Quantcast
PplWare Mobile

Renault poderá vender parte da participação na Nissan para financiar a gama elétrica

                                    
                                

Autor: Ana Sofia Neto


  1. says:

    Podem escrever aí no caderninho , para mais tarde consultar e comprovar…

    A Europa tal como a conhecemos hoje… já foi… deixou-se entalar.

    Vai ser a doer daqui para a frente , aumento do custo de vida e perda de influencia no “teatro mundial”, submissão ao bloco que se irá formar com os anglo a dominarem deste lado, do outro lado a china e russia e demais asiaticos nao subjugados pelos anglo… um dia iria acontecer, o comboio começou a sua viagem.

  2. TT says:

    O Luca De Meo tem de ir embora da Renault! Pensa que a Renault é a Seat! Com ele a Renault só se está a tornar num pequeno construtor, quer dividir a empresa e cortar no patrimônio da mesma, em vez de a fazer crescer tanto a nível de vendas como em número de marcas dentro do Grupo Renault!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.