Quantcast
PplWare Mobile

Reino Unido acusa grupo chinês apoiado pelo Estado de ciberataques à Microsoft

                                    
                                

Fonte: The Guardian

Autor: Ana Sofia


  1. David Guerreiro says:

    A UE baixa logo as calças aos chineses, e amacia a coisa.

  2. Carlos Fernandes says:

    Mas, mas o Programa não é da Microsoft?..Não deve a Microsoft assegurar que isto não acontece? Se a Microsoft não consegue dar garantias de segurança, porque é que as empresas estão dispostas a pagar pelos seus programas? Voltando ainda a outra notícia publicada no PPlware, será que os ” hackers chineses ” compraram um software de espionagem à empresa israelita e esta a fazer um simples test drive??

    • Miguel says:

      Existe algum programa seguro?
      Lol nem a NSA que tem o maior investimento do mundo em cybersegurança.

      • Zé Fonseca A. says:

        Maior investimento do mundo em cibersegurança é o DoD 8.5B por ano de um total de 15B para todo o governo US.
        NSA investe mais em controlo e monitorização e hacking do que segurança, é como uma CIA mas mais techie e com maior secretismo.

  3. jorge says:

    Os europeus abriram a boca porque têm as costas protegidas pelos usa, o europeus baixam as calças a todos, sao como a folha do olmo da-se para todos os lados, os europeus ja foram comprados pelos chines, mas andam sempre aos beijos aos usa para os defenderem, os europeus sao uns vira latas.

  4. jorge says:

    A microsoft nao vale 1 centavo, ja que tem o poder cortava-lhe o sistema operativo que os deixava as escuras.

  5. jorge says:

    A europa e os usa se nao querem ter ciberataques que expulsem a china e a russia da uniao internacional das telecomunicaçoes, depois ja nao sao ciberatacados, foça china e russia, eles europeu e usa se puderem fazem bem a perninha deles.

  6. jorge says:

    Os europeus e os usa que apredam.

  7. ivo says:

    É altura para questionar o motivo da detenção do Julian Assange ou a fuga do Edward Snowden. Ou o motivo do telemóvel da Angela Merkel é controlado por um país “amigo e parceiro”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.