PplWare Mobile

Trump: Carros elétricos “não vão funcionar”


Vítor M.

Responsável pelo Pplware, fundou o projeto em 2005 depois de ter criado em 1993 um rascunho em papel de jornal, o que mais tarde se tornou num portal de tecnologia mundial. Da área de gestão, foi na informática que sempre fez carreira.

Destaques PPLWARE

  1. Luis Silva says:

    Não concordo, acho os carros a energias alternativas, principalmente que não sejam limitadas e poluentes será o futuro, por enquanto os carros eléctricos com baterias de hoje será o futuro de agora, talvez daqui a uns anos descubram como usar energia magnética de outras formas que haverá de certeza…….combustíveis fósseis não é o futuro, as grandes industrias e os grandes chupistas do comércio é que travam a evolução certa.

    • Michel says:

      Luis,

      As máquinas de escrever foram substituídas por questões tecnicamente óbvias. Assim como se pode perceber na comparação entre elétricos da Tesla e os mais premiados esportivos desse link: https: //observador.pt/2017/11/22/tesla-roadster-melhor-que-ferrari-lamborghini-e-mclaren/

      No entanto, os máquinas de escrever não causavam a preocupante incerteza sobre o futuro climático.

      Os donos do mundo, as petrolíferas responsáveis pelo fornecimento de 80% da energia que moveu o mundo nos últimos 150anos, tem muito poder econômico e usam para o que convêm a eles.

      • rodrigo says:

        esses videos sao todos #FakeNews

        • carlitos says:

          És Climatologista?
          Então talvez possa haver algo que eu não tenha aprendido desta ciência e que possa eventualmente aprender contigo. Se não for este o caso, aconselho-te primeiro a fazeres um curso adequado na universidade.
          Eu posso discutir ciência, mas crenças eu não discuto.

          • João says:

            Carlitos por favor não te exponhas deste modo…
            A sério: passar vergonhas destas por não saberes usar o cérebro?

          • Nuno V says:

            E tu és?

            Ou sejas, colocas um documentário que foi criticado por toda a comunidade cientifica como um filme que deturpa os factos. Inclusive foi criticado pelos cientistas que aparecem no filme, em que deixaram uma queixa formal à Ofcom, em que afirmam que a sua posição foi tirada fora do contexto e pervertida.

            A seguir colocas a opinião de Ivar Giaever, um físico, não um climatólogo.

            O terceiro, finalmente é um climatologista. Que já foi criticado várias vezes por usar argumentos falsos. Felício também não se dá ao trabalho de utilizar o processo “enfadonho” da revisão dos pares, publica livros diretamente para o publico, sabendo assim que a sua publicação não vai ser corrigida. Bem como a sua opinião é diferente de mais de 97% dos climatólogos mundiais.

            Agora eu pergunto, és um climatólogo? Alguma vez trabalhaste como um cientista?

  2. Rogerio Sameiro says:

    Reactivou minas de carvão desativadas pelo Obama.

  3. Luís Carlos Oliveira Santos says:

    So falta ele acreditar que a terra é plana

    • Jorge Silva says:

      nisso já deve acreditar

    • He-Man says:

      Prova que não é então. A matemática não mente. Parece que és mais um daqueles que gosta de fazer desta teoria uma piada.

      • Samuel says:

        A terra não é plana se fosse eu via Lisboa de onde eu estou e como não vejo então a terra é redonda. Assim se acaba com teorias do velho do Restelo.

      • thievery says:

        é um cilindro, tu vives na parte plana e o resto da malta fica na parte redonda, paz mano!!!

      • mico says:

        o plano é que é uma invenção matematica. A natureza não concebe nada plano, o plano não é natural.
        Pergunta à cegonha que te entregou àqueles que pensas que são teus pais, ou tu és daqueles que pensas que vens de um zoide e de um ovu.lo? Foste fabricado por uma maquina dos illuminati para lutar contra o exercito das sombras, os pplwareanos.

      • Joao says:

        Hoje em dia é relativamente fácil provar que a terra é redonda, He-man. Até tu podes provar isso sem grandes espigas. Pega num balão metereológico, com uma câmara agarrada, e solta-o na atmosfera, e faz um live stream. Há uma altura em que a linha do horizonte começa a ficar arredondada, o que não aconteceria se a terra fosse plana.

      • Nuno V says:

        Simples, porquê que o polo celestial aparece sempre desviado do teu zénite local 90°-latitude. Explica-me isto matematicamente numa terra plana.

        É o que tu tens não é uma teoria, nem sequer é uma hipótese. Para ser uma hipótese precisas de ter um modelo, e maneiras de refutar esse modelo. E um modelo não é apenas dizer que é plano, isso é uma descrição. Um modelo é algo que podemos fazer uso deste para fazer multiplas previsões. Sabes, da mesma maneira que fazemos uso do modelo heliocentrico para prever a ocorrência de eclipses lunares e solares dos próximos 200 anos, bem como de onde estes são visíveis. Se não tiveres algo assim, não tens nada.

        • Sujeito says:

          Isso não é verdade. Formas da terra à parte, já se faziam previsões dos eclipes e muito mais bem antes da aceitação da terra ser redonda. Há mais do que uma maneira de esfolar um gato.

          • Nuno says:

            Errado. Estás-te a referir ao facto de os neo-babilónios terem descoberto que havia um padrão nos eclipses, a que nós agora chamamos o ciclo de saros. Isto permitiu-lhes determinar mais ou menos quando iria ocorrer o próximo eclipse. Isto não é um modelo, nem muito os neo-babilónios acreditavam que a terra era plana.

      • rodrigo says:

        Se tu dizes que a terra ‘e plana eu digo que tu nao existes! Agora desafio-te a provar-me o contrario

    • Fran says:

      Mas ela é plana, tens sido enganado

    • Joao says:

      O Socrates provavelmente estudou isso na Engenharia de Domingo e foi eleito, duas vezes. Roubou todos e foi solto. Mas vamos antes falar dos outros.

    • MarioM says:

      Num Mundo onde nem tudo o que contam é verdade e onde a mentira muita vezes é a verdade repetida muita vezes para que se torne uma verdade em que todos acreditam.

      ( não me refiro a terra plana )

  4. rodrigo says:

    Claro que ele nao gosta dos carros electricos , ele gosta primeiro do dinheiro, os negocios com o mundo arabe é mais importante para ele, o mundo arabe move.se com o petroleo , o petroleo da dinheiro ao mundo arabe e o mundo arabe da dinheiro a ele, no caso do jornalista khashoggi se fosse outro pais ele cortava relaçoes, mas sendo um pais que lhe enxe o bolso vale tudo

    • Fran says:

      Concordo 100% com ele, elétricos não serão a solução, é um erro. Estamos num período de grande confusão e mentira. Carros elétricos é um dos maiores fakes do século. Gasta-se ainda mais petróleo na energia elétrica. A produção de paz eólicas depende de grandes quantidades de petróleo

    • Ostetto says:

      Disse tudo!

