Quantcast
PplWare Mobile

Tags: reino unido

Reino Unido retira o acesso da Rússia à arquitetura de chips ARM

Estamos a caminhar a passos largos para o terceiro mês da guerra da Rússia contra a Ucrânia, e, infelizmente, parece que o conflito não tem um fim à vista. No entanto, continuam a ser aplicadas várias sanções ao país de Vladimir Putin com a intenção de massacrar a economia e o crescimento da região em diversos setores.

Recentemente, o Reino Unido avançou com mais sanções à Rússia ao adicionar 63 entidades do país à ‘lista negra’. Entre as empresas estão as duas fabricantes de chips mais importantes da Rússia que, assim, ficam agora sem acesso à arquitetura ARM.


Primeiro aeroporto para carros voadores foi inaugurado no Reino Unido

Sim, leu bem o título e não há nenhum engano. Foi realmente inaugurado no Reino Unido aquele que é o primeiro aeroporto destinado aos carros voadores.

No entanto, e talvez como será compreensível, as novas instalações ainda não estão abertas ao público e nenhum carro voador poderá, para já, descolar no espaço designado Air-One.


Marrocos vai instalar um dos cabos submarinos mais longos do mundo para enviar eletricidade

A guerra imposta pela invasão da Ucrânia e as sanções à Rússia vieram mudar o paradigma mundial do consumo de energia e a obtenção da mesma. Como tal, os países intensificaram a procura de novas soluções. Com um total de 3.800 quilómetros e uma potência de 1,8 GW, Marrocos vai estender, juntamente com a Grã-Bretanha, um cabo submarino com o qual pretende abastecer mais de 7 milhões de habitações.

O Reino Unido chegou a um acordo com Marrocos para obter eletricidade a partir da inesgotável energia fotovoltaica disponível para o país africano.

Ilustração de cabo submarino para transportar energia


Netflix aumenta o preço no Reino Unido para até 21 euros por mês

A Netflix é um serviço de streaming no qual, atualmente, muitas das pessoas em todo o mundo têm conta. A plataforma disponibiliza centenas de conteúdos, desde séries, filmes, documentários e tem sido a companhia perfeita para passar os fins-de-semana, isolamentos, férias, finais de dia, entre muitas outras ocasiões.

Mas, também isto se paga. E segundo as novas informações, a Netflix aumentou agora o preço da sua assinatura no Reino Unido e na Irlanda, a qual passará agora a custar até 21 euros mensais.


Reino Unido não deve responsabilizar os condutores pelos erros da condução autónoma

A condução autónoma é a grande promessa da indústria automóvel. Apesar de não ser ainda o caso, por estarem já alguns em desenvolvimento, em breve, poderemos conhecer uma grande panóplia de opções. Uma vez na estrada, duas comissões do Reino Unido sugerem que os condutores desses veículos não devem ser responsabilizados pelos erros cometidos pelo recurso.

As comissões acreditam que a responsabilização das fabricantes poderá resultar numa maior preocupação com a segurança.

Condução autónoma