Quantcast
PplWare Mobile

Volkswagen acredita que a Tesla está a enfraquecer e que é capaz de a ultrapassar

                                    
                                

Autor: Ana Sofia Neto


  1. naodigo says:

    Mas para isso tem de fazer as seguintes alteracões
    – fazer um restyling no ID3 e ID4
    – Alterar os botões capacitivos do volante e portas para os “normais”
    – trazer de volta botões importantes como o AC
    – Melhorar o software do LCD central
    – Melhorar a autonomia
    – Melhorar a gestão dos posto de carregamentos disponiveis

  2. J. says:

    era expectável, apenas pecou pela demora …

  3. eu says:

    Completamente normal.
    O Musk com a sua obsessão contra o teletrabalho e outros assuntos que não deviam de ser a sua prioridade, vai ser comido.
    Temos de agradecer ao Musk por inpulsionar o mercado para os eletrícos, agora pode-se afastar e deixar quem percebe de carros fazer os verdadeiros eletrícos do futuro 🙂
    Lá porque foi o “pioneiro” (não totalmente verdade) não quer dizer que a ideia fique com ele.

  4. MCakaZim says:

    Trinity só está a espera do Neo

  5. Toni says:

    A VW vai ultrapassar a Tesla quando lançar um carro em 2025 que poderá quase tão bom como os carros que a Tesla já lançou há 10 anos ou mais. E até lá a Tesla vai ficar sentadinha sem mexer uma palha. Incrível.

    • secalharya says:

      Já existem melhores carros que os Teslas há vários anos.

      A Tesla tem andado a dormir e os seus carros estão cada vez mais desatualizados.

      • Vítor M. says:

        Há coisas que não podem dizer, uma delas é que não são os carros como melhor autopilot, porque são. Outra é o seu sistema de carregamentos, não há melhor no mundo. Por último, são carros que se atualizam periodicamente, O que fazem deles um excelente compromisso para quem gosta de ter um carro com tecnologia de última geração.

        Claro, são de fraco fabrico, com muitos defeitos, materiais de fraca qualidade, assistência técnica rudimentar, mas esses pontos fazem parte do amadurecimento da marca. Agora, está cada vez a ter mais concorrência e isso poderá ofuscar a marca e ela perder interesse. Sem um suporte poderoso por trás, que não tem, pode efetivamente ser uma marca a prazo. Basta para isso os poderosos grupos, como a VW, o PSA, a Mercedes, BMW, Toyota e mais uns quantos, colocarem no mercado elétricos mais baratos, com melhores materiais e com tecnologia de assistência à condução a ombrear com a Tesla. Aí a marca americana passa a ser irrelevante, pois não tem o mercado como as outras marcas têm. Mas… o mercado pode mexer muito, vamos ver. Uma coisa é certa, a abertura dos seus carregadores a outras marcas… é um sinal!!!

        • Hugo Sousa says:

          … Não quero ser desmancha prazeres… Mas essa coisa da fraca qualidade já começa a ter barbas… Quando o próprio Munroe já o disse várias vezes até os Rolls-Royce têm problemas…
          Mas um pouco de realidade é sempre bom conhecer…

          https://www.pmtxlaw.com/top-2021-recalled-cars/

          Claro que tinta é bem mais importante que a segurança da minha família…
          https://cleantechnica.com/2019/06/26/why-tesla-model-3-is-the-safest-car-on-the-planet-video/

          • Vítor M. says:

            Muito fraco mesmo. Aliás, há mesmo muitas queixas.

          • Hugo Sousa says:

            Sim…. Sim… Mesmo muito fraco… Como se pode ver existem mesmo muitos num universo de entregas de 4 anos de mais de 2 milhões de carros veja lá quantas queixas existem…

            https://www.google.com/url?sa=t&source=web&rct=j&url=https://mobile.twitter.com/teslacomplaints&ved=2ahUKEwiRyPbS1dn4AhUtzoUKHVX-DNMQjjh6BAgsEAE&usg=AOvVaw3yRpIxbVB5sDlreGIgS-uJ

          • Vítor M. says:

            Repara, os carros Tesla não são conhecidos por terem bom fabrico, que não têm, longe disso. Nem de terem boa assistência. Mas não é nada anormal, até porque o foco sempre foi o fazer um carro elétrico. Fazer um carro com tecnologia de assistência ao condutor com maior nível de automação. Os problemas de construção serão agora menores com o Model Y e Model S Plaid, é normal, carros mais modernos com métodos mais apurados.

