Quantcast
PplWare Mobile

Ucrânia capturou sistema de guerra eletrónica russo. Jackpot para os aliados?

                                    
                                

Autor: Vítor M.


  1. Luís Silva says:

    Já ajuda e muito! 🙂

  2. Manso says:

    Daqui a bocado já está a arder…

  3. jorge santos says:

    O tresloucado do Putin deve estar a berrar no Kremlin: “CYKA BLYAT”!!!

  4. Mysta says:

    Aliados? Mas quais aliados? Isto não é a 2ª guerra, isto é só a Rússia e a Ucrânia. Não há aliado nenhum

    • Dhy says:

      Infelizmente tenho de concordar com o teu comentário…

      Tens toda a razão.

      Antes deixassem de ser cobardes e com interesses no gás e o petróleo, é ajudassem efectivamente a Ucrânia.

      • Manso says:

        Ajudar a Ucrânia? Em quê? Assassinar mais 20, 30, 40 mil civis? É isso?

        • Samuel MGor says:

          Tens de tirar a pala dos olhos!! Não é a Ucrânia que ataca os civis!! Deixa de ser pró-Rússia que isso só mostra que não tens um pingo de humanidade!! Já agora tenho uma novidade só para ti… A elite russa quer matar (literalmente) o Putin. Só mostra que os russos sabem que o exercito russo anda a matar civis.

          • Nuno V says:

            “Não é a Ucrânia que ataca os civis!!” Estás querer a dizer que os mais 14 mil civis, da zona de Donbas, mortos pelo governo da Ucrânia desde 2014, na realidade não morreram?

            “A elite russa quer matar (literalmente) o Putin.” Querem nada, se estes o quisessem fora, este já não estava lá.

            “Só mostra que os russos sabem que o exercito russo anda a matar civis.” Não duvido que se existirem civis entre o exercito russo e o objetivo a atingir, que os segundos vão atacar sem qualquer preocupação pelos primeiros. Mas o exercito russo não é o único que opera assim. Basta olhar para o número de mortes civis ao fim de um mês da invasão do Iraque, ou da Líbia.

          • FMPM says:

            E quantos os separatistas de Donbas mataram? Isto é tipico da propaganda russo. Esquecem-se que este separatistas até com um míssil abateram um avião civil. E 14.000 justifica atacar 40 milhões e reduzir cidades a escombros. Que lógica retorcida.

          • Nuno V says:

            “E quantos os separatistas de Donbas mataram?” Segundo a própria ONU, portanto não estamos a falar de nenhuma propaganda Russa, a quase totalidade dos mortos durante a agressão pertencem aos “separatistas”.

            “Esquecem-se que este separatistas até com um míssil abateram um avião civil.” Na guerra acontecem sempre erros. Ou será que os EUA também abateram em 1988 um avião civil de propósito?

            “E 14.000 justifica atacar 40 milhões e reduzir cidades a escombros. Que lógica retorcida.”
            Eu não disse que justificava. Mas eu dou-te a minha resposta, não justifica, ponto final.

          • Miguel Real says:

            Tambem eras assim com os Americanos na guerra do Iraque, (não a do Kuwait), e muitas outras? a do Vietnam começou com um falso ataque a um navio americano feito por eles proprios, declarações de militares americanos é apenas um exemplo. Pessoalmente não me agradam nem Russos nem Americanos mas como muita mais malta aqui diz e o Povo Ucraniano? porque as elites estão bem. e eu se fosse Ucraniano faria parte do Povo. Não não sou comunista nem isso existe na realidade não não sou ultra-capitalista-radical mas isso existe na realidade.

        • Nuno Silva says:

          Deves ser daqueles que anda com um pin do Puttin o dia todo.

        • João Carvalho says:

          Abre os olhos rapaz….

