Quantcast
PplWare Mobile

Musk planeia despedir metade dos funcionários do Twitter para cortar custos

                                    
                                

Autor: Vítor M.


  1. PT says:

    Todos os que não estejam dispostos a dormir na empresa podem ir andando. Medonho, alguém que diga a este “senhor” para ter vergonha na cara !!!

    • João Ferreira says:

      Vergonha? O Twitter dobrou o numero de empregados de 2019 e 2022 e os lucros foram 0! Aquela plataforma não precisa de tantos empregados. Se funcionou com menos de 2 mil empregados até 2019 e até tinha mais features vai conseguir viver sem os empregados que tem.

  2. roberto says:

    A censura tinha um custo eram precisos muitos .
    É limpar tudo e começar de novo.

  3. z-life says:

    Será que o twitter era como a função píplica em portugal? Metade dos funcionários chegavam bem?

    • Carlos Fernandes says:

      Médicos, enfermeiros, polícias, militares e professores estão a mais em Portugal?

      • Ifm says:

        Policiais chega e sobra, basta entrar numa esquadra perto de si.
        Parece a sala de convívio da escola na hora do recreio.
        Precisas de alguma coisa, primeiro que mechas uma perna….
        Há e nunca é com eles, nem podem fazer nada… etc

        Metade nas ruas a patrulhar e a ir fardados para casa, resolvia metade dos problemas

        • Há cada gajo says:

          Não sejas injusto para quem tenta fazer o melhor que pode e o que lhes deixam fazer. PAtrulhar as ruas ? E carros, onde tens ? E autoridade ?? Quem lhes tirou toda a autoridade quando hoje qualquer artolas levanta a mão a um policia ? Estás muito enganado sobre a policia que tens. Dá-te por feliz. O problema dos que estão a mais na função publica, está nos quadros de pessoal dos municípios…. Aí sim, é um fartote. De resto, todos fazem falta. Mas tambem é certo que em determinados locais se não for o municipio a dar emprego, não tens economia local.

        • Américo Mendes says:

          Repara que na UE até nem estamos mal, com menos de 15% da população serem funconários públicos. O problma será talvez a eficiência e tb o facto de sermos o país com mais mais idoso (% do total), os 15% do total não abona a favor da mesma (eficiência).

          Fonte: Eurostat

      • papagaio says:

        ..politicos corruptos..estão,e deve ser uma bela percentagem

      • z-life says:

        Se trabalhassem 8 horas por dia a “trabalhar” como no privado diria que sim, há gente a mais.

        • z-life says:

          Mas o problema não são os polícias (tirando os municipais que não servem para nada), medicos, professores, etc….
          O problema é mesmo a sem vergonhice que se passa nas câmaras municipais.

          • Z-life says:

            Acrescentar a proteção civil, outro antro survedor de dinheiro que é uma inutilidade albergadora de tachos.

          • Há cada gajo says:

            Exato, mas…há sempre o mas. Em alguns municipios é o unico empregador. E isso é dramático para as populações locais em termos económicos. É um ciclo vicioso dificil de reverter. O municipio não investe, claro está, no setor secundário.

        • PTO says:

          No privado? Ah ah ah ah, deixa-me rir!

          Eu trabalho no privado há quase 40 anos e deixa-me dizer-te (porque pelos vistos não sabes) que se há sítio onde há calões e incompetentes é no privado.

          E não. a esmagadora maioria não é despedida pois estão no quadro como efetivos e a legislação laboral protege-os de serem despedidos a não ser que façam cagada das grandes, mas eles são inteligentes o suficiente para fazer o mínimo dos mínimos para isso não acontecer.

          Enfim… Não percebes nada do que vens para aqui debitar, é só conversa de mesa de café, mais nada.

          • Z-life says:

            Nós sabemos que és funcionário público, deixa lá o mimimi

            Sabes, é que as empresas para sobreviverem necessitam de uma coisa…..deixa lá ver se me lembro..hummm…..é isso, lucro, que segundo a tua teoria se consegue a pagar salários a quem não faz nada.
            Na PT/Altice foi uma limpeza assim que ficou privatizada 😉

          • PTO says:

            Nunca na vida fui funcionário público, meu caro., estás redondamente enganado.