    • carlitos says:

      Atualmente a pegada ecológica dos carros elétricos é maior do que a dos carros a gasolina ou gasóleo.

      A electricidade para alimentar os carros eletricos é produzida essencialmente a partir de fuel oil, carvão e nuclear. Como existe perda de eficiência na cadeia do processo, mantendo-se todo o resto constante, substituir carros a combustão por eletricos irá aumentar a poluição em geral no planeta.
      Isto não é uma opinião minha, mas o que estudos técnicos afirmam. Tudo o resto é assunto de interesse politico, e de alguns lobbies do business.

      Eu também gostava que tudo fosse puro e limpinho no mundo, e quem é que não gostava?!

      Obs.: CO2 não é um gás poluente, para quem aprendeu quimica ou biologia na escola 🙂

      • Nuno V says:

        Errado, a quase totalidade dos estudos revistos pelos pares chegaram à conclusão que a pegada ecológica dos carros eléctricos é mais pequena que os movidos a motores de combustão interna. A pegada não é tão pequena como os fabricantes de automóveis nos fazem crer, mas é mais pequena que os restantes veículos.

        De notar que mesmo usando combustíveis fósseis na produção de energia eléctrica continua a ser um processo substancialmente mais eficiente que a energia gerada num MCI. Isto porque um MCI é bem, mas bem menos eficiente que uma central termoeléctrica.

        • Sujeito says:

          Medida de que forma? Porque se falarmos na necessidade energética de consumo, é de facto inferior. Mas quando se introduzem as células necessárias, extração dos devidos minérios, sua produção e desperdício envolvidos, as coisas mudam de figura.

          • Nuno says:

            Medida desde a extração da matéria prima necessária até à conclusão da construção do veículo. Bem como a poluição emitida durante a vida útil do veículo. Ou seja, está incluído “as células necessárias, extração dos devidos minérios, sua produção e desperdício envolvidos” e não muda de figura.

      • Nuno Ponces says:

        Os mesmo estudos que não analisam todas a nuances dos carros a combustíveis fósseis, só os dos eléctricos. Como a exploração, refinação e transporte dos combustíveis. Porque realmente isso tudo é limpinho né? Concordo com alguém por aqui que disse que não são o futuro os eléctricos, mas por agora são, e que de certeza os combustíveis fósseis não o serão. Até porque mais tarde ou mais cedo irá acabar. O futura é a energia mais abundante no universo, o hidrogénio.

  5. KitKat says:

    O futuro estará no hidrogénio. É o elemento mais abundante no Universo.

  6. Jorge Silva says:

    um idiota chapado esse Trump

  7. Pedro says:

    Revolução! Novo Independece Day americano. Abaixo o Trump! Elon Musk a presidente!!!… Donald Trump é mais patético que o pato Donald. Ao menos o pato ainda faz rir ..

  8. Dav says:

    Este homem é uma besta

  9. Pedro Ramos says:

    Concordo com o Trump. Entre gastar 2 horas a carregar a bateria e gastar 5 minutos a abastecer prefiro os carros a gasóleo. Falam do ambiente mas eu acho que o aumento da produção de electricidade e as baterias a lítio vão ser pior para o ambiente

    • Zé do Boné says:

      Apoio o teu cuidado com o ambiente, mas para seres mesmo amigo do ambiente, trocadas o gasóleo pelo fardo de palha.
      É sabido que numa escala de poluição, primeiro vem o sol, depois as baterias, logo a seguir o petróleo e só depois o fardo de palha.
      O que achas?

    • rodrigo says:

      errado. Nao ‘e pior para o ambiente.
      Alias depois dos 4 ou 5 anos, qualquer carro eléctrico ja esta a trazer benéficos para o ambiente mesmo com energia criada a carvão.

    • censo says:

      Mas é claro. Habituaram-se a odiar Trump e mais ninguém raciocina. O abastecimento dos carros eléctricos é ridículo e uma aberração logística. São apenas moda.

      • Rafael says:

        Não é não é extremamente mais simples, já que com o crescimento da geração distribuída levar energia aos postos de gasolina ou pontos de reabastecimento é extremamente simples, além de ser muito mais barato transporta energia que gasolina.

      • Ostetto says:

        Sou simpatico ao sistema de troca da bateria nos postos e não ao recarregamento. Aparentemente resolveria o “gargalo” da recarga. O que acha?

    • CMatomic says:

      @Pedro Ramos
      Falas daquilo que não sabes , só te digo a partir de 2020 algumas marcas vão deixar de produzir automóveis a diesel .

    • Mac says:

      Concordo.
      Isto é tudo muito lindo para algumas centenas de endinheirados que actualmente têm o previlégio de comprar os Teslas do momento e beneficiam ainda da não muito sobrecarregada fila para abastecer.
      Os Zoe e outros desta vida, já não é tanto assim… Por vezes parece anedótica a fila de espera em alguns postos de carregamento e a quantidade dos que desistem.(alguns arriscam o reboque na estrada ou são vistos a 40kms/h. em zonas de 90kms. para tentar chegar ao destino)
      Quanto à poluição, alguma razão existe mas também tem o seu “Quê” de falaciosa e enganadora. (Basta ver isto http://bit.ly/aclimts / http://bit.ly/PMclimC)
      Na Europa, a poluição automóvel pelos combustíveis fosseis é residual.
      Já o processo de recuperação e reciclagem das baterias, nem por isso.
      Também seria importante parar para pensar pelas nossas cabeças e deixar de engolir as doutrinas que nos impingem sobre as alterações climáticas. Acabar com a importação de autocarros com mais de 20 anos que mais parecem máquinas a carvão também seria uma boa ideia…

  10. Lucas de Oliveira says:

    Vejo muitos comentários sem coerência abaixo. E, pelo visto, os donos do blog são parciais do ponto de vista geopolítico. Trump está certo, esses “pactos” a favor do meio ambiente são apenas uma forma do poder globalista de controlar a produção de países independentes como os EUA. Perguntem aos franceses se eles estão gostando das reformas do inútil chamado Emanuel Macron? Além disso, acham mesmo que é os EUA a causa do problema? Deveriam saber que a Índia e a China poluem 3 vezes mais que os EUA. Acordem enquanto é tempo. Um abraço de um assíduo leitor aqui do Brasil..

    • Vítor M. says:

      E o Brasil? (país que tem uma palavra grande a dizer sobre este tema).