    • ogajofixedosul says:

      Mysta e seguintes:
      – a guerra é a Rússia (e em parte China/Coreia do Norte) vs. mundo ocidental (do qual NATO faz parte)
      – os “aliados” são quase os mesmos dos da 2ª guerra

      Neste caso a NATO/OTAN estão a agir de forma inteligente > em vez de serem cowboys e atirarem mísseis, bombas, etc., estão a fazer guerra económica + psicológica + política que a longo prazo é muito mais eficaz e dói mais ao Putin.

      Aqui a malta fala, fala, fala, muitos heróis, “há que ir para a guerra, NATO ataca…” etc.

      PORTUGAL faz parte da NATO, se há guerra com bombas e mísseis, os militares portugueses terão que ir morrer pela pátria/NATO e a Rússia e aliados pro-russos podem enviar mísseis para PORTUGAL (e toda a europa) > logo acabamos todos por sofrer na pele. E se morrem muitos soldados toca a chamar TODOS os jovens para ir para a guerra, mesmo os que não têm formação militar!

      Portanto, opinar atrás dum teclado no conforto da casa é super fácil! Ó malta jovem, saiam dos joguinhos e caiam na real! A guerra de que falamos é aquela que cai uma bomba e arranca-vos um braço, perna, olho ou mesmo a vida; é aquela que vos tira os entes queridos e é aquela em que um russo pode violar-vos/vosso(a) parceiro(a)!!! Não é um jogo!!!

      • Pedro says:

        Sabes que as sanções económicas não vai fazer mossa ao Putin, que se precaveu antes de iniciar a ofensiva na Ucrânia, mas sim ao povo russo.
        Não sou a favor da guerra, de maneira alguma, mas não é olhar para o lado que ajudamos a resolver o problema de um Hitler do século 21. E as sanções não fazem efeito enquanto dependermos (Europa) do agressor.
        Para ajudar podemos ajudar, dando material militar a Ucrânia para eles se defenderem eficazmente da Rússia

      • Nuno says:

        Haja alguém lucido por aqui!!!

  5. Força, Ucrânia says:

    Se o sistema existe há mais de uma década, provavelmente, os “camones” já sabem tudo ou quase tudo sobre ele. Em todo caso, é uma captura valiosa. Força, Ucrânia, cheguem-lhes forte e feio!

  6. Gervásio says:

    grande tecnologia parece mais o barraco do lelo aqui perto de minha casa

  7. AlexX says:

    Queijo. Assim que o morderem e tentarem ligar aquilo, segundos depois apanham com um míssil em cima.

    • ogajofixedosul says:

      Sim, porque a Rússia ia gastar um míssil para matar 2 ou 3 tipos que estão a investigar o aparelho… e claro, eles vão analizar o aparelho sem primeiro desconectar fontes de energía, testar emissões… LOL mais um que comenta

      • AlexX says:

        E porque não? Não seria 1, 2 ou 3 tipos quaisquer investigando a sucata que deixaram, seriam à partida técnicos com equipamento. E não seria um míssil nuclear, basta algo pequeno que exploda e lance detritos numa área de 100m2, não é preciso mais.

  8. Profeta says:

    Esta guerra parece uma autentica divulgacao de eventos.

  9. eu2 says:

    Ganham o quê com isso?

  10. Douglas says:

    Uma coisa é capturar. outra, bem diferente, é poder usar. Certamente, esses dispositivos de segurança só podem ser utilizados por pessoal habilitado e com a chave mestra para operá-lo.

    • FMPM says:

      Sim, talvez. Mas podem ser analisados e serem criadas contra-medidas para os tornar ineficazes ou então contra-medidas para os desabilitar.
      Por alguma razão estes equipamentos costumam ser bem guardados.

