

Imagem ilustração asteroide classificado pela NASA como perigoso, este é o (52768) 1998 OR2


Marte: fotografia panorâmica incrível mostra o planeta vermelho “com outros olhos”

A NASA cada vez conhece melhor o planeta vermelho e traz-nos algumas das imagens que consegue captar. Assim, desta vez, recorrendo à tecnologia do rover Curiosity, foi conseguida a melhor e mais impressionante vista de Marte. A composição desta imagem panorâmica do planeta foi composta por mil imagens da paisagem.

Vejam como se parece o solo marciano, algo que um dia os humanos irão testemunhar lá, pessoalmente.

Imagem da fotografia panorâmica do planeta vermelho


NASA descobre um estranho e incomum buraco no solo de Marte

Marte brinda os cientistas com cenários selvagens e deslumbrantes. De tal forma que há novidades que conseguem inquietar quem estuda mais afincadamente o terreno do planeta. Conforme podemos ver numa imagem publicada no blog de ciências da NASA e na Astronomy Photo of the Day desta semana, o solo marciano tem ainda muitos segredos por desvendar. A fotografia mostra o que parece ser uma montanha… mas completamente escavada.

A NASA partilhou esta imagem que parece ser uma montanha oca com um buraco incomum no centro.

Imagem mostra buraco na superfície do planeta Marte


Colonizar Marte: Elon Musk sabe como enviar 1 milhão de pessoas

Terra e Marte estão separados, em média, por cerca de 225 milhões de km. Nesse sentido, com a tecnologia atual, que equipa as naves espaciais, seriam necessários cerca de 200 dias para lá chegar. Elon Musk já pensa em colonizar o planeta vermelho.

O magnata do setor espacial revelou no seu Twitter os planos para transportar um milhão de pessoas a Marte até 2050.


Cientistas da ESA criam método para extrair oxigénio do pó da Lua

A NASA quer já em 2024 fazer pousar um homem e uma mulher na superfície da Lua. Assim, depois da missão Apollo 17 em 1972, a Artemis colocará dois astronautas no solo lunar. Nesse solo existe regolito, um pó que a ESA acredita poder ser usado para retirar oxigénio.

A Lua poderá ser a base de abastecimento das futuras naves a caminho de Marte. Pelo menos a agência espacial europeia pensa assim.

Imagem de base na Lua que NASA e ESA querem criar