      Nós em termos geopoliticos somos totalmente “agnósticos”, a situação é abusadora pelas posições radicais, xenófobas e sectárias. O resto é senso comum.

      Abraço.

      • Pedro says:

        O facto de serem politicamente “agnósticos”, não significa que quem escreve o artigo seja simplesmente contra o Trump e que isso se reflita na sua escrita. Contudo, a sua resposta com as palavras – radicais, xenófobo e sectárias – são típicos argumentos de esquerda contra Trump.
        Tudo o que vejo é um presidente que protege o seu país e economia a todo o custo. Também não gosto da maneira como se expressa e da sua postura, mas preferia ter um presidente como o Trump em Portugal do que qualquer político de carreira, que só toma decisões pré-formatadas e de acordo com ideologias que estão na moda.
        Já agora, ele não disse que era contra os carros eléctricos, apenas mencionou que a mudança de estratégia da GM para uma frota 100% eléctrica não irá funcionar. Isto porque porque devem manter alguns modelos a gasolina, pois nem todos os condutores querem carros eléctricos e isso vai limitar muito o seu negócio. Foi um comentário mais como homem de negócios do que Presidente, mas como sempre, é mal interpretado.

        • Vítor M. says:

          Não são minhas, são dele, são dos americanos, são da direita, esquerda, nao são minhas.

          Eu tenho uma opinião que até, nalguns pontos, coincide, mas ele não precisa que tenhamos uma opinião de esquerda ou direita, ele próprio desenterra o machado da guerra contra tudo e contra todos. Terá razão? Não terá? Os resultados o dirão.

          Guerras com a China, com a Europa e com tantos outros países. Portanto, as suas políticas contra a entrada de emigrantes no país, as suas políticas bélicas, que a imprensa internacional sempre apelidou de cobarde, as suas políticas de tentativa de destruir o convénio da EU, apoiando e, como muitos dizem, instigando ao Brexit, as políticas de atirar a pedra e esconder a mão com a Rússia, são conhecidas, para lá das políticas económicas e ambientais.

          Fora isso e fora ele ter problemas com a justiça americana, ter problemas relacionados a escândalos de maus tratos a certas senhoras e ter um comportamento desonesto e ridículo no que toca a posições assumidas nas redes sociais… tá tudo bem….

          😉 bom Natal.

          • Pedro says:

            A saída dos tratados ambientais e económicos são resultado de maus negocios feitos pelos presidentes anteriores, os EUA pagavam demais para pertencer a grupos de elite que não servem para nada (e nem se sabia para onde ia o dinheiro), e a indústria americana estava sofocada com as limitações
            impostas pelos tratados, deixaram de ser competitivos e as empresas deixaram de produzir nos EUA para produzir em países fora dos pactos. Milhões de empregos vão ser criados em 2020 (ano oficial da saída do tratdo de Paris) quando algumas indústrias voltarem a produzir nos EUA, o que vai melhorar ainda mais a taxa de desemprego e aumentar o nível de vida Americano.
            Quanto aos emigrantes, o problema está sempre com a imigração ilegal – os EUA legalizam quase dois milhão de emigrantes todos os anos, os ilegais querem contornar as regras e não devem ser motivados a fazê-lo. Uma coisa é pedir para entrar na casa de alguém, outra coisa é entrar pela janela durante a noite.
            Políticas bélicas? Até agora foi dos poucos presidentes Americanos que não arrancou com uma nova guerra e até está a retirar tropas da Siria.
            Quanto á Europa e o Brexit, ele não concorda com a EU por achar as suas políticas muito limitativas no crescimento individual de cada país. O que começou como uma comunidade económica (CEE), cresceu a um ponto em que controla quase todos os principais factores de crescimento de cada um dos seus países, agora até o Macron e Merkel falam num exército Europeu…
            O caso da Rússia já se tornou uma paródia, não há provas mesmo depois de dois anos incessantes de acusações, o mesmo se passa com as senhoras e o comportamento desonesto que referiu, se encontrar provas que algo realmente aconteceu, dou-lhe os parabéns. Infelizmente, nos EUA existem muitas jogadas políticas de carácter duvidoso (para os dois lados) e muitas vezes as acusações são feitas sem fundamento apenas para causar ruído e destabilizar um partido ou pessoa. Mas não se esqueça que todos somos inocentes até prova em contrário.
            Continuo a dizer que preferia ter o Trump como presidente à geringonça carregada de políticos de carreira que continuam a levar o nosso país para debaixo de água.
            Lembre-se disto nas próximas eleições dos EUA – O Trump vai ganhar outra vez porque o povo Americano sente que por muito pouco presidencial que seja, ele defende o seu país com unhas e dentes.
            Votos de um excelente Natal para si e para a sua família.

          • Vítor M. says:

            Eu não vejo os Estados Unidos como esse país maravilhosos e cheio de justiça 😉 mas… isso sou eu.

          • Godlike says:

            Vítor,
            Acreditas em tudo o que vês na TV?

            Em pleno século XXI acreditar em tudo o que nos contam sem fazer a nossa própria pesquisa é ter uma alguma ingenuidade.

            Aqui vão duas sugestão:
            “Operação Gladio” e “Operação Mockinbird”, não são teorias, são dois FACTOS a pesquisar.
            Aí estão claramente explícitos quem são os inimigos do povo.

            Agora pergunte-se…
            Por qual motivo eles se juntariam todos em ataques contra o Trump 24/7 logo após a sua candidatura? Porque ele passou imediatamente a ser o inimigo?
            Distorceram os discursos e o acusaram de tudo e mais alguma coisa sem conseguir PROVAR nada simplesmente para manipular a opinião pública, porque têm medo de ter alguém como presidente que não pode ser ameaçado /controlado.
            Afinal o que um bilionário de 71 anos ganha ao colocar a si e à sua família em perigo em vez de aproveitar o resto da sua vida?

            Este Senhor é um homem de negócios, não é um político. Ele foi eleito pelo público para acabar com a gigante dívida pública dos EUA, reduzir a taxa de desemprego e construir a parede, que vai dificultar a entrada no país de cartéis de droga dos mais perigosos do mundo, gangs como MS13, tráfico de humanos, e migrantes ilegais (que são a maioria dos votos contra ele).

            Quantas promeças ele cumpriu? Em apenas 2 anos quase todas, e as restantes está a cumprir.
            Isto não nos faz pensar o que raio andam os outros lá a fazer 4 e 8 anos?

            Sigamos o exemplo do Obama… foi o pior presidente dos EUA em todos estes quesitos e continua a viajar pelo mundo como se ainda fosse presidente a aconselhar tudo e todos nas suas palestras. Hipocrisia ao máximo.