            Mas se seguires alguns fóruns e grupos de proprietários de Teslas percebemos que há problemas infantis, no que toca à qualidade. Estamos a falar em carros de 100 mil euros e mais, que têm faróis que metem água, borrachas que não são bem colocadas, portas todas desalinhadas, pintura casca de laranja, erros aleatórios no sistema que impede o uso do veículo, puxador da porta que não funciona e não sai para se abrir a porta, ar condicionado que não funciona, pintura já com riscos nos carros acabados descair do stand, plásticos que saltam do nada, peças do interior do retrovisor que caem, etc etc etc

            Estava a ler algumas queixas recorrentes e recentes de um fórum. Estamos a falar de problemas nos modelos acima de 100 mil euros.

            Mas é normal, tende a melhorar o fabrico.

            Depois tens muitos defeitos também destes nos modelos mais baratos. Defeitos que são em carros que custam mais de 50 mil euros.

            Mas penso que já foi pior é que tende a melhorar. Mas que continuam a ter qualidade fraca em comparação com outros carros do mesmo preço, isso não há dúvidas.

          • Hugo Sousa says:

            Como se pode ver no mercado dos Estados Unidos é bem claro os clientes mais satisfeitos com os seus carros… A Tesla está do lado errado como é óbvio é ocupa os piores lugares nos primeiros 5… Haaa… Espera….

            https://images.app.goo.gl/YCXpSy6dpWxgg3Cz9

            ….

          • Hugo Sousa says:

            Já agora mesmo as coisas que acontecem… Quem é que tem o serviço de manutenção/reparação “in loco” e não estou a falar de assistência em viagem…

            https://www.reddit.com/r/TeslaLounge/comments/uceprk/tesla_service_mobile_ranger_vs_panel_gap_a_review/

            Como é óbvio este serviço não é tão bom que a BMW ou a Mercedes…. Ahhh
            .. Espera… Estes apenas têm assistência em viagem… Se quer alguma coisa há que ficar sem o carro uns dias….

          • Vítor M. says:

            Olha que não. Eu até quando levo o meu para as revisões, tenho um de cortesia 😉 e a qualidade de um Mercedes ou Audi, ao bmw ou até de um VW de 50 mil euros nem se compara é muito, mas muito melhor que a de um Tesla. E o mercado já está a mostrar isso. Vamos ver marcas como a Peugeot, Hyundai, Renault, entre outras a vender muito mais que a Tesla. Vão oferecer melhor preço pelo elétrico. Maus qualidade no fabrico e com sistemas de assistência à condução muito bons e que terão uma autonomia a ombrear com a Tesla.

            Aliás, já vemos nas vendas de elétricos em Portugal. O grande mercado da Tesla, o empresarial, está já a olhar para outros modelos mais em conta. E sem esse mercado empresarial, a marca fica em dificuldades.

            Falas em vendas, pois de facto a Tesla vendeu muito porque era novidade, tinha tecnologias que prometiam uma condução autónoma… mas com a chegada da concorrência, com outros valores e com uma oferta alargado, a Tesla tem de oferecer muito mais. É aí que vamos ver como vai lutar no meio da oferta concorrente.

            Relembrar que já perdeu a liderança de vendas nalguns países muito importantes na transição.

      • Miguel says:

        Eu gosto mais de carros que não actualizam

      • Hugo Sousa says:

        A Tesla tem andado a dormir??
        Ora foi a CATL ou LGQEM ou a Panasonic que criaram uma nova bateria….. Há espera… Tantos anos… E nunca revolucionaram a SUA Área de negócios….
        Há espera já sei criaram a power wall…. Há não tb não foi isso… Há foi a Mega Pack que literalmente baixou em 10x o preço da energia numa comunidade da Austrália…. Há espera também não foi isso… Há já sei foi criarem a primeira rede energética virtual… Não… Tb não foi isso… Já sei… Já sei criaram os carregadores mais fiáveis e rápidos para os EVs com mais de 35000 postos (com uma média de 6 carregadores cada)… Há não… Também não foi a isso…
        Já sei de certeza que foram eles que criaram os BMS que a VW usa e a BMW… Nop… Tb não.. Bem não faço ideia quem inventou isso tudo… Há foi a Bosh que criou o motor eléctrico mais rápido do mundo e o mais eficiente… Há… Espera também não foram eles…
        A minha memória já não é a mesma…. :p

      • Hugo Sousa says:

        Exacto…
        O sr deve ter uma empresa de testes que já fez imensos testes a muitos modelos….

        Pois deve ser…

        https://cleantechnica.com/2019/06/26/why-tesla-model-3-is-the-safest-car-on-the-planet-video/

  6. Há cada gajo says:

    Normal. Um fabrica automóveis, o outro fabrica brinquedos a pilhas.

