Quantcast
PplWare Mobile

Tags: jaxa

Mercúrio: Veja o que a missão BepiColombo nos mostrou agora… imagens incríveis

BepiColombo é uma missão conjunta da Agência Espacial Europeia (ESA) e da Agência Japonesa de Exploração Aerospacial (JAXA) de exploração do planeta Mercúrio. A nave, lançada para o espaço em 2018, captou na manhã desta quinta-feira imagens incríveis da superfície de Mercúrio.

Conforme podemos ver pelas fotos partilhadas, o planeta mais próximo do Sol foi fotografado enquanto a missão sobrevoava Mercúrio para uma manobra de assistência gravitacional, a cerca de 920 km acima da sua superfície.


Há novidades acerca do veículo lunar que a Toyota está a desenvolver com a JAXA

A corrida espacial está a estimular as agências espalhadas pelo mundo. No entanto, parece estar a fazer mais do que isso. A Toyota está a trabalhar com a agência espacial japonesa num veículo que servirá para explorar a superfície lunar. Já há novidades acerca dele.

O lançamento do Lunar Cruiser está previsto para o final da década.

Veículo lunar da JAXA e da Toyota


Nova tecnologia japonesa permitirá visitas espaciais remotas

A forma mais popular do turismo no espaço é feita através de frotas de aviões espaciais e foguetes. Contudo, esta pode vir a evoluir e tomar forma nos nossos ecrãs.

A empresa privada avatarin e a agência espacial japonesa JAXA estão a colaborar no projeto Space Avatar, que irá desenvolver mais uma “tecnologia avatar”.

Imagem Projeto Space Avatar


Satélites autodestrutivos podem ser a solução para lixo espacial

Para que o espaço possa ser explorado, não chega apenas observar a partir da Terra. Como tal, desde os anos 50, são enviados satélites e outros equipamentos que auxiliam a humanidade na tarefa de recolher informação como imagens, eventos cósmicos e muitos outros dados. Contudo, para além da exploração do espaço visando a sua descoberta, há igualmente a parte comercial. O lixo acumular-se e está efetivamente a tornar-se num perigoso problema.

O futuro terá de ter obrigatoriamente soluções para destruir o lixo que orbita a Terra. Há alguns avanços e hoje trazemos mais uma possível solução.

Lixo espacial


Encontrado objecto artificial entre as amostras retiradas do asteroide Ryugu

No início deste mês, as amostras recolhidas em Ryugu pela nave japonesa Hayabusa2 chegaram em segurança à Terra. Após a abertura do depósito com o material recolhido do asteroide, os astrónomos foram confrontados com várias surpresas. A mais recente mostra um objeto artificial encontrado no meio do material recolhido. Para já, ainda não foi possível a sua identificação.

Entre o pó negro e as rochas contidas na cápsula que voltou à Terra, encontra-se um objeto brilhante. Será que esse material fazia parte da nave, ou é algo “extraterrestre”?

Imagem de material extraído do asteroide Ryugu