            Mas em breve as pessoas vão ter noção da dimensão da corrupção nos EUA quando se aperceberem o porquê dos Tribunais Militares e a Lei Marcial terem sido ativados.

            Isto para dizer que, enquanto os outros jogam Damas, o Trump joga Xadrez 4D.

          • Vítor M. says:

            Bem pelo contrário, eu não acredito em nada que vejo (o pouco que vejo) na TV… nada mesmo.

          • Sujeito says:

            @Pedro

            Falaste no Macron e outros líderes quererem um exército europeu. Que história é essa? O exército europeu já foi aprovado faz largos meses.

            É como os Artigods 13 e 11, está tudo a dicuti-los, quando na realidade já foram aprovados e estão já a ser implementados.

        • Bruno says:

          Claro um presidente indiciado em 50 crimes, que teve de dissolver a associação benéfica que tinha por uso indevido de dinheiro, um presidente que governa para lobbys realmente preocupa-se com o seu país. Andas a comer palha e nem sabes argumentar sempre a mesma história da “esquerda é ma e querem destruir o trump” vai dar banho ao cão, não tens conhecimentos políticos ou Tecnicos e baseias a tua opinião em conversa de café

          • Godlike says:

            Onde foste buscar esta informação a preposito?

          • Lucas de Oliveira says:

            O que a Esquerda fez além de matar mais de 100 milhões de pessoas ao longo da história? Tu deverias saber quem é Stalin, Lenin e Mao Tsé Thung (os patriarcas da atual Esquerda) kkkkkkkk….

          • Bruno says:

            Toma la um cheirinho …”On Tuesday, Trump’s lawyers reached an agreement with the New York attorney general, Barbara Underwood, to shut down the Donald J. Trump Foundation, an entity that officially had charitable status but was perhaps best known for its purchase of a life-size portrait of Donald J. Trump—or, possibly, for the seven dollars it donated to the Boy Scouts of America, in 1989.”

          • Nuno V says:

            @Lucas
            Sim, porque a direita não têm sangue nas mãos? Ora aviva-me lá a memória, quantas pessoas morreram apenas na segunda guerra mundial?

      • Mml says:

        Eu ACHO QUE….o responsavel pela noticia, e consequentemente , tambem responsavel pelo peopleware… ou la como se escrever, deveria se abster de comentar aqui.

        Simplesmente porque como toda gente sabe, os comentarios aqui postados muitas vezes sao incoerentes, idiotas ou ate , desculpe-me a expressao, Imbecis….
        Sao comentarios da malta que nao tem nada pra fazer, comentarios de cafe que nao acrescentam nada ao conhecimento coletivo, tipo como os coletes amarelos portugueses…..uma palhacada por assim dizer….

        Entao, prezando pela sua imagem, por favor ignore o que nos aqui escrevemos porque, ao contrario das coisas interessantes que voce e a sua equipa aqui coloca, nos todos somos apenas “treinadores de bancada”…..falamos muito e nao dizemos nada…

        É so mais pra rir e passar o tempo…

        Feliz natal…

        • Lucas de Oliveira says:

          O objetivo do blog é “informar”. Chamei o autor do texto de “parcial”, pois o mesmo não conseguiu esconder a revolta que sente pelo presidente dos EUA. Se tu ignoras o que escrevemos, então deveria se abster de dar tua opinião também, afinal de contas “é idiotice”, como tu mesmo escrevestes. Não tive nenhuma intenção de denegrir a imagem do blog. Apenas escrevi o óbvio (postagem parcial). Feliz Natal e próspero ano novo..

      • Lucas de Oliveira says:

        Se o melhor que você faz e gritar “radicais, xenófobas e sectárias” estão só confirma o que escrevi no meu comentário kkkkk….Outro abraço para vc também…E sim, o Brasil é dono da maior reserva florestal do mundo. Nem preciso pedir permissão para falar do tema…

        • Vítor M. says:

          Nem precisa gritar, sussurrando já se percebe o que se quer dizer. No Brasil, realmente as coisas nessa área estão complicados, o pulmão do planeta está doente. Mas as políticas não ajudam os povos. São os tais interesses que muitos querem “disfarçar”.

        • Bruno says:

          Devias pedir ”permissao” para pensar, porque cada vez que abres a boca sai asneira, alias como brasileira e ”dono” da maior reserva natural devias ter vergonha na cara da forma como a estao a destruir…kkkk?? pra ti tambem

          • Lucas de Oliveira says:

            Destruir? Pelo visto moras aqui e não em Portugal kkkkkkkk….Não meu caro, você está mal acostumado de tanto assistir televisão.

    • DeSolla says:

      Eleitor do Ogrossauro detect

  11. José Renaldo Cruz says:

    Tá tudo errado.

  12. rodrigo says:

    o que nao funciona ‘e o cérebro dele.

  13. CMatomic says:

    O perfil de Trump é combina com sua ideologia .

  14. Balão says:

    Para efeitos de coerência, o que ele diz é “All electric is not gonna work”, coisa que é diferente. Nem toda a gente pode investir em carros eléctricos por agora.

  15. VMS says:

    Hidrogénio é o futuro

  16. Michel says:

    O vovô ganância está na presidência dos EUA para defender os donos do mundo, aqueles que ele foi beijar os pés na primeira viajem internacional após tomar posse. É um ganancioso que não tem o mínimo preocupação com o futuro da humanidade. Ignora a ciência, mente descaradamente e parece ter prazer em proferir discursos de ódio. Pig!

    • MarioM says:

      E o que é a Ciência muitas vezes ? Pelos vistos tb se ignora a Ciência quantos muitos da Ciência dizem que o quadro que pintam do clima não é bem assim.

      • Nuno V says:

        A ciência é um empreendimento sistemático do nosso conhecimento. Esta é constituída por explicações e previsões testaveis.

        E o que queres dizer que muitos na ciência dizem que o quadro do clima não é assim? Que quadro é esse?

  17. Pedroa says:

    Por princípio, acho que o recurso aos hidrocarbonetos deverá ser reduzido, não só pela tão propagada emissão de co2,que não é, na realidade, poluente, mas essencialmente pelas emissões de partículas, estas sim nocivas no ar que respiramos. Diariamente somos bombardeados por notícias, artigos de opinião, e estudos para todos os gostos e feitios, que asseguram vivamente que os carros eléctricos são a solução, que resolvem os problemas de poluição do planeta, anunciando emissões zero entre outros chavões. O que é falso, uma vez que a produção e futura reciclagem de baterias teem enorme impacto ecológico. Além disso a produção de energia eléctrica para fornecer esses veículos de ” emissão zero” têem origem maioritariamente em centrais termoelétricas, que funcionam a carvão e gás natural., que poluem muitíssimo mais. Isto no nosso país. As eólicas e hídricas , apesar de terem ganho maior penetração, não são solução, uma vez que são intermitentes, ou seja, nem sempre há água ou vento suficiente para produzir energia, daí que temos em Portugal, a necessidade do “backup”das térmoelectricas. Alguém irá dizer que noutros países funciona lindamente. Pois é verdade, se considerarmos a Noruega, país auto-suficiente em termos energéticos, estas questões não se colocam, já que teem mais de 90%de produção de energia “limpa”, e ainda se dão ao luxo de exportar a esmagadora parte da produção de petróleo.de referir que a Noruega é o maior produtor de petróleo da Europa.