            És pouco esperto, não és? Ninguém disse que no privado são TODOS mandriões, que é o cenário que estás a alegar que foi dito.

            Quem dá lucro às empresas são os restantes colaboradores que trabalham muitas vezes mais do que aquilo que deviam e acabam por tapar os “buracos” dos mandriões.

            Por isso sim, repito, o sítio onde há mais mandriões é no privado e a esmagadora maioria nunca é (nem será) despedida. Vejo-os e lido com vários todos os dias (hoje foi mais um desses dias).

    • PTO says:

      Que observação ignorante!
      Enfim…

  4. Luís Costa says:

    Ai jajus que vai ser um tal eles a chorar por aqui

  5. Alejandro says:

    É por essas e por outras, que não vale a pena (vestir a camisola) por empresa nenhuma. Pessoas que hoje dormem no chão, vão receber um simples email a dizer que o sacrifício pessoal que fizeram, não lhes adiantou de nada. Por isso empresa nenhuma merece esse tipo de sacrifício pessoal. E eu até admirava o Musk, pelas proezas da Tesla e da Space x.

  6. Art says:

    Expulsou grande parte da equipa executiva …pois , mas só um dos expulsos levou para casa 100 milhões….assim até eu gostava de ser expulso

  7. João Melo says:

    Acho muito bem…
    Tem que ser eliminada a maquina da ditadura lá implementada..

  8. Secadegas says:

    É importante fazer lucro rapidamente e vender o máximo de contas premium.
    Mais uma plataforma que vai morrer…

  9. Joao says:

    Grande Musk é preciso limpar os esquerdistas

  10. ta a chover na rua says:

    …como qualquer empresário ao adquirir uma empresa quer rentabilizar ao máximo e por vezes isso implica eliminar alguns pesos mortos; e não so….

  11. secalharya says:

    E ainda dão trela a este DITADOR.

    Quando mais cedo ele for para Marte, melhor. Não faz cá falta.

  12. PTO says:

    “Agora, a aquisição da Musk acrescentou milhares de milhões de dólares em dívidas ao balanço da empresa, o que tornará o problema ainda mais urgente. Para financiar o negócio, Musk contraiu empréstimos no valor de 13 mil milhões de dólares contra a própria empresa.

    Como notado pela DealBook, isso eleva os pagamentos de juros anuais da empresa para cerca de mil milhões de dólares – mais do que os lucros totais do Twitter para 2021. Se havia um caminho para a rentabilidade antes da aquisição, esse caminho é agora muito, muito mais íngreme.”

    Excelente! Grande visão empresária! E ainda há quem lhe chame génio.

    • Z-life says:

      Renni…..o sabor fica ao teu gosto 😉

    • Filipe Rocha says:

      Que ele comprou o Twitter para censurar e manipular aquilo que lhe apetece já todos sabemos.

      Um Hipócrita que finge ser um Tony Stark mas não poderia estar mais longe, nunca será um modelo de negócio rentável, é contra o apoios estatais e segurança social mas para impulsionar a Tesla com injeções estatais já foi aceitável.

      • z-life says:

        Então quer dizer que fica tudo igual, só muda o censurador e os critérios.

        Olha, pede um ali ao PTO, pode ser que ele ainda não os tenha tomado todos.

        • PTO says:

          Tu realmente és uma espécie rara de im(/%il, é que nem sequer consegues argumentar o assunto em discussão, só consegues mandar umas bocas imaturas e completamente sem nexo.

  13. Ca says:

    Se estupidez pagasse imposto Portugal era o país mais evoluído economicamente no mundo inteiro… Comentários absurdos, a demonstrar o nível cultural que temos, infelizmente, no país. Nada a acrescentar senão babuzeira e conversa de baixo nível. Peço desculpa às poucas exceções.

  14. z-life says:

    É só já malta com medo de perder a liberdade de poder esquerdalhar á vontade ….Lol

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.