Quantcast
PplWare Mobile

Tags: Asteróide

Como desviar um asteroide de embater na Terra! Acompanhe o direto

De acordo com informações, no mundo existem mais de 600 mil asteroides no novo sistema solar. Destes, 20 mil estão próximos da terra e 800 estão mesmo na lista de risco da Agência Europeia.

Será possível desviar um asteroide de embater na Terra? Venha conhecer o projeto Hera.


Segunda-feira a NASA traz para casa um pedaço do asteroide Bennu

Ano passado, a nave espacial da NASA, OSIRIS-REx tocou no asteroide Bennu. Foi a primeira nave da agência espacial norte-americana a fazê-lo. Entre vários desafios, o maior foi recolher um pedaço da rocha.

Esta semana, o OSIRIS-REx começará a sua jornada de volta à Terra. A NASA irá transmitir ao vivo o evento.

Ilustração da nave OSIRIS-REx a sair do asteroide Bennu.


Pela primeira vez mapeou-se o caminho do asteroide que caiu na Terra em 2018

Em 2018, caiu na Terra uma rocha que fez uma viagem de 22 milhões de anos até explodir no Botsuana. O percurso de voo do asteroide Kalahari, de seis toneladas, foi o primeiro a ser conseguido rastrear desde a explosão no nosso planeta até à sua origem do sistema solar.

Este asteroide apenas foi detetado algumas horas antes deste ter explodido na atmosfera terrestre.

Imagem do asteroide que caiu na Terra e que veio de Vesta, após viajar 22 milhões de km


Descoberta água e matéria orgânica num asteroide pela primeira vez

Conforme é várias vezes dito pelos cientistas, descobrir o que há para além de nós pode dar pertinentes indicações daquilo que trouxe a Terra a ser como a conhecemos. Além disso, explorar o espaço pode permitir que se descubra vida noutros planetas ou objetos.

Pela primeira vez e de forma chocante, cientistas encontraram água e material orgânico num asteroide.

Asteroide Itokawa


Vem a caminho da Terra o mais rápido asteroide conhecido, viaja a 123.887 km/h

O 2001 FO32 é um pequeno asteroide cuja órbita cruza a órbita da Terra. A NASA classificou o 2001 FO32 como um “Asteroide Potencialmente Perigoso” devido à sua passagem próxima pelo nosso planeta. Contudo, esta rocha tem outra característica que o torna interessante. Este viajante do espaço vai passar na nossa vizinhança a uma velocidade de 123.887 km/h.

Tem um tamanho considerável, cerca de 1 quilómetro de diâmetro, e está a caminho do nosso planeta.

Ilustração do asteroide que passará pela Terra