Quantcast
PplWare Mobile

Tesla pode perder o domínio do mercado dos carros elétricos e o culpado vem da Europa

                                    
                                

Fonte: Bloomberg Intelligence

Autor: Pedro Simões


  1. Rui says:

    O erro do estudo é assumir um crescimento liniar e não exponencial, de qualquer maneira não percebo o título no Twitter pois mesmo a ser verdade estão ali 2.5 milhões de vendas…

  2. freakonaleash says:

    Expectável…já há muito que digo que assim os grandes construtores aplicarem-se que a Tesla passa para segundo plano. Sendo a empresa de Elon Musk tem a grande vitória de ter forçado os construtores a mudarem o paradigma automóvel.

  3. B@rão Vermelho says:

    É de esperar que tal aconteça, a medida que vai havendo concorrência e com preços mais simpáticos a Tesla vai perdendo espaço, continuo a achar que a Tesla vai ter sempre a sua cota de mercado, mas há que relembrar que vai competir com os melhores e os melhores já fazem automóveis à 100 anos .
    Eu dou sempre o exemplo da Citroen, eu sou do tempo do Citroen Visa e o CX, depois chegou o AX e por ai fora e vemos a evolução da qualidade de construção que a Citroen tem colocado nos seus carros.
    Já agora uma curiosidade, o meu carro que é um Dacia Dokker de 2 lugares , agora nestes dias de sol ficou tão quente que até as letras do visor do rádio estavam apagadas, com as devidas distancias, fiquei a pensar como se aguanta os Automóveis como os Teslas e modelos similares quando isto acontece, com aqueles visores gigantescos ?
    Se repararem eu fiz distinção e chamei à minha carrinha de carro e aos outros de automóveis, e fiz exatamente porque sei ver as diferenças em momento algum estou a queres comparar a minha fantástica carrinha à um Tesla ou Mercedes ou algo desse segmento.
    A pergunta que faço é mesmo por curiosidade

    • Ze Cabra says:

      A nível de eletrónica (e plásticos) existem componentes específicos para a industria automóvel (assim como para a militar) que têm caraterísticas adaptadas para suportar, entre outros, temperaturas mais altas.

      O écran nos Tesla (como em tantos outros carros) é na sua essência um tablet, a correr um SO próprio e o mais provável é usarem refrigeração passiva e ativa (cooling fans) e grandes aberturas para permitir a circulação de ar.

      O grande problema disto tudo é a “eletronificação” dos automóveis, qualquer dia para trocar os pneus por uns de outra marca vais ter que comprar uma atualização de software do fabricante senão o carro não anda.

      Os elétricos têm o grande problema que as baterias duram no máximo entre 7 a 10 anos (é uma limitação química das baterias de lítio), depois são para trocar. Estou para ver quando pedirem 5.000-10.000€ por uma bateria nova… Vão andar todos a ganir.

      Meu rico Renaut 5 GTL com 4 velocidades, eheheeh…

    • Sr. Presidente says:

      Na Califórnia há vários casos de os écrans dos teslas ficarem danificados com o calor, mas penso que isso já foi corrigido.

      • Realista says:

        O ecrã do PEUGEOT 308 pode não ligar com o calor…
        A própria concessionária avisa disso, portanto não é um problema da testa mas sim dos componentes de toda a industria.

  4. pedro Miguel Projecto Benito Garcia says:

    É preciso estar longe da realidade S e a Tesla perder o dominio do carros EV sera para a Asia.

    • Samuel MGor says:

      A Volkswagen é melhor que qualquer carro EV asiático. Os problemas que os carros da Tesla têm tido e a falta de apoio na garantia está a levar a maior parte das pessoas a escolher carros EV da Volkswagen, alguns eram clientes da Tesla.

  5. Rui says:

    A meu ver, qualquer marca que invista na produção de veículos elétricos a partir da Ásia, terá oo seu domínio assegurado independentemente de ser o número 1 ou 3, ou… Pois com a guerra na Europa, os mercados Asiáticos benefeciam de matéria prima mais barata (não falando da mão de obra) e outras valias, portanto conseguirão uma posição vantajosa na produção de carros a preços competitivos. A manter esta guerra, vamos ver uma quebra muito grande na produção e na competitividade da produção europeia. Elon Musk já investiu na Ásia e pode bem reforçar a produção dos seu modelos lá ou seja ele não anda a dormir, mas tb não sei se está muito interessado em se manter no número 1 de vendas de elétricos, mas claro, irá manter sempre uma boa posição no top de vendas, enquanto lhe interessar.

    • Filipe says:

      Acho que beneficiam por ter muito mais população. china e India os dois somam mais de 2000 milhoes de pessoas. Os outros paises tambem sao sobrepopulados. A europa toda tem cerca de 750 milhoes

  6. secalharya says:

    É normal.

    Desde 2020 que tem havido um aumento de oferta de EVs de qualidade de outras marcas.
    A Tesla teve a vantagem de ter começado mais cedo mas essa vantagem vais se esfumando a cada dia. Agora é só promessas para as acções subirem e os modelos da marca estão a ficar cada vez mais desatualizados.

    Existem EVs bem melhores no mercado.

  7. . :NAF:. says:

    É tudo uma questão de dinheiro .
    Vejam quanto custa o Tesla mais barato no site para Portugal, por exemplo e comparem com a imensa oferta que já existe. Obviamente que ninguém quer gastar muito para ter um veículo como um meio de transporte. A maioria da população quer um carro para fazer menos de 150 km por dia e muito baixo custo de compra, manutenção (elétricos têm pouca) e combustível, seja ele qual for. Resumindo, eu compraria um Dacia elétrico para o dia a dia, que tem o concessionário em qualquer parte do país, é muito mais barato e serve o propósito. Por isso a Tesla enquanto não chegar as massas com carros acessíveis e com oficinas para resolver eventuais problemas ficará facilmente para traz.

  8. Francisco Rebelo says:

    Acho que no futuro se calhar em 2030, a Toyota vai passar a Tesla tbm. Pois criou um carro que anda a hidrogénio. Autonomia não é má, 60 000$. Consumo de hidrogênio liberta água potável. Outro carro: com painel solar (existe)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.