  11. SC says:

    Anda tudo louco! Não consigo entender tanta excitação. Na gerra todos perdem… não existem bons nem maus.
    Joseph Goebbels ministro da propagana Nazi arrastou(ajudou) o povo Alemão à destruição durante a segunda gerra mundial. Espero que o Senhor Victor e outros não queiram fazer parte desta grande maquina que está montada e que formata as pessoas e que é super tendenciosa e que ainda nos vai arrastar para uma gerra que não é nossa. Espero que do outro lado sigam o mesmo caminho, já que o odio não leva a lado nenhum. Amor e paz para todos.

  12. Joao Torres says:

    Uma coisa é certinha, na Guerra não ganha ninguém, mas pode-se perder feio e isso é o que está a acontecer à Rússia. Vergonha este “poderio” Russo, para quem dizia no inicio da Guerra que Kiev seria tomada em 4 horas. LooooooooooooL aos Russos. Não há quem tire a tosse ao Putin e sendo assim vamos continuar a ter vidas inocentes a perderem-se dos dois lados 🙁 🙁 inacreditável a estratégia de terror de Moscovo, pois a cada hora que passa, só ouvimos que aquele assassino atira para bairros de habitação com a desculpa de que eram locais estratégicos militares…… é uma autêntica estratégia de terror e medo a inflingir aos civis. 🙁 🙁

    • Godlike says:

      Vergonhoso é esse comentário.
      Tu por acaso percebes alguma coisa de estratégia militar?
      Por esse comentário vê-se perfeitamente que não.

      Se a Rússia realmente quisesse é, fosse como os Estados Unidos (destruição total por onde passam), o serviço já estaria feito… No entanto a Rússia está a tentar evitar o máximo de casualidades possíveis, por isso cercam os ucranianos e depois recuam e mantêm a posição, deixando os Ucranianos sem suprimentos/munição e sem capacidade de reabastecer, até que eles não tenham escolha a não ser render ou então entregarem-se à sua morte iminente.

      • Godlike says:

        Na verdade, esta é a narrativa que a imprensa ocidental gosta de contar e tu, assim como tantos outros seguem o rebanho sem questionar nada. Realmente a verdadeira guerra é a de informação.

        Se pensares um pouco vais perceber o porquê de eles estarem a criar esta narrativa de que a Rússia está a fracassar…
        A Rússia já ganhou a guerra, todos os pontos de interesse estão cercados é só uma questão de tempo para os Ucranianos. O que se está a passar é que eles estão a tentar ganhar mais tempo, na esperança de que os EUA e os seus lacaios da NATO os venham ajudar…
        A imprensa ao criar esta narrativa que a Rússia está a fracassar, estão apenas a criar um precedente para um “false flag” , muito provavelmente vão usar armas químicas contra o seu próprio povo e vão culpar a Rússia, já que segundo eles a Rússia está “desesperada”.
        Não é muito difícil de entender, é bem simples na verdade.
        De qualquer forma não interessa, a Rússia está muito bem preparada para a NATO e Estados Unidos, tal como já demonstrou.

        E não me venham falar de moral, pois vários grupos na Ucrânia apoiados pelo governo fizeram vários ataques contra o seu próprio povo durante os últimos 8 anos matando milhares de pessoas, onde estava a moral para resolver o assunto? Pois a Rússia já reclama disso a muito tempo…

        A Ucrânia é a máquina de branqueamento de capitais internacional das elites, corrupção atrás de corrupção, já para não falar nos laboratórios bioquímicos dos EUA (como provado, embora a imprensa não admita).

        Eu não estou a dizer que sou a favor da guerra, preferia que a situação fosse resolvida diplomáticamente, mas sendo que não houve interesse por parte dos envolvidos, eu compreendo os motivos da Rússia.

        • FMPM says:

          Relativamente aos false flags. Os Estados Unidos avisaram sobre a invasão, os russos desmentiram e chamaram paranóia… Poucos dias depois… Surpresa… Os russos mentiram com todos os dentes. Por isso sobre as false flags estamos conversados… Os russos mentiram com todos os dentes…

          • Godlike says:

            A imprensa treinou-te bem, estou a ver.

            Vamos a ver então quem tem razão.

