PplWare Mobile

Tags: emprego

OnePlus reduz cerca de 80% dos postos de trabalho em alguns países da Europa

Com o Coronavírus temos assistido a uma grande vaga de extinção de postos de trabalho um pouco por todo o mundo. No entanto, este não será o motivo para a OnePlus estar a reduzir significativamente a sua força de trabalho em alguns países europeus, nomeadamente no Reino Unido, França e Alemanha.

Na verdade, existem mercados que parecem já não ser sustentáveis para a empresa, querendo esta focar-se nos mercados-chave.

OnePlus reduz cerca de 80% dos postos de trabalho em alguns países da Europa


Facebook quer contratar 1000 pessoas no Reino Unido já este ano

Para além do sucesso nas redes sociais, o Facebook também é um motor de crescimento na economia local e Mundial. Agora, a empresa de Mark Zuckerberg quer contratar 1000 funcionários no Reino Unido, já em 2020.

O Facebook anunciou que já ajudou a gerar 208 mil milhões de euros em vendas às empresas, isto só no ano de 2019.


Banco alemão quer substituir 18 mil funcionários por robôs

Há vários anos que se aborda a problemática relacionada com a substituição do ser humano pelos robôs. Contudo, apesar de já ser uma realidade pelo mundo fora, em variadíssimos segmentos da indústria, a chegada de robôs aos serviços eleva o problema a um novo nível. Agora, o banco alemão, Deutsche Bank, está a mobilizar um exército de “robôs” para eliminar milhares de postos de trabalho.

Em causa estarão 18 mil postos de trabalho que serão substituídos ou eliminados, com a restruturação em curso.

Imagem fachada do banco Deutsche Bank


Robôs poderão “roubar” 1,1 milhões de empregos em Portugal até 2030

A automatização está a chegar a todos os ofícios e não é surpresa que os robôs poderão tomar conta de milhões de postos de trabalho em Portugal até 2030.

Segundo um estudo da CIP, 1,8 milhões de trabalhadores terão de melhorar competências ou mudar de emprego até 2030.

Imagem de robôs a trabalhar na indústria


59% não usa o LinkedIn para encontrar ou oferecer emprego

Com o objetivo de recolhermos informações dos gostos e interesses dos nossos leitores, elaboramos questões pertinentes, da atualidade, e colocamo-las na zona lateral do nosso site.

Desta vez quisemos saber se costuma utilizar o LinkedIn para encontrar/oferecer emprego.

Vamos conhecer todos os resultados!