  7. tomazturbano says:

    Kkkkkkkkkkkkkkkk kkkkkkkkkkkkkkkk LOL

  8. George M says:

    Este chamo tem medo de ser demitido. Não faz sentido, mais fábricas significa milhões de unidades a mais do que a VW pode construir. Ele até disse …VW é 3 vezes mais lento e 3 vezes menos lucrativo. É NOKIA para os alemães mais uma vez de um disruptor dos EUA.

  9. George M says:

    Este homen / não pôde construir

  10. Dani Silva says:

    Sonhar não paga imposto…
    Alguém da administração da VW disse há relativamente pouco tempo que disse que a Tesla estava 10 anos à frente da concorrência, e eu concordo com essa afirmação.

    Até agora, a única marca que fez um eléctrico que é realmente melhor que um Tesla foi a Mercedes-Benz (EQS), mas tem um preço proibitivo…

  11. Hugo Sousa says:

    @Vitor M…
    Eu até percebo que vocês precisam de pagar contas… Mas isso não muda os factos…
    As baterias de todas as marcas aí da nem ao nível da Tesla de 2018 estão… Sugiro informar-se junto ao canal Munroe… Este pelo menos sabe o que diz e já vai no 6 Tesla que conprou… É nada de compromisso com a marca…

    Com duas das maiores fábricas da indústria a começar e novas tecnologias próprias à implementar acha mesmo que os outros têm alguma chance… Sim têm na gama baixa…
    De resto quem realmente precisa de um carro para se deslocar é ou a sua segurança, basta ver factos…

    https://cleantechnica.com/files/2022/06/World-plugin-vehicle-sales-top-models-May-2022-CleanTechnica.png

    Quanto a números… Se calhar um pouco de informação é humildade era bem vindo…

    Quanto casos.. Como já disse são poucos… Mas são falados por toda a gente várias vezes… Ambos sabemos porquê… Mas isso por muito que se fala não múltiplica os casos reais por si só… É só seguirem as várias histórias… 80% tem a mesma história única mas com “outra” luz….

    • Vítor M. says:

      Pagar contas? Ó jovem, tu estás longe da realidade, e esse argumento é de uma infantilidade que diz muito de ti.

      Os factos são os que relatei, são reais, são factos deixados pelos condutores e proprietários de Teslas dos locais de credo, de envangelização… Não é invenção, nem são esses dados de sites, muitas vezes truncados e produzidos pela frustração (e por agentes que ganham com as vendas dos Teslas e das reparações) que vais limpar os testemunhos dessas pessoas.

      São alguns clientes mais realistas que dizem mesmo (e eu testei TODOS os teslas, até ao Y e Plaid). A primeira vez que conduzi um Model S foi em 2014 e mais tarde, conduzir o Model X, um novo Model S, o Model 3, mas o que vi não faz de mim um utilizador que pode atestar todos os problemas ou virtudes, porque não é o meu carro do dia a dia.

      As pessoas dizem mesmo que são carros com materiais fracos, cheios de barulhos e deixo-te aqui o texto de um utilizador de um Tesla a contrariar outro proprietário Tesla (também como tu, que se engana com dados à medida e que se ofende com tudo que se fala sobre os Tesla, que não seja como diz a “igreja”) em relação a um artigo num site dedicado ao mercado automóvel sobre a qualidade dos Tesla:

      […]não vejo nada que seja destrutivo, é apenas uma opinião divergente.
      E realmente de que serve a potência nos tesla se os temos de conduzir como uma avozinha?
      Carro curva muito mal, trava muito mal, e se apertamos com ele faz 200km de autonomia.
      Eu partilho exatamente da mesma opinião, sou uma das pessoas que pertence ao grupo dos arrependidos.
      Sei ver os pontos positivos mas também sei ver os negativos, se todos respeitarmos as opiniões e debatermos os pontos negativos e positivos as conversas não descambam para o Hate.
      Para mim a tesla não passa de um meio de transporte “económico” onde um plaid já não faz qualquer sentido comprar pelo seu preco.[…]

      E sobre este assunto, ficamos por aqui. Não é um ataque aos Tesla, é uma realidade. Tenho vários amigos com Teslas, que são os seus carros do dia a dia e sei ver as vantagens e os problemas, assim como eles referem.

      É um carro com um sistema de atualização muito bom, com software muito bom, um sistema de motores e bateria muito bom… e com um sistema de carregadores do melhor que há. E por aqui ficamos. O resto é mais fraco que um Dácia de 15 mil euros.

