Quantcast
PplWare Mobile

Tags: Artemis

Lua: Orbitador Lunar Reconnaissance da NASA revisitou o local de aterragem da Apollo 11

A NASA prepara afincadamente a missão Artemis. Depois de muita especulação e espera, a agência espacial finalmente revelou uma janela para o lançamento da Artemis 1, a primeira parte da grande missão que pretende enviar humanos novamente para a Lua. A revelação foi feita no passado dia 20 de julho, 53 anos depois de Neil Armstrong e os seus colegas, na missão Apollo 11, terem pousado no satélite natural da Terra.

Nesta comemoração, o orbitador Lunar Reconnaissance revisitou o local de aterragem da Apollo 11.

Imagem da nave Apollo 11 da NASA que aterrou na Lua há 53 anos


Alguma água da Lua pode ter vindo da atmosfera da Terra

A Lua tem água e já várias agências espaciais descobriram indícios dessa realidade. Um relatório publicado no início deste ano, referiu que a sonda chinesa Chang’e-5 alegadamente encontrou água lunar. As regiões polares da Lua poderão conter até 3.500 quilómetros cúbicos de água líquida subsuperficial.

Uma das questões levantadas é a proveniência da água e sabe-se que nem toda a água da Lua vem da sua própria superfície. Alguma desta água terá sido captada a partir da atmosfera da Terra.

Ilustração da futura base lunar onde a água será muito importante


NASA enviará corpos artificiais para a Lua para estudar os riscos da radiação

Conforme foram descobrindo ao longo das várias missões, as idas ao espaço não têm um impacto positivo na saúde física dos astronautas. Por essa razão, a NASA está a enviar corpos artificiais femininos para a Lua.

Neste caso, o objetivo passa por estudar os riscos da radiação.

Helga, um dos corpos a ser enviado pela NASA para testar a radiação espacial no corpo feminino


NASA quer tornar o espaço mais acessível a todos

Chegar ao espaço, seja fisicamente, seja através de trabalho em Terra para criar estruturas para o atingir, são cenários que requerem um elevado investimento tanto pessoal quanto monetário, afastando desde logo uma elevada potencial força de trabalho na área. A NASA, que é a grande referência nesta temática, pretende, no entanto, tornar o espaço mais acessível a todos, diminuindo as desigualdades e aumentando as oportunidades.

Esta ideia faz parte do Plano de Ação de Equidade da agência espacial.

NASA quer tornar o espaço mais acessível a todos


Elon Musk já tem nova data para irmos a Marte e NASA já testa nave para ir à Lua

Se há alguém entusiasmado por ir a Marte, esse alguém é Elon Musk, o CEO da Tesla e SpaceX. Na verdade, em 2016, o multibilionário vaticinou a data de 2024 para visitar o planeta vermelho. Mais tarde voltou a corrigir as expectativas e apontou o ano de 2026 como sendo o momento em que os seres humanos iriam pisar solo marciano. Contudo, as coisas não estão a correr de feição e, numa resposta a um seguidor, Musk avançou com uma nova data para a humanidade pisar Marte.

A NASA tem o projeto Artemis já numa nova etapa e prepara já a nave para levantar voo. Venha connosco que contamos tudo!

Imagem da Terra, Lua e Marte. O sonho de Elon Musk e da NASA