          • Godlike says:

            E claro que os Estados Unidos já sabiam… como sempre as guerras servem sempre para o lucro deles… deve ser apenas coincidência o artigo que saiu hoje aqui na pplware “UE e EUA anunciam nova parceria para diminuir a dependência europeia da energia russa”.

          • Memória says:

            É compreensível que os russos não queriam dizer se – e como – e quando (hora e minuto) entrariam na Ucrânia, pois isso são dados militares muito importantes.

            Também não é completamente correto falar de “invasão”. A princípio vai dar ao mesmo, mas um ataque a um pais/ parte de exército é diferente de uma ocupação, que é geralmente o propósito de uma invasão.

            Falamos (eu pelo menos tento lembrar-me sempre de o fazer) da *invasão do Iraque”, mas do *ataque à Sérvia* e não de invasão da Sérvia

      • jota says:

        entretanto os civis levam por tabela… pois esses tb deixam de ter acesso a energia e água, acreditas que essa estratégia não mata civis?

        • Godlike says:

          Claro, por isso eu disse que não sou a favor de guerras.

          Mas como achas que seria se a Rússia não interviesse agora? Achas que seria melhor uma guerra global?

      • FMPM says:

        Primeiro, os russos estão a usar a técnica da terra queimada agora, Mariupol é um bom exemplo. Tal como fizeram em Grozny e em Aleppo (sim foram Russos).
        Depois a estratégia deles baseava-se em invadir em 2 dias e o poder político e militar caia, correu-lhes mal. Depois quem percebe realmente de estratégia vê que os russos estavam mal preparados para sentirem resistência que nem preparam logística suficiente. Os libertadores afinal são invasores e os Ucranianos não os querem lá.

  13. antonio duarte says:

    Aliados ?? Quais Aliados meus amigos ?? eu não considero Neo-Nazis nossos aliados, e se alguns de voces consideram……..TRATEM-SE !!!!!!!!!!!

    Acolher o pobre Povo Ucraniano (que não tem culpa da guerra) não é a mesma coisa que apoiar o governo corrrupto da ucrania !!!

    https://www.youtube.com/watch?v=NiRXysVrJ-s

    https://theintercept.com/2022/02/24/ukraine-facebook-azov-battalion-russia/

    • Vítor M. says:

      São aliados, goste o António ou não. E neste momento o país invasor, criminoso, é a Rússia. A Crimeia e as cidades da região de Dunbass foram invadidas anteriormente também não são da Rússia. Também aí, onde dizem ter havido investidas da força Azov, é Ucrânia. E como pode o António estar ao lado de um país como a Rússia quando este país está a chacinar civis? O António não pode consumir uma realidade paralela.

      • Memória says:

        “. . . E neste momento . . .”

        Memory is not strong with this one

        • Vítor M. says:

          Não, não percebo esse teu lado de apoio ao massacre. Deves ter um prazer estranho ligado ao sofrimento dos civis que são massacrados pelos russos. Russos, os invasores, os criminosos. Não o povo da Rússia, esse é povo trabalhador, que é amordaçado pelo comunismo e pela ditadura. Como tenho visto a defenderes. Acho estranho haver pessoas assim. Acho!

          • João Carvalho says:

            O governo russo não é comunista, o resto é verdade….

          • Vítor M. says:

            Partido Comunista da Federação Russa… isso é inegável…

          • PJA says:

            Sr Vítor o Sr Putin é do partido Rússia Unida um partido conservador, de centro-dieita.

          • Vítor M. says:

            Não sou eu que o digo, aliás se ouvir os especialistas eles dizem mesmo que o conservador Putin tenta tornar-se ‘herdeiro’ de Stalin. E Josef Stalin foi um revolucionário comunista. Não sou eu que o digo. E é uma verdade que vemos destes tiques comunistas de outrora aqui em Portugal, no PCP. Também não sou eu que o afirmo, basta ler o que dizem os “especialistas políticos de Portugal”. Além do que “nega” o próprio partido sobre o que se está a passar e que tem uma resistência terrível na condenação à chacina. Também não sou eu que o digo.