      • Hugo Sousa says:

        Mais uma vez… Os seus amigos sabem mais que a maioria… Parabéns… Eu não fiz qq ataque pessoal… Eu já fui Press Agent… E sei o que estou a dizer… Proponho aos seus amigos venderem… Com jeito ainda ganham dinheiro…
        O mercado sabe mais que os seus amigos… Eu conheço a tecnologia e os carros… Sabia que a Tesla não compra ao mais barato???… Mais uma vez sugiro o canal do Munroe….
        Quanto a número negue o que quiser mas não muda nem mudará os factos…
        Quanto a apertar… Veja os canais disponíveis… É só ver e identificar o mais eficiente…
        Eu não tenho medo de usar o meu nome e uso factos para demonstrar os meus comentários…
        Tanto a BMW, Mercedes e outros precisam de mais capacidade para fazer os mesmos quilómetros… Quanto a velocidade porque esses amigos não apertam com o EV6 ou o Ionic 5 ou o I6… Eles devem saber mais que entidades que o fazem todos os dias…

        Claro que os seus amigos percebem mais que pessoas que fazem a vida disso….

        https://eva-network.eu/ev-range-tests-real-world-vs-epa/

        Veja lá os Teslas no fundo da lista….

        • Vítor M. says:

          Não falei nos meus amigos como os que sabem mais, falei em testemunhos de utilizadores e muitos desses testemunhos estão presentes nos fóruns e grupos dedicados à tesla. Não os inventei. E não o ataquei, apenas respondi a um comentário infantil de tua parte.

          Os meus amigos ganham dinheiro pois. Desde que trocaram para os Tesla, ou melhor, para elétricos, em combustível ganham muitos dinheiro, mas quando forem abater o custo do carro… uiii ainda faltam uns anos bons para de facto ganharem dinheiro.

          Vou aqui deixar o que disse um “colega seu” também ele um aficionado tesla: “E realmente de que serve a potência nos tesla se os temos de conduzir como uma avozinha?
          Carro curva muito mal, trava muito mal, e se apertamos com ele faz 200km de autonomia.”

          Essa é a realidade. Claro, estende-se a outros elétricos, é um facto. Mas a Tesla está a perder até esse domínio, visto que outras marcas já oferecem carros elétricos com mais autonomia. E estamos ainda longe do mercado estar efetivamente eletrificado. Uma VW vai seguramente abafar a Tesla, uma Ford (nos EUA) vai afrouxar a Tesla, uma GM, etc etc etc… calma, os números já começam a falar. A tesla não tem andamento para ombrear com marcas europeias, como uma VW, Mercedes, BMW, Audi, Opel, Volvo, etc.. já nem vou ao mercado chinês, onde cada dia que passa a própria Tesla está a ficar apertada com a oferta da China (mas isso é outra novela mais à frente).

          Claro, não deixam de ser tudo de bom que já referi, os Tesla têm muita coisa boa, vá, 4 coisas muito boas. De resto são fracos, fracos de materiais, fracos de travões, fracos de insonorização, etc etc etc… e o preço é o que sabemos. E isso vai ser crítico nos próximos 2 anos.

          Obs. Aponte este nosso comentário para daqui a dois anos cá voltarmos para fazer um rescaldo 😉

          PS: esses teus links são apenas para ajudar a lamber as feridas. Não valem de muito porque de um dia para o outro estão a ficar (e outros já ficaram) desatualizados. É a realidade dos factos contra a ilusão dos factos.

          Por sim, eu, pessoalmente, gosto muito da tecnologia Tesla, o sistema em si. Mais nada. O resto tudo o que oferece não chega aos pés de um bom carro alemão, que conduzo há muitos anos. E apesar de andar frequentemente de elétrico, a minha preferência quando for “aquele o tal” não será um tesla, mas sim outra proposta bem mais interessante 😉 no entanto, como segundo carro, não digo que não terei um e em breve, porque adoro a tecnologia Tesla (o sistema, a assistência avançada de condução, entre outros sistemas).

          Como diz o caçador “deixa-os pousar” 😉

          • RC says:

            Se conduzem como a avozinha, isso não me parece ser problema do carro, mas sim deles. qualquer pessoa com experiência nestes carros abe que é melhor conduzir mais depressa e carregar mais vezes obter uma média de velocidade maior.

          • Vítor M. says:

            Tem a ver com o desempenho e é uma realidade, não só dos Tesla como dos elétricos em geral. Na autoestrada se deres largas à imaginação e fizeres uma condução rápida, sem ser doida, uma condução como qualquer pessoas faz numa autoestrada, as baterias têm um consumo muito maior. Um dos fatores é o aquecimento e a autonomia baixa consideravelmente. Por isso é que ele fala numa condução como uma avozinha. Mas quem o diz é ele, não eu. Eu penalizo-me no tempo que depois tenho de estar à espera nos PCRs porque faço uma condução rápida como o faço num qualquer outros dos meus carros (térmicos).

