Quantcast
PplWare Mobile

Tags: alemanha

Giga Berlim: Tesla abre as portas da sua primeira fábrica na Europa no dia 9 de outubro

A Tesla em 2019 escolheu a Alemanha para ser o país anfitrião da sua primeira unidade Gigafactory na Europa. A empresa expressou na altura o objetivo de produzir carros elétricos mais baratos e isentos de impostos para clientes do velho continente. Contudo, o processo de escolha do terreno, a construção da fábrica e toda a burocracia envolvida gerou em vários momentos de alguns problemas que foram ultrapassados.

Assim, após dois anos, a Tesla abre as portas da sua primeira fábrica na Europa no dia 9 de outubro.

Imagem Giga Berlim da Tesla


Tesla vai instalar uma fábrica de baterias na Alemanha

A Europa recebeu uma Gigafactory da Tesla, pelas portas da Alemanha. Aparentemente, não será a única infraestrutura alemã associada à fabricante de Elon Musk, na medida em que esta pretende construir uma outra de baterias, através de um investimento que se prevê de 5 mil milhões de euros.

Então, a Alemanha vai receber a maior fábrica de baterias do mundo.

Baterias Tesla


Alemanha investe €500 milhões para melhorar infraestruturas de carregamento

Para que o uso de carros elétricos em massa seja, efetivamente, uma opção viável, é necessário garantir que a infraestrutura de carregamento disponível dá resposta aos condutores. Nesse sentido, a Alemanha investirá 500 milhões de euros para melhorar a sua rede de carregamento pública.

Este investimento permitirá que a rede seja aumentada em 50.000 pontos.

Ponto de carregamento para carros elétricos


Regulador da concorrência da Alemanha levanta processo antitrust à Apple

O regulador alemão para a concorrência, Bundeskartellamt (Federal Cartel Office), levantou um processo antitrust contra a Apple. O foco principal está na App Store, mas a entidade da concorrência também está a examinar o impacto mais amplo do ecossistema da Apple, como as aplicações pré-instaladas e o tratamento de serviços que competem com a Apple (como o Spotify).

A Apple é o quarto gigante da tecnologia a ser investigado desde que uma nova lei antitrust entrou em vigor em janeiro.

Ilustração Apple Alemanha processo antitrust


WhatsApp: Facebook proibido de usar os dados dos utilizadores na Alemanha

Com o dia 15 de maio a chegar, é hora dos utilizadores do WhatsApp decidirem o que querem fazer. Podem aceitar as novas regras ou simplesmente deixa o serviço ficar num estado em que perde a sua usabilidade.

Esta é a mais recente postura do Facebook para esta mudança, que agora encontra uma oposição forte. Na Alemanha, uma nova decisão apresentada proíbe o Facebook de usar os dados recolhidos dos utilizadores do WhatsApp.

WhatsApp Facebook Alemanha dados termos