PplWare Mobile

Huawei Mate 30 não tem um único componente de empresas norte-americanas!


Fonte: The Wall Street Journal

Autor: Eduardo Mota


  1. Jota says:

    Chora agora Trump!

    • NUNO says:

      Quando a Huawei lançar o seu próprio OS e as empresas americanas de tecnologia afundar em na bolsa ele vai mesmo chorar.

      • PXO says:

        Aconselho vivamente que até compres, não sei é se não vais ter que fazer o teu registo facial, como o governo Chinês obriga para o puderes utilizar. Também deve ser muito fixe utilizar somente as app autorizadas pelo mesmo governo, já que as ocidentais não as vais poder instalar. Caso não saibas as principais apps atualmente em uso no mundo ocidental Facebook, YouTube, WatsApp etc, só para citar algumas na China são proibidas.

        • luis corte says:

          O governo chines faz isso que refere para os seus cidadãos nunca o fez para fora, ou os telemoveis chineses obrigam a isso? ou o teu secador traz um chip de localização? eles para fora da china querem é vender e fazem as coisas como nós pedimos.

          • PXO says:

            Tens a certeza que fazem o que nós queremos? Ainda está semana várias notícias afirmam que muitos brinquedos e outros produtos fabricados na China com o selo CE vêm são produzidos com produtos altamente cancerígenos, tal e qual como todos nós queremos é claro. É já agora viva a ditadura e a falta de liberdade de expressão, desde que seja com os outros, porque o que interessa é ter um produto apoiado e controlado por esse governo, desde que seja um bocado mais barato o resto não interessa.

        • RPG says:

          O governo chinês, como qualquer outro, tem autoridade no seu país. Qualquer marca chinesa a operar fora da China tem de seguir as leis locais de cada país.. o mesmo acontece com qualquer marca que queira operar na China, tem de seguir a lei chinesa. O objetivo da Huawei é vender, tal como de qualquer empresa. Consequentemente, é de todo o interesse deles seguir as leis locais de cada país e não entrar em guerrinhas à americana e tentar impor os seus ideias absolutos e inquestionáveis. Os chineses fazem o que o cliente pede e precisa, estáo-se bem a borrifar o que fazes com o produto ou como o usas na tua terra.

          • PXO says:

            Achas que sim? Para ficares a saber um pouco do que aí vem e das ideias do governo Chinês deixo este artigo, que a mim demonstra o quanto devemos ficar preocupados e de pé atrás com a huawei https://eco.sapo.pt/opiniao/a-china-a-huawei-e-a-soberania-nacional/

          • RPG says:

            “Juntas, elas determinam o acesso integral do governo chinês a todos os dados de todas as empresas que operem dentro das suas fronteiras.” Que parte não entendes?
            Qualquer das formas, o real problema poderá eventualmente estar na “infraestrutura de telecomunicações” e não nos telemoveis, mas só quem não entende nada do assunto poderá afirmar que um router ou switch ou outro equipamente na infraestrutura de uma network, estará a enviar dados para o governo chinês, ou que estes terão acesso a esse equipamento remotamente lol.. apenas uma lastimável configuração dos mesmos permitiria tal coisa. O que aí vem ou deixa de vir ninguém sabe, mas a realidade dos últimos 2 anos é que há uma campanha de propaganda americana anti-china. Os equipamente da Huawei fazem parte das infraestruturas de muitos países há uns 10 anos.. lembraram-se agora ? LOL.. Pois.. normal.. acordaram para o facto que estão a ficar para trás contra um país em desenvolvimento (o que é perfeitamente natural), e para o qual contribuíram nos últimos 20 anos. Apenas estão a colher o que semearam.. e se não fosse a China, seria uma Índia ou outro país. Não defendo 90% das políticas da China, mas esse tipo de argumentos contra a Huawei/China nada fundamentados, são só de rir.. e prova disso tem sido o voltar atrás constante das medidas do Trump, e as quais serão removidas por completo brevemente. Quem acredita nessa propaganda sem sequer verificar sources e veracidade do que se diz.. deixa-se lavar com uma facilidade que mete dó.

        • Pedro says:

          A ditadura chinesa será assim tão má?
          Sim foi horrível assistir hs uns anos as salas da morte chinesas onde crianças são deixadas ao acaso por casais com mais de 1 filho.
          Sim é horrível pensar que hj a exploração laboral e salários tão baixos, mas essa exploração laboral esta longe se ser o que se passa nas grandes potências tecnologicas locais, huawei, até, vivo, Oppo e tlc crescem a um ritmo fascinante oferecendo condições incríveis aos seus funcionários, são cidades indústrias com tudo o que os trabalhadores necessitam.
          1 milhao de novos ricos por ano!
          Corrupcao? Descia 100mil euros para teu benefício e és executado publicamente, demasiado duros? Talvez, mas há um crescimento enorme, um potencial incrível tecnológico.
          Talvez um pouco de ditadura não fizesse mal ao nosso Portugal, num país democrata em que os favorecidos são sempre os mesmos

          • Miguel says:

            A Ferreira Leite também dizia para suspender a democracia. O problema é que Portugal nunca foi verdadeiramente democrata, desde a Constituição de 1976 que vivemos numa democracia camuflada, com tiques de Socialismo (a própria constituição é tendencialmente Socialista) e a constante saudade do paternalismo de Salazar. Quando os portugueses emigram para países liberais e democratas (Luxemburgo, Suíça, Canadá, etc) geram riqueza…. Pois, China é muito bom, mas só passa cá para fora o que eles querem…

    • Nuno says:

      “Chora agora trump”
      Sera que o CFO da huawei tambem nao chorou quando foi preso por tácticas de espionagem?

  2. PXO says:

    O título desta notícia é mentira como se pode ver em outras publicações semelhantes, continua com componentes de empresas americanas, não são é fabricados nos EUA, o que é bem diferente. Por isso o mesmo deveria ser que não conta com componentes fabricados nos EUA e não de empresas Americanas.

  3. ToFerreira says:

    Esta birra de Trump é o seu pior. Apregoavam a terceira guerra mundial se ele chegasse ao poder, na altura não compreendi que seria esta guerra comercial.

    • PXO says:

      Não concordo com o Trump em muitas das coisas que faz e diz, o gajo pára mim é um bronco. Contudo está a fazer algo que já devia ter sido feito, parar a China. Esta guerra comercial é mais do que isso, em meu entender é um conflito entre a democracia e a ditadura e ao comprar-mos produtos Chineses estamos a apoiar essa ditadura, a repressão sobre o povo Chinês(não confundir o povo com o governo, pois estes não têm liberdade de expressão) e tudo o que fazem contra o povo do Tibete, Urigue e demais minorias.

      • Jorge Carvalho says:

        Exacto , ver comentários aqui a comparar uma democracia com vários partidos e alternância de poder com uma ditadura de apenas um partido político e com os métodos conhecidos só pode ser ignorância.

        Abc

      • Miguel says:

        Pois, mas ele não pára a China. A China só cresceu durante estes anos todos devido à liberdade das empresas norte americanas de produzirem lá em nome do lucro. Os USA tem um consumo desenfreado, alimentando os lucros da China. Mais uma vez, USA provoca o estrago e quer culpar os outros…

    • Nuno says:

      “Birra do trump”
      Sera que o CFO da huawei tambem nao fez birra quando foi preso por tácticas de espionagem?

  4. iSad says:

    Trump turkey for xmas. Se a justiça Americana funcionar essa figura vai a vida nos próximos dias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.