          • RC says:

            Aquecimento ? isso só se aplica ao unico modelo que não tem refrigeração, que é o Nissan Leaf.

            Claro que consome mais, claro que baixa ? mas isso é novidade nenhuma nem para qualquer outra tecnologia.

            Por isso eu ter dito, mais vale andar mais depressa e parar mais vezes, ele diz isso porque tem pouca experiência, aliás, só vindo mesmo de alguém que conduziu pouco um VE.

            Eu desde que ando de VE ando mais depressa, é mais barato, se há os que andam mais devagar, talvez por terem menos autonomia ou por economia.

          • Vítor M. says:

            Aplica-se a todos, mesmo com refrigeração, as baterias perdem autonomia com temperaturas altas e baixas, fora do intervalo “de conforto”.

            “mas isso é novidade nenhuma nem para qualquer outra tecnologia.”

            Não sei se percebi bem este português, mas ninguém falou em novidade, falei que poderia ser uma justificação para a tal condução tipo avozinha. Tu tens de ler tudo, se não nem percebes, nem ao escreveres fazes os outros perceberem.

            “Por isso eu ter dito, mais vale andar mais depressa e parar mais vezes, ele diz isso porque tem pouca experiência, aliás, só vindo mesmo de alguém que conduziu pouco um VE.”

            Não me parece que quem falou tem pouco experiência, pelo perfil dele nas redes sociais tem elétricos há vários anos. 😉 por isso,e ste teu argumentário não se aplica. Depois, andar mais depressa e parar mais vezes, depende da vida de cada pessoa, mas seguramente que a grande maioria não tem tempo para estar sempre a parar às meias horas para dar energia à bateria. Além do preço, que se paga foram de portas (a não ser um tesla com carregamento gratuito).

            A maioria dos elétricos andam mais devagar, um estilo de condução mais poupado, esse é o mote. Uns por economia, outros porque não têm tempo para estar sempre parado.

          • RC says:

            Errado, nenhuma bateria perde autonomia com temperaturas altas, isso não é verdade, nem ande a espalhar essa desinformação, eu trabalho com baterias há muitos anos e estudei para isso.

            É rigorosamente o contrário, perdem autonomia com temperaturas baixas, por isso mesmo teslas e outros carros têm gestão de temperatura, aquecem quando estão baixas para ganhar eficiência, e arrefecem quando estão com temperatura alta para preservar a degradação. Em alguns casos, os carros até aquecem a bateria acima de 40 graus para carregarem mais depressa e terem mais eficiência.

            Não entendeu, é simples, qualquer veiculo seja ele um cavalo, bicicleta, humano a pé ou a correr, carro seja ele qual for, avião e tudo mais, quando mais depressa se desloca, mais energia gasta. é física….

            Então pode deixar o link das várias intervenções dele, assim consigo saber qual o nível de experiência do moço.

            Não me venha dizer que é o moço do stand com um tesla performance,? ele próprio disse que tinha 3000 kms no carro, isto não é propriamente experiência. Já agora, não é preciso ser muito astuto para perceber que esse moço fez uma campanha de marking “diferente” para vender chaços velhos.

          • Vítor M. says:

            Só dizes asneiras. As temperaturas estão referidas nas especificações dos carros. E por isso é que as baterias têm sistemas de refrigeração. Só dizes disparates. Se não sabes o que dizes, não inventes.

            Além disso, as temperaturas nas baterias levantam vários problemas, quer muito baixas, quer demasiado altas. E quando falo em temperaturas, falo em vários aspetos, desde o desempenho até ao carregamento. Vai ao site da tesla e vê o intervalo de temperatura ideais para o funcionamento das baterias. Pelo menos faz isso, nem peço que faças mais.

            Sobre o comentário, é um dos muitos que estão públicos, num dos grupos ou fóruns. Não tem nada a ver com a empresa, é apenas um proprietário. Não gostaste das declarações dele? Ó temos pena, mas foi a realidade dos factos.

          • RC says:

            Acho que não entendeu, andar mais depressa e carregar mais vezes, menos tempo, para fazer no total menos tempo, isso é uma tecnica muito conhecida, não é preciso pensar muito o porquê.

            Um carro carrega mais depressa dos 0% aos 65%, do que dos 65 % para a frente, chega a levar mais do dobro do tempo, dos 80% para a frente.

