Quantcast
PplWare Mobile

Tags: Ciberataque

Porto de Los Angeles sofre 40 milhões de ciberataques por mês

Desengane-se quem pensa que os ataques informáticos têm somente como alvo sistemas institucionais, de entidades privadas e/ou sistemas domésticos, pois, para além desses, há hackers que procuram alvos mais específicos.

Como tal, de acordo com as mais recentes notícias, é indicado que o Porto de Los Angeles, que é um dos mais movimentados de todo o mundo, sofre cerca de 40 milhões de ciberataques todos os meses.


Semanário Nascer do Sol e jornal i foram alvo de ciberataque

Depois de uma forte onda de ciberataques a grandes empresas em Portugal, as notícias sobre este tipo de situações diminuiu ligeiramente, apesar de continuarem a acontecer ataques pela via digital.

De acordo com uma publicação partilhada nos sites do Semanário Nascer do Sol e jornal i, os canais de informação foram alvo de um ataque informático.

Semanário Nascer do Sol e jornal i foram alvo de ciberataque


Ordem dos Engenheiros: Já se sabe o que aconteceu no ciberataque

A Ordem dos Engenheiros (OE) informou no seu site que tinha sido vítima de um ciberataque, de origem ainda indeterminada, a uma das plataformas que gere a comunicação eletrónica com os seus membros.

Agora, passados cerca de 10 dias, a OE informou que concluiu a investigação e já sabe o que aconteceu no ciberataque ocorrido no dia 22 de abril.

 


Equipa da Starlink travou ciberataque russo! Pentágono rendido…

Como já referimos várias vezes, a guerra entre a Rússia e a Ucrânia acontece também no campo digital. Diariamente são revelados vários ciberataques entre os países, assim como grupos organizados que têm estado ao lado da Ucrânia.

Recentemente um responsável do Pentágono revelou que ficou surpreendido com a rapidez com que a equipa da Starlink travou um ciberataque russo.

Equipa da Starlink travou ciberataque russo! Pentágono rendido...


Ucrânia: Ciberataque a fornecedor de energia ameaça país

Os investigadores da ESET, empresa global líder em soluções de cibersegurança, responderam a um ciber-incidente que afetou um fornecedor de energia na Ucrânia.

Em estreita colaboração com a unidade nacional ucraniana para resposta a emergências informáticas CERT-UA, a ESET analisou o incidente a fim de colmatar e proteger esta rede de infraestrutura crítica.

Ucrânia: Ciberataque a fornecedor de energia ameaça país