  18. Ulisses says:

    Quanto gasta para fazer um carro elétrico? Quanta energia esse carro vai consumir durante alguns anos? Onde essa energia elétrica é gerada? Desde do tempo dos homens das cavernas já tinha grandes mudanças climáticas. Ser humano não para de reproduzir, comendo e cagando todo dia, matando uns aos outros todo dia. Vem com essa de poluição, vaca poluindo com peido. Vão se fizer todo mundo.

    • J Martins says:

      Um carro elétrico fica muito mais barato. É muito mais simples de construir. A energia que vai gostar é menor porque tem mais rendimento. A energia terá de ser produzida cada vez mais por energias renováveis. O carvão já há muito deria ter sido abolido porque é uma completa aberração nos dias de hoje. A energia elétrica será o futuro. Há que desenvolver o seu armazenamento e produção.

  19. Hugo says:

    Na minha opinião, a energia eléctrica não vai ser o futuro imediato da humanidade. As condições ideais estão longe de apontar para isso. Por enquanto está-se só a trocar um mal por outro, mas mais desconhecido. A obtenção desta energia é feita quase exclusivamente através de centrais a carvão, gaz e, muito pior, centrais nucleares. É muito difícil de explorar através de meios mais “naturais”.
    Até hoje nenhum estado ou empresa conseguiu desmontar uma só central nuclear no mundo ! E, os resíduos produzidos por estas, estão a ser arrumados para países pobres, ou enterrados, e continuarão a poluir o planeta para os próximos milénios!! A política actual é : “que as próximas gerações se desenrasquem com isso”..

    • Carlos Araújo says:

      Eu concordo plenamente com a sua opinião. Até ao dia que se saiba o que vão fazer com as baterias dos automóveis. As mesmas tem de ser renovadas de 6 a 8 anos, (Toyota e da Audi), tem um custo aproximado de 10m€ e vamos poluir na mesma, pois as baterias contém metais pesados e vão ter de ser destruídos após a renovação. E para além disso, Portugal (país onde vivo) compra grande parte da energia eléctrica ao estrangeiro. Energia essa que é oriunda de centrais eléctricas, etc. Por isso na minha opinião acho que o aumento de carros elétricos irá aumentar, mas não pelo benefício do planeta, mas para o benefício do mercado.

      • rodrigo says:

        Mais uma vez isso ‘e tudo falso e mostra uma grande ignorância por parte do publico geral.

        O publico pensa que tal como fazem com as pilhas normais quando ja não tem carga que vao para o lixo, que as baterias dos carros seguem o mesmo caminho. Mas nao.

        O publico nao tem de fazer nada senão levar para o mecânico para trocar. Serão as próprias marcas dos automóveis que vai recolher as baterias do carros para depois reutilizar ou em ultimo caso reciclar. Nada sera destruído – alias prevejo que a reciclagem das baterias sera grande negocio no futuro!!!

        As baterias sao compostas por centenas/milhares de pilhas e so porque a bateria nao tem a carga que tinha inicialmente nao quer dizer que TODAS as pilhas estejam mal. O mais certo ‘e algumas nao estarem bem e essas serão reutilizadas para outras coisas. Por exemplo ha cidades no Japão que pegaram nessas pilhas menos boas para iluminar as ruas ‘a noite. Durante o dia sao carregadas vai paneis solares e ‘a noite iluminam as ruas.
        Nao tem capacidade para fazer andar um carro mas tem capacidade para iluminar.

        Ainda ha bastantes Priuses do inicio da década de 2000 que continuam com a bateria original. Alias ha Teslas que ja ultrapassaram os 100 mil kms e que ainda tem mais de 90% da carga inicial.

        A tendencia dos países do mundo ‘e o aumento da energia verde e nao o contrario.
        Nao sei se sabes mas Portugal (país onde vives) ja houve uma altura em que esteve dias a utilizar somente energia verde! Portanto ‘e possível Portugal estar completamente independente dos outros em termos energéticos.

        • Sujeito says:

          Portugal ter funcionado totalmente a energia verde (dizem eles, não vi as medições) não é diretamente proporcional a poder funcionar independente de outros países.

        • Pedroa says:

          “Nao sei se sabes mas Portugal (país onde vives) ja houve uma altura em que esteve dias a utilizar somente energia verde! Portanto ‘e possível Portugal estar completamente independente dos outros em termos energéticos”. Não foram dias, o record nacional, foi de apenas 70 horas de produção de energia “limpa” , em que não houve necessidade de recorrer às termoelétricas. O problema que parece que toda a gente esquece, é que até podemos ter, neste momento, suficiente capacidade instalada de produção por via das renováveis, mas nem sempre temos água ou vento suficiente para as gerar. Por isso aumentar ainda mais a capacidade instalada, não irá resolver coisa nenhuma. E uma vez que não temos nuclear, as termo eléctricas terão que ser sempre a principal fonte de energia eléctrica.

      • Rafael says:

        Já existem modelos de baterias mais potentes e menos poluentes, que são até mais baratas

  20. iFernando says:

    A diferença entre estar num armazém fechado com um empilhador a gasóleo ou com um empilhador eléctrico, é equivalente à diferença entre fumar e não fumar.
    Num caso nem se respira, no outro o ar é limpo.

    • Carlos Araújo says:

      Discordo, experimente carregar as baterias dos empilhadores, e respirar o “ar” que são originados pelo processo, acredite em minutos você irá desmaiar.. mas concordo fumar faz mal 🙂

      • Toni da Adega says:

        +1
        Eu sempre que posso para dentro da garagem com o carro (diesel obviamente) a trabalhar só para respirar um pouco de ar a serio e ajudar no ambiente.
        A mulher quis instalar painéis solares e agora sinto que não faço o suficiente pelo ambiente.