            Qualquer carro hoje em dia carrega dos 0 % aos 65% em pouco mais de 20 minutos.

            A conta é simples, se andar a 140 kmh, um carro consome +- 40% mais do que gasta a 100 kmh.

            Se fizer uma viagem de 500 kms, um tesla model 3 LR fará pelo menos 200 kms dentro desses parametros.

            Portanto para andar 500 kms a 140 gasta 3:32 minutos, e necessita de carregar 1.5 x vezes 20 minutos.

            O que dá + 30 minutos de carga.

            Ou seja, 4:02 minutos nessa viagem.

            Se o fizer a 100 kmh, a carga total dará para 450 kms pelo menos, terá de carregar apenas uma vez durante alguns minutos, digamos uns 5 para finalizar os 50 kms que faltam.

            500 / 100 = 5 horas + 5 minutos.

            Ou seja, menos uma hora.

            Por isso eu dizer que é falta de experiência, já tenho mais de 15 anos montado neles.

          • Vítor M. says:

            “Qualquer carro hoje em dia carrega dos 0 % aos 65% em pouco mais de 20 minutos.”

            Certo, não é bem assim, mas que seja um pouco mais. Se a condução for agressiva, do ponto de vista da média, rapidamente a energia do carro se esgota, não é preciso muito, e terás de parar de novo mais 30 minutos. Numa viagem de Faro ao Porto, digamos, 600 km, se vieres a fazer uma condução agressiva o mais certo é teres de parar pelo menos umas 3 vezes esses 30 minutos. Portanto, uma viagem que demoraria 5 horas e pouco, passa a demorar 7 horas num Tesla, pelas tuas contas.

          • RC says:

            Mas onde disse para lá dos limites ?

            Quanto maior é a temperatura mais eficiente é a bateria, isso é física básica, obviamente que os fabricantes a tentam manter dentro dos limites, o que é muito simples, até porque as baterias de hoje aguentam em carga mais de 50 ºC.

            Tesla, porche, audi, e outros carros mais potentes até aquecem a bateria antes de carregar em supercarregadores ou nos rápidos da ionity.

            O tesla por exemplo quando se mete o motor ludricous, o tempo de espera que é pedido pelo carro é para aquecer a bateria a 55ºC. E ele consegue mantem essa temperatura mesmo a andar a fundo.

            Isso é um não problema, caso seja, mostre casos em que referem a bateria como problema de aquecimento, o que tenho visto é problemas de aquecimento dos motores.

          • Vítor M. says:

            The ideal Tesla battery temperature range is 60F(15.6°C) to 80F(26.7°C). The Lithium-Ion battery found in Tesla electric vehicles functions optimally within this temperature range, allowing you to travel further per charge.

          • RC says:

            Já agora mostre lá as especificações com essas temperaturas.

            Eu nunca vi em lado nenhum, apesar de saber algumas por experiência.

          • Vítor M. says:

            The ideal Tesla battery temperature range is 60F(15.6°C) to 80F(26.7°C). The Lithium-Ion battery found in Tesla electric vehicles functions optimally within this temperature range, allowing you to travel further per charge.

          • RC says:

            Leia um pouco sobre o “tesla preconcioning battery temperature” e “ludricrous mode battery temperature” fica a saber do que falo.

            Essa é a temperatura ideal para a manter na maior parte do tempo, em caso de uso intensivo podem ser usados outros limites.

            Não é apenas a tesla que usa essa técnica, muitas outras usam.

          • Vítor M. says:

            Ó, não desconverses. Lê tu mais antes de disparates disparates.

          • RC says:

            Quantos testes quer ver de 1000 kms feitos em 10 horas ?

          • Vítor M. says:

            Em pista? Não devem faltar. Mas aí é que está o ponto… a realidade é muito diferente da pista.

          • RC says:

            Mas quem falou em condução agressiva ? O que é condução agressiva numa ae ? É acelerar agressivamente e travar e voltar ao mesmo ? A energia acaba depressa ? Não entendo esses termos, alguma vez andou de carro eléctrico?

            Eu até disse a velocidade a que tem de andar, pode ter meter o cruise control e deixa de ter condução agressiva na AE.

          • Vítor M. says:

            Agressiva do ponto de vista do consumo. Mil quilómetros em 10 horas dá uma condução ou como uma avozinha, nada contra, ou em modo ridículo. Gastar à maluco e depois estar a ver TikToks enquanto o carro carrega umas quanta vezes. Nada contra também, mas é só ridículo.

          • RC says:

            Umas quantas vezes ? Não percebi.

            Mas o intuito do deste post é informar ou ridicularizar ?

