Quantcast
PplWare Mobile

Tags: Asteróide

Asteroide Apófis poderá colidir com a Terra em 2068

Apófis é um asteroide que causou um breve período de preocupação em dezembro de 2004. Na altura, as observações iniciais indicavam uma probabilidade deste poder atingir a Terra em 2029. Posteriormente, com mais cálculos sobre a sua rota, concluiu-se que estava afasta a possibilidade de haver uma colisão com o nosso planeta ou mesmo com a Lua. Entretanto, um astrónomo da Universidade do Havai acaba de revelar uma nova e crítica descoberta sobre o Apófis.

Esta rocha de 400 metros que passará muito perto da Terra em várias ocasiões durante vários anos, poderá, segundo a Divisão de Ciências Planetárias da American Astronomical Society, colidir com a Terra no ano 2068.

Ilustração da rota do asteroide Apófis em direção ao planeta Terra


NASA toca com sucesso no asteroide Bennu e alcança mais um marco na exploração espacial

A evolução da tecnologia e do conhecimento sobre os asteroides, leva a que estes pedaços de rocha possam ser estudados. Além de contar a história do Universo desde há milhões de anos, estes astros podem ser importantes para descobrirmos a origem do nosso próprio planeta. Assim, numa missão carimbada com êxito, a NASA conseguiu tocar com um braço da sua sonda OSIRIS-REx no asteroide Bennu.

A agência espacial norte-americana mostrou imagens incríveis do momento em que a nave marcou o solo deste viajante do espaço.

Imagem da nave OSIRIS-REx da NASA a tocar no asteroide Bennu.


Asteroide em velocidade furiosa passará perto da Terra no final de novembro

Vem a caminho da Terra uma enorme rocha espacial que nos visitará no final de novembro. Este veloz e furioso asteroide, 2000 WO107 tem estado debaixo de olho da NASA.

O asteroide passará próximo do nosso planeta e, se nada perturbar a sua rota, será mais uma visita.

Imagem do asteroide 2000 WO107 que está a ser vigiado pela NASA a caminho da Terra


Asteroide 2011 ES4 passará amanhã mais perto da Terra do que a distância da Terra à Lua

O asteroide 2011 ES4 é uma rocha da classe Apolo, um NEO. Apesar disso, é uma rocha pequena, tem cerca de 25 metros de diâmetro. Foi descoberto no dia 2 de março de 2011, quando passou a cerca de 0.054 AU. Isto é, voou a cerca de 8.100.000 km da Terra. O asteroide tem um arco de observação curto de 4 dias e não é visto desde março de 2011. Por isso, esta rocha espacial tem uma órbita que ainda não é totalmente conhecida. Espera-se que passe dentro da órbita da Lua, possivelmente tão perto como 0,19 distâncias lunares.

Apesar de não se saber onde está, sabe-se que esta rocha espacial completa uma órbita ao redor do Sol a cada 416 dias.

Ilustração asteroide a caminho da Terra


NASA: Asteroide voa em direção à Terra, vem pelas eleições nos EUA

A comunicação social norte-americana está a dar um foco grande a um pequeno asteroide que passará pelo nosso planeta na altura das eleições no país. Uma espécie de “um mal nunca vem só”. Contudo, o 2018 VP1 passará perto, mas não tão perto para “visitar” os humanos.

Apesar de ser uma pequena rocha de apenas 2 metros de diâmetro, este astro foi classificado como perigoso. Será que tem hipóteses de explodir na nossa atmosfera?

Ilustração de asteroide quem vem em direção à Terra