          • Nuno V says:

            Os “especialistas” dizem, conclusão, é verdade.

          • Vítor M. says:

            Não, só é verdade quando fores tu a dizer. As mortes mostradas, só assim serão quando tu disseres que são, até lá é propaganda. Os refugiados, só o serão quando u disseres que são refugiados, até lá é propaganda, foram dar um passeio.

          • Nuno V says:

            Não estávamos a falar de número de mortes nem de refugiados, pois não?

          • Nuno V says:

            Não, não estamos.

            Estamos a falar de Putin ser o herdeiro de Stalin. Stalin era de facto um revolucionário comunista, Putin é um liberal.

          • Vítor M. says:

            É um ditador herdeiro das políticas stalinistas. Stalin é sinónimo de um regime comunista.

          • Nuno V says:

            Mas Putin não é comunista, e tanto que não o é que foi um dos responsáveis pelo fim do bloco de leste e pela entrega da economia novamente aos capitalistas.

          • Vítor M. says:

            É um ditador dentro de uma federação comunista. Onde o povo, bom povo, é amordaçado. Um invasor que abanou com a bandeira do nuclear para ter livre trânsito para chacinar um país que seguia o seu caminho da liberdade.

          • Memória says:

            Vítor:

            Não podes ser levado a sério com este discurso.

            De facto penso que estás a gozar connosco. Estás a trollar mais que evidente, tenho a certeza, e devíamos apresentar queixa tua.

            De tanto rir já caí da cadeira e quase parti uma perna.

          • Vítor M. says:

            Ris quando outros choram, não me admira.

          • Nuno V says:

            Que federação comunista? A RSFSR já não existe, foi extinta em 1991 em prol da atual FR. Também quem detêm o poder não é o PCFR, mas sim o RU, um partido de direita e o partido de Putin. Lê um bocado antes de dizeres disparates.

          • Vítor M. says:

            O que tu vais buscar para tentares justificar.

          • Nuno V says:

            O que pensas tu que eu estou a tentar justificar?

          • Miguel Real says:

            O Vitor M. espera algo um pouco melhor de Si !!! tambem é assim quando os Americanos cometem atrocidades??? ninguem me parece imparcial mas chamr comunisto ao actual estado da Russia nem forçado é é mesmo irrealista nem na Cina existe comunismo nem na Coreia do Nrote existe é Imperalismo e Ditadura mas nos EUa tambem existe imperalismo e no Uk e na França a prova são os paises que podem e se separam do commonwealth ou dos territorios ultramarinos franceses e os que não podem continuam, pois é a França ainda tem colonias em todo o mundo. Viva o Povo Ucraniano e que se lixem as elites da treta.

          • Vítor M. says:

            Não tenho de agradar a todos e não compactuo com certas manhosisses de pessoas que para ser do contra até apoiam esta matança russa, com argumentos “ai e os americanos também…” Ó meu amigo, eu quero lá saber se são americanos ou russos, eu condeno veemente este tipo de ações, estas chacinas, seja na Ucrânia seja na Síria ou noutro qualquer país. Sejam elas de que lado for.

            Agora, termos às portas da Europa um país onde um autocrata, um déspota, manda e desmanda colocando mesmo a existência do planeta em causa… não compactuo. Claro que não. Se os comunistas espalhados por esse mundo fora “apoiam”, como aconteceu aqui em Portugal, onde o PCP tem uma trave que impede de condenar esta matança, apontando sempre culpas a terceiros, como justificando esta chacina, desculpe, não percebo para que existe o comunismo.

            Que ainda está forte na Rússia… está e sabemos muito bem que está. Fora isto, meu caro, faço minhas as suas palavras “Viva o Povo Ucraniano e que se lixem as elites da treta.”