            Se a for a segunda acabamos já a conversa, tenho outros locais onde posso ter conversa de adultos.

          • Vítor M. says:

            Se estás a ter argumentos infantis, então porque insistir no assunto?

          • RC says:

            Infantis ? isso são os seus, onde até usam a avozinha.

            Sejam adultos e percam o preconceito para conversar.

          • Vítor M. says:

            Até a ler tens dificuldades. Pois não fui eu que disse isso, citei um proprietário de um Tesla. Mas a interpretação não é o teu forte também está visto.

            Eu falo em alhos, tu desconversas e falas em bugalhos. Coisas de miúdos não?

          • RC says:

            Citou de onde ? eu só vi uma descrição sua ? posso ver esses comentários escritos por eles ?

            Eu falo de factos, você fala do diz que disse.

            É sempre a mesma cena, quando não conseguem provar o que dizem, vêm logo com a conversa mal interpretada.

          • Vítor M. says:

            Estás a ver? Não sabes do que se estava a falar e meteste a colher. Estavas calado em vez de dizeres disparates e aceita que há quem pensa diferente de ti 😉

          • RC says:

            Essa é a situação normal de quem tem dúvidas, faz perguntas em vez de inventar.

          • Vítor M. says:

            Mas antes de saberes do que se trata, começaste a dar exemplos sem nexo. Portanto…

          • RC says:

            Exemplos ? Eu disse como se fazer para fazer o minimo de tempo na estada, se é a isso que se refere, já que conduzirem como avozinhas para mim é o mesmo que não saberem conduzir.

        • RC says:

          Desconversar ? Não entendi.

          Se não quer pesquisar e ler , o problema não é meu. Não sou eu que vou ficar menos culto. Qualquer dono de ve sabe isso.

          • Hugo Sousa says:

            Não adianta… Este senhor tem que ganhar a vida…
            E seguir as directrizes das redes…
            Ele dá mais interesse a opiniões do que a factos…
            Tens toda a razão, as baterias gostam de temperatura (média alta) entre os 40 a 50°c
            Depende também da química… Mas a química da Tesla está muito além das outras… O Id4 está com degradação aos 30000km de 6 a 8 %… O meu Zoe está a 96% com 60000km…
            Tanto a química e formato e mesmo materiais das baterias da Tesla contribuem para o óptimo desempenho…
            Os usados que tenho visto todas as semanas que vem da Alemanha com 5 a mais anos com mais de 120 mil kms têm uma degradação de 8% em média … Já vi uns com 170 mil com 90%… Isto é mesmo impressionante… Gostava de lembrar que estás baterias podem ser vendidas a 500€/kwh actualmente…
            No último mês vendeu-se um um acidentado de 2013… E fizemos mais de 35000€… Tentem fazer com um térmico… LOL…

            Aliás a procura destas baterias da Tesla está ao rubro… Em França e no Reino Unido está a 700 e 800€/kwh para a conversão de carros clássicos… A procura é quase surreal este mercado está com tempos de espera de 2 a 3 anos…. E só querem material da Tesla… Só este facto devia significar algo… Mas apenas quem percebe é que sabe dar o valor…
            Este guia muitos Tesla e tem muito amigos com Teslas que se queixam…. Ora eu digo vendam… Vendam tudo… É não comprem… A Tesla não se importa nem nós os que entendem a área… Mais sobra para trabalhar…;p…

      • Hugo Sousa says:

        Já agora sugiro ver os carros no top 10 do Moose test… Por causa da instabilidade das curvas…

        Aqui um exemplo
        https://www.google.com/amp/s/electrek.co/2021/09/15/tesla-model-y-impresses-moose-test/amp/

        • Vítor M. says:

          Continuas a fugir ao assunto. Materiais fracos, defeitos infantis, assistência lenta e vários problemas associados sobretudo aos materiais fracos. O resto, está TOP. Claro, o tempo e a concorrência estão a colocar a Tesla no seu lugar, mas continua a ser uma das melhores marcas de elétricos da atualidade. Vai perder o posto, porque as outras marcas estão a oferecer condições melhores em relação ao preço, à qualidade dos materiais e mesmo ao software de condução autónoma nível 2 (apesar da Tesla ter um 2+). Mas até isso passa para um plano irrelevante. As pessoas querem um bom elétricos, com materiais duradouros, boa autonomia e a um preço que possam pagar sem contratempos. Por isso a Peugeot é atualmente a marca que mais vende em Portugal e na Escandinávia a VW já passou a Tesla nalguns países. Mas isso é o mercado a funcionar.

          Depois o teste do Alce… ó meu caro, quando apareceu a Tesla esse teste já estava em desuso 😉 que fará agora. Há muita coisa para além desse teste que está na ordem do dia no que toca à segurança.

          • Hugo Sousa says:

            Já agora se quiser falar de problemas a séria de qualidade… Problemas que provocam acidentes e mortes… Procure lá a Tesla nesta lista…

            https://www.pmtxlaw.com/top-2021-recalled-cars/

            Aparece bastantes vezes…

          • Vítor M. says:

            Vou novamente dizer-te que os Tesla são fracos de materiais, são bons nalgumas coisas, mas na construção sãop fracos. Isso é o pão nosso de cada dia nos fóruns, é uma marca com muitos problemas ao nível do fabrico. Mortes e afins, bom, como é sabido, o regulador americano tem vários processos a decorrer por acidentes com vítimas mortais onde o autopilot estava ligado. Portanto, sim também não é um carro que se orgulha da segurança.

  12. Hugo Sousa says:

    Eu gostava de lembrar que apenas respondi a um comentário que mais uma vez ataca a Tesla sem factos concretos… Todos têm defeitos. As quando é um Tesla e espremido até ao osso…
    Os links que envie são de 2021 e 2022… Estão desactualizados… OK… Vou tentar para a próxima um na hora…
    Vamos então a factos…
    Quantos Tesla usados tem desde 2011 e quais os problemas.. Vê se muitos nos sites de usados mesmo no maior alemão… São dos que estão em melhor estado… Como todas as semanas chegam novas remessas… E fácil comparar…
    Agora opiniões valerem mais que factos essa é nova… Mas tudo bem… É o espelho do meio onde se encontra…
    O moose teste não é válido… Para a Tesla pelos vistos para os outros é bastante válido e significativo… Só é referência de 5 sites/revistas de automóveis bem conhecidos… Mas quando é um Tesla é inválido…. Claro…
    Mas e as vendas de Maio de 2022 também são inválidas… E o teste da NTSA também é inválido entre 900 modelos testados… O o relatório de satisfação de 2021… Também é inválido…. Com 4 modelos no Top 10 do segundo maior mercado do mundo… Claro compreendo… Peço uma favor a si e aos seus amigos não comprem Tesla vendam tudo enquanto está óptimo para vender e não falem do que não sabem… Podem falar de tudo desde que apresentem factos e não opiniões…
    Algum entretimento

    https://youtu.be/9l6DPwKHWpY

  13. Hugo Sousa says:

    @ Vitor M
    Mais uma vez… Não são os materiais mas a qualidade de construção onde houve e ainda há alguns problemas… Mas os outros também têm problemas e muitos piores…

    https://www.quora.com/Is-it-true-that-the-materials-used-in-Teslas-and-the-finishes-are-really-low-quality

    Para demonstrar que o problema é na construção…

    https://electrek.co/2020/08/03/tesla-made-in-china-cars-lead-market-quality/

    Engraçado que a fábrica que produz mais rápido supostamente é a que tem mais qualidade…. Eu diria que é mais artigos com diferentes contextos e narrativas…

  14. Hugo Sousa says:

    Ora vejam lá a quem teve mais entregas em Junho…

    https://twitter.com/alex_avoigt/status/1543006020443709441?t=9_3Zot051yYTUOb7-1E4-w&s=19

    Mas como se pode ver a VW está em grande aumentou 119%…

    https://twitter.com/TeslaHistorian/status/1543592581812174849?t=KumouNIGDWXYOdGJC4OXeg&s=19

    Ahhh…. Espera….

  15. George M says:

    https://youtu.be/Yod8xtmWUX4

    Para sugerir que a qualidade de construção e os materiais da Tesla são fracos por alguns, estão começando a soar como um disco quebrado.

    Vitor, você pode explicar como Mat Watson chegou ao veredicto do TMY arasa o Audi e Volvo mais caro em todas as categorias mencionadas no vídeo…principalmente materiais de interior e qualidade de construção superior?

    • Hugo Sousa says:

      Muito bem… Talvez este link seja mais “claro”…
      Eu tentei mostrar com links de relatos oficiais… Sim existem problemas de fabrico… Mas os materiais são acima da referência..
      Basta ver o Munroe no canal dele ver o vídeo… Que foi resumido em menos tempo neste canal

      https://youtu.be/9l6DPwKHWpY

      Mas o sr. Vítor não reconhece estes links…

      • Vítor M. says:

        Tu e os teus links do YouTube e TikTok sabem tudo. Da tua fantasia à realidade vai uma grande distância, já te disse. E fabricar links à medida, como levaste com eles, é fácil, há para todos os gostos 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.