      • Bruno says:

        Das duas uma, ou carrega as baterias com um gerador a diesel ou não tem empilhadores eléctricos. Agora a carga de baterias também produz gases de escape quer ver

    • Hugo says:

      O problema é que, se respirar o ar emitido pelos resíduos nucleares utilizados para criar a energia eléctrica, não vai ver nem sentir o cheiro do fumo, mas vai acabar como acabaram infelizmente TODOS os liquidadores que trabalharam em Tchernobyl… E a agravante é que, mesmo se abrir a janela para arejar, vai ter o mesmo destino. Como referi, todas as emissões de radiações emitidas por estas catástrofes (Fukushima incluída) vão durar milénios até desapareceram. E o lixo radioativo que se está a gerar, não se vê no nosso país por enquanto, porque está a ser despejado por países pobres, que o aceitam a troco de dinheiro… Nunca mais vai ser destruído. Mais cedo ou mais tarde, vai-nos cair em cima

  21. Asdrubal says:

    Obviamente que esta trampa quer que o mundo continue dependente do petróleo dos states.

  22. JJ_ says:

    Acho que muita gente aqui, não percebeu a real mensagem que o Trump quis passar!

    Logicamente como blog da tecnologia, teve de estacar o aspecto de ele criticar o modelo de negocio dos carros eléctricos. Mas aquilo que ele quer destacar não é propriamente o facto de se usar ou não carros eléctricos.

    Na realidade o que ele quis dizer foi que, por causa da ideia de carros eléctricos vão aumentar a produção na China e isso leva ao despedimento de mais de 150 mil pessoas nos EUA. (O artigo destaca isto.)

    Este tipo de abordagem é estratégia politica para ganhar mais apoiadores, porque de certeza a grande maioria desses que forem despedidos vão ficar no lado do Trump, mesmo que não gostem muito dele. Mas ele mostra estar do lado deles, com aquilo que os realmente incomoda, que será não terem trabalho para pagarem a suas contas.

    Se perguntarem alguém se prever passar fome para o bem do ambiente ou ter comida com causas para o ambiente, a maioria vai escolher a segunda opção.

    • Roberto says:

      O trump até é bem intencionado em relação ao desemprego nos Estados Unidos, prometeu Combater o desemprego mas não esta a conseguir travar os despedimentos , General Motors não só vai despedir como também vai construir fabricas no México exatamente o contrario do que Trump prometeu que nao ia deixar acontecer. Trump criou muitos empregos com a tarifa do aço mas acabou por perder ainda mais empregos porque todas as indústrias relacionadas com o aço acabaram por ter de comprar aço mais caro e tiveram de reduzir no nº de empregados. Não basta ser bem intencionado é preciso saber fazer as coisas e Trump claramente não sabe fazer as coisas. A economia dos Estados Unidos neste momemnto esta bom não é graças ao trump é simplesmente devido as taxas de juro baixas nos bancos que torna o dinheiro barato e favorece investimento, assim que os bancos subirem a taxa novamente a economia ira cair resta la saber quando vao subir as taxas de juro ? durante o mandato de trump?? So os bancos saberão-…….

  23. Mac says:

    Parece-me que o título do post está retirado do contexto, mas mesmo assim, o Trump está parcialmente certo, digamos!
    Isto é tudo muito lindo para algumas centenas de endinheirados que actualmente têm o previlégio de comprar os Teslas do momento e beneficiam ainda da não muito sobrecarregada fila para abastecer.
    Os Zoe e outros desta vida, já não é tanto assim… Por vezes parece anedótica a fila de espera em alguns postos de carregamento e a quantidade dos que desistem.(alguns arriscam o reboque na estrada ou são vistos a 40kms/h. em zonas de 90kms. para tentar chegar ao destino)
    Quanto à poluição, alguma razão existe mas também tem o seu “Quê” de falaciosa e enganadora. (Basta ver isto http://bit.ly/aclimts / http://bit.ly/PMclimC)
    Na Europa, a poluição automóvel pelos combustíveis fosseis é residual.
    Já o processo de recuperação e reciclagem das baterias, nem por isso.
    Também seria importante parar para pensar pelas nossas cabeças e deixar de engolir as doutrinas que nos impingem sobre as alterações climáticas. Acabar com a importação de autocarros com mais de 20 anos que mais parecem máquinas a carvão também seria uma boa ideia…
    Até hà alguns anos atrás, ninguém queria falar disso, mesmo a GM deixou de lado a aventura eléctrica e muitos sabem porquê.

    • Vítor M. says:

      Calma. Estás a analisar duas questões diferentes. São bons temas que colocas, sem dúvida, mas uma coisa é estrutural, o conceito funciona, mas a estrutura não está preparada. O outro lado tem a ver com o conceito, que ele sabe que pode funcionar, mas que insiste que não é esse o caminho, por questões económicas (excedentes de carvão e petróleo).

      Em relação à estrutura, o tema diz-nos que o mundo ainda não está preparado, mas isso é um tema que também precisa de ser bem de batido. Mas são bons temas.

    • Roberto says:

      Eu também acredito que a teoria das alterações climáticas foi inventada apenas para nos sacar dinheiro em impostos mas numa coisa discordo do Trump, foi inventada uma bateria com ate 500 km de autonomia que estara disponivel para venda em 2020 isto vai revolucionar por completo a industria automovel. E não te esqueças de uma coisa é importante travar a poluição não devido a alterações climaticas mas devido aos problemas de saúde relacionadas com a poluição.

  24. Antonio Pereira da Silva says:

    Eu sou da turma do Biogás. Devido ao fato que temos que dar destino correto aos Resíduos Orgânicos Domicilar Urbano.
    Retirando os geses na mineralizacao da matéria orgânica no processo de mineralização e gueimando em motores especificos. Gera uma economia 83% e uma redução da poluição 0,3% da poluição produzida por Diesel.
    Iremos produzir ainda um Biofertilizante Aditivado Heroster.
    para plantil de Florestas de Madeiras nobres; (Mecanismo Refrigeração Climatica- MRC) Com a Logística Reversa e QTA Ambiental Sócio Econômica.
    Mas se vocês verem a “Células de Conversão de Nitrogenio” dos Ingleses. Sera a fonte motora do futuro. Vai substituir tudo que está ai em 20 anos. E o pra si para todas as plantas da indústria automotiva atual se atualizar.
    E Trump vai ficar no Mad max.
    A indústria Americana é sucata.

  25. Antonio Pereira da Silva says:

    A Redução de poluição dos Motores de Biometano é de 99,7% e o custo cai para 18% comparado com o Motor a Diesel. O prazo das conversões para energia limpa e até 2030.
    Os veículos do futuro não terão câmbio nem diferencial uma redução de peças móveis em 70%.
    Os geradores mandam energias aos motores nas rodas dos veículos.
    Entende por que o Trump E o Putin são contra. E o fim da indústria que os eleģeu.

  26. Roberto says:

    Acabo de ver um anuncio da invenção de uma bateria de estado solido com autonomia de até 500 Km sim ouviram bem 500 Km. Pelos vistos Trump esta desatualizado , o futuro é mesmo carros 100% eletricos. Quanto a questão do aquecimento global eu não acredito que a poluição esteja a causar mudanças climáticas mas mesmo assim a poluição tem de ser reduzida ao máximo os fumos causam cancro de pulmão. Daí faço um apelo as pessoas contra a teoria das alterações climáticas , a poluição tem de ser diminuida para o beneficio dos nossos pulmões , não se trata de salvar o planeta mas se trata de salvar a nossa saúde.

    • Sujeito says:

      A malta que não aceita todas as ideias mainstream de alterações climáticas não está necessariamente contra tomar medidas de prevenção / redução de polução. As pessoas não são automaticamente anarcas só por causa disso.

  27. Ruben says:

    Nao entendo a cena da imprensa europeira retirar sempre de contexto as palavras de Trump. Ele diz muita porcaria mas por exemplo neste caso apenas disse q para a GM passar para producao apenas electricos é um mai modelo negocio. E claro q é ainda nesta fase. Foi apenas isso. Nao entendo esta necessidade de adulterar frases e contexto. Eu se fosse dono da GM tambem nao iria querer apenas vender eletricos

  28. Ruben says:

    Nao entendo a cena da imprensa europeira retirar sempre de contexto as palavras de Trump. Ele diz muita porcaria mas por exemplo neste caso apenas disse q para a GM passar para producao apenas electricos é um mau modelo negocio. E claro q é ainda nesta fase. Foi apenas isso. Nao entendo esta necessidade de adulterar frases e contexto. Eu se fosse dono da GM tambem nao iria querer apenas vender eletricos

  29. Erick Antônio says:

    Concordo. Carros não será a solução definida para o meio ambiente. Mas já é um começo. Depois dos avanços tecnológicos dos carros elétricos. Irão surgir outros mais técnicamente viável. Como hidrogênio e magnetismo . Energia perpétuo. Mas tudo tem o começo. E preciso incentivar a produção de carros elétricos para alavancar outras novas tecnologias. Caso contrário estaremos atrasando as evoluções tecnológicas. Sem contar que esse incentivo traz outras áreas na ciência e tecnologia sustentável em todo diversos segmentos e setores. Não é somente o setor automotivos…. Por isso é preciso incentivar novos investimentos. Uma coisa puxa a outra. em longo prazo. Teremos técnicas e tecnologias que realmente estarão disponíveis a todos em com um grande diferencial

  30. Guilherme Beck says:

    Acredito que carros elétricos não são a solução para nada! São como apenas varrer a sujeira para baixo de outro tapete. Não vêem que a energia que carrega as baterias precisa vir de algum lugar? E esse lugar quase sempre polui tanto quanto ou até mais do que os carros movidos a motores de combustão.
    Álcool é uma solução muito melhor! Utiliza energia solar para captar carbono que já está na atmosfera e pode ser utilizado em motores mais eficientes do que os a gasolina, além de poder ser produzido em quantidades absurdas em países tropicais.

  31. Sr. Quinocas says:

    O sr Trump tenho tudo a dizer bom dele.
    Se realmente repararem a china estraga o mundo…
    A china vende e controla mercados e monopolios.
    O senhor trump faz bem em acabar com o monopolio chines.
    Até porque se os chineses controlarem o mundo seremos todos escravos deles.
    O sr. Trump so fez uma coisa errada foi meter 100milhoes de dolares do bolso dele para eleiçoes e pedir 5mil milhoes de injecçao de capital para a construçao do muro do mexico…
    Ora a familia dele, bem como ele sao milionarios da contruçao… Acho que ta tudo dito… Mas…
    Espero eu que um dia esqueçam a ideia maluca da parte electrica.
    Acredito que é preciso muitos materiais e com carros a hidrogenio há menos poluiçao com peças esgotadas, estragadas comparado com o electrico.

  32. orgasmo says:

    eu tudo o que é noticias referente ao trampas, já nem ligo, meteram um homem de negócios a governar um país ai tem o resultado, quando for a eleições pode ser que coloquem lá um politico e as coisas tomem outro rumo…

  33. Joao says:

    Alguém diga ao Trump que os carros elétricos “já funcionam”.

    • Rafael says:

      heheheh, boa.

    • Md says:

      O donaldo tera alguma razao…se e quando 15/20% dos automoveis fessem electricos as actuais redes electricas entrariam em colapso . Nao se consegue produzir energia suficiente. Ver o caso da miniraçao de bitcoins que consomem mais energia que Portugal. Futuro e HIDROGENIO.

      • Joao Morgado says:

        Ainda a semana passada estive a fazer um estudo para um loteamento onde serão necessários 3 PT’s. Achas que a EDP vai dizer: “Temos pena, mas não temos potência disponível para o loteamento” ? Logicamente que não. O promotor vai pagar os 3 postos de transformação e os encargos necessários e a EDP vai expandir a rede de média tensão para alimentar os PT’s.
        Portanto, a rede elétrica não é estática, é dinâmica e está sempre em crescimento para acompanhar o consumo elétrico que também está sempre em crescimento. Há medida que os VE’s forem introduzidos no mercado, sempre que se justificar, a rede vai ser ampliada para dar resposta ao consumo, sem qualquer problema e sem entrar em colapso. Já tenho visto este argumento aqui no forum, mas é um argumento que não tem qualquer fundamento.

        • Pois says:

          A produção de electricidade em Portugal tem limites…

          • Joao says:

            Tem limites em Portugal e em qualquer outro país do mundo.
            É uma das grandes questões da humanidade neste momento, o consumo energético. Mas não vai parar de crescer.

            Dizer que os carros elétricos não têm futuro por causa da rede elétrica é o mesmo que dizer à uns anos atrás que as máquinas de lavar roupa ou loiça não teriam futuro devido à falta de energia nas redes.
            Especialmente aqui em Portugal temos um potencial brutal com a energia fotovoltaica.
            O que eu pessoalmente gostaria de ver implementado era uma rede elétrica abastecida por micro geração descentralizada, leia-se painéis fotovoltaicos em todos os prédios e moradias do país, a injetar energia barata e limpa na rede. Infelizmente para já ainda há muitos lobbies a impedir a penetração generalizada das fotovoltaicas. Entre outros problemas, é vergonhosa a diferença no preço entre o kwh vendido à rede e o kwh consumido à rede.

  34. Rafael says:

    pplware é comunista. Sofistas, melhor dizendo.

  35. Rodrigo says:

    Volta Sócrates. Estás perdoado. O povo não gostou de ti porque querias mudar o país para algo melhor. Para o tuga isso ia dar muito trabalho e como o tuga não gosta de trabalhar mas sim esperar sentado para que as coisas aconteçam, acabaram por te queimar.

  36. qwertyuiopus says:

    É tudo a alimentar lobbies enquanto pensam que vão salvar as plantinhas.

    Enquanto se continuar a incentivar ao fabrico a torto e a direito e respectivamente ao seu consumismo, as teorias pro-EV vão por água abaixo.

    Desde a desbastação de recursos naturais até ao processo de fabrico, o impacto ambiental no fabrico de um EV, é bem maior que a vida útil de muitos carros com motor de combustão interna a circular por aí fora.

  37. informado says:

    Aprecio o Trump como empresário e presidente mas quanto a isto discordo em absoluto de Trump.

  38. Joe says:

    Os carros eléctricos, baseados na actual tecnologia de baterias, terão um impacto grande mas ainda não decisivo.
    Talvez quando tivermos baterias sólidas se dê a verdadeira revolução.
    Hidrogénio talvez seja mais promissor enquanto tecnologia de massas.

  39. Mrsrosa55 says:

    Os carros eléctricos só serão amigos do ambiente se a energia eléctrica que consomem for produzida ecologicamente; de contrário é uma farsa. Além disso, há que considerar que as baterias são altamente prejudiciais ao meio ambiente.

    • Filipe Ezequiel says:

      Alguém sabe quanto custa uma Wallbox (sem Wallbox não é possível carregar carro em casa) e o tempo mínimo que demora um veiculo destes a carregar em casa? Gostava de saber se alguém tem veículos elétricos e se já tem este sistema instalado em casa e os consumos energéticos que despendem neste processo todo, obrigado.

      • Bruno says:

        1000€ com instalacao e ate algum tempo era subvencionado pelo estado, ou seja ”ofereciam” na compra da viatura
        Segundo podes carregar o carro numa tomada comum 220v monofasica tens adaptadores para o efeito, obviamente vai demorar muito mais…mas isso parece me logico

    • rodrigo says:

      As baterias serão reutilizadas ou em ultimo caso recicladas. Nao irão para o lixo

  40. Júlio Gomes says:

    Segundo na teoria do Trunp ainda devíamos estar no tempo dos fuinstons com os carros de pedra! Porque alguém inventou os de madeira e se o Trump mandasse nesse tempo tinha-o mandado enforcar! Afinal de pedra eram mais resistentes! A Tesla pode não ser a Ferrari ou outra qualquer marca poderosa, mas teve o mérito de fazer com que os interesses instalados tremessem e comecem a correr atrás da Tesla! Antes do petróleo já existia a cera, o azeite e a força animal! E tudo ficou para trás! Viva o futuro com os sem trampa

  41. ACS says:

    O homem apenas disse que ir full eletrico é um error e que não vai funcionar. tem razão, é um risco enorme mudar o portfolio todo para uma tecnologia que está está verde.

  42. ked says:

    Quem souber o que fala sabe bem que as baterias não são o futuro para os veículos elétricos. O hidrogénio sim, esse é solução quando usado com as fuel cell. O hidrogénio tem uma densidade energética 200 vezes superior às baterias atuais, demora 5 minutos a carregar um depósito que permite uma autonomia de 600 kms. Além disso, o hidrogénio é o elemento mais abundante no universo. O único problema do hidrogénio é a sua produção. A produção de hidrogénio além de necessitar de grandes quantidades de energia possui atualmente baixos rendimentos. No entanto, penso que essas questões serão ultrapassadas. Armazenar energia elétrica sempre foi e será muito complicado daí o seu armazenamento noutras formas de energia. Não é por acaso que os principais fabricantes de automóveis não abandonam a tecnologia das fuel cell (Hyundai, Toyota, etc.) e o Pentágono vai lançar em breve veículos a hidrogénio (fuel cell) para o exército. No entanto, num futuro longinquo nem serão as baterias nem as fuel cell que vingarão, mas isso agora não interessa!

    • Bruno says:

      Vai lá tomar o chazinho e a dose de cavalo porque andas alucinar forte

      Vítor aserio tens de pôr um travão nesta locura. O Pplware através dos comentários espalha mais teorias da conspiração que os sites da IURD todos juntos

      • ked says:

        Na falta de conhecimentos e argumentos o que se faz? Insulta-se!

        A engenharia não é uma moda. Infelizmente a engenharia, como em quase tudo neste país, transformou-se num meio para muitos que pouco sabem tentarem parecer que sabem e com isto procurar visibilidade.

  43. Jose Pinto says:

    O site da associação dos utilizadores de veículos eletricos tem resposta para muitas das questões apontadas.

  44. Jorge says:

    Há aqui muita gente que precisava de largar as drogas… Ou então dedicarem-se à comédia. Farto de rir com algumas teorias.

  45. Tiago Ventura says:

    isto na cabeça de algumas pessoas o Trump tem de ser obrigatoriamente um parvalhão, por mais correcto que esteja… nota-se que os meios tradicionais de comunicação estão a fazer o que lhes pagam para fazer… eu queria ver certos “iluminados” no lugar dele onde aqui só servem para fazer numero nos grupos dos coletes amarelos do facebook e não poe o cu fora de casa pra fazer nada… voçês não servem para ajudar a mudar o vosso país quanto mais a américa, por isso CALEM-SE E DEIXEM TRABALHAR QUEM SABE! tenho dito!

  46. Mac says:

    É tudo pelo Dinheiro.
    Apenas e só pelo dinheiro!
    Os Loobystas e os Iluminatii que o digam…
    Há que manipular o cérebro das massas menos instruídas e mais vulneráveis, pois essas sempre irão deixar-se explorar de uma maneira ou de outra pelos (des)governos suportados pelo $-$-$-% Capital dominante.
    Carneirismos aziados na fila da tosquia fazem o pleno da vontade destes poderosos agentes; Calem, continuem anestesiados, comam essa ração, deixem tosquiar toda a lã e restantes elementos aproveitados até ao tutano para lucro da seita.
    Informem-se, reflitam, analisem e pensem por cabeça própria.

    • Nuno V says:

      Sim, é tudo pelo dinheiro. Por isso é que a indústria petroleira, entre outras indústrias gastam fortunas para mudar a opinião pública que o aquecimento global anthropogénico não existe.

      Tu colocaste um vídeo do Patrick Moore, indicando que este é ex presidente do Greenpeace, para passar a ideia que este se preocupa com o ambiente. Não mencionam é que este após a sua saída do Greenpeace fornece serviços de consultoria a empresas responsáveis pela poluição do planeta.

      Parabéns por seres comido de lorpa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.