          • Memória says:

            Como nem todos parecem ter a língua portuguesa como a primeira está aqui um poema que explica (em parte) o papel da mídia no que se está a passar – e que se passou também com o caso Covid.

            *QUERO SUBLINHAR QUE NÃO QUERO DIZER QUE SE APLICA AO VÍTOR M. e ao PPLWARE*.
            mas certmaente à esmagadora maioria da mídia “ocidental”

            To a Journalist Dying Old
            March 17, 2022 David Martin

            A.E. Housman’s “To an Athlete Dying Young” paraphrased

            When the news you did distort
            With your spook-approved report,
            The boys at Langley gave a cheer
            And helped you with your press career.

            Through the ranks you quickly rose,
            Pouring out your tainted prose.
            You gained riches; you had fame.
            We knew your face; we knew your name.

            You did what you had to do,
            And those around you did it, too.
            You played the game; you knew the score.
            Now your old byline is no more.

            Too bad you chose to swell the rout
            Of those who sold their country out,
            Who took their silver shamelessly,
            While we lost our liberty.

            There were those who smelled the rat,
            But you would have none of that.
            You brushed off their valid claims.
            Then you archly called them names.

            “Paranoid” you said they were
            And let your audience infer
            There was no fire behind the smoke
            When you knew that was a joke.

            The flames of the corruption fire
            Day by day are climbing higher,
            But the world that we now face
            Is cool beside your resting place.

            David Martin
            ———————————————————————————–

          • Vítor M. says:

            Aqueles que viam imagens dos doentes a cair, mortes aos milhares, e assobiavam para o lado (com teorias mirabolantes, os antivacinas, os antivírus… até!). Essa propaganda não cola. Mas como em qualquer sociedade alguns só são notados por serem do contra… que outra desculpa terias? Não achas? Não estou a dizer que sejas tu, um caso destes, claro.

        • Memória says:

          Deves compreender que quem começa o seu discurso com “. . . E neste momento . . .” desclassificou-se totalmente a meus olhos.

          continuando …

          Onde(!) é que me viste a apoiar “o massacre” ???
          Faz o favor de apontar o mais pequeno indício do meu apoio ao “massacre”

          “O povo da Rússia”
          Conheces a história, a cultura e a alma russa?

          “comunismo e ditadura” ???
          Onde é que me viste a defender isso? Mostra!

          QUEM e COMO te fez acreditar estas monstruosidades?

        • Nuno V says:

          Sim, sofro de amnésia. Ajuda-me e diz-me lá o que eu estou a tentar justificar.

          • Emanuel says:

            Vítor M. desde 1991 que a Rússia não é liderada por comunistas.
            Putin é um autocrata.
            Putin é, também, lider de um regime ditatorial, como Stalin foi.
            Putin não é o regime comunista.

            De nada.

          • Vítor M. says:

            Se essa classificação da federação russa te ajuda, por mim. Agora, estamos a falar da federação comunista russa.

          • Nuno V says:

            Não, estamos a falar da federação russa, comandada pela Rússia Unida, um partido de direita, e que desde a dissolução da URSS adotou como sistema económico o capitalismo.

          • Vítor M. says:

            Estamos a falar em todo o poder na Rússia que lidera o país e apoiou esta guerra. Isto é, a federação russa… comunista. Não há como dissociar. É a doutrina, são os métodos de Putin, são as regras que ainda hoje vigoram na gestão de um país e na mordaça social e económica. Putin até pode parecer um transfigurado autocrata, mas porque tem quem o apoie, quem sustente financeiramente essa política.

          • Nuno V says:

            Resumindo, são sabes do que falas. A tua definição de comunismo é tudo aquilo que não gostas. Já agora, a Arábia Saudita também é comunista? Afinal de contas possuem uma mordaça socioeconómica que envergonha a Rússia, e também se encontra numa guerra de agressão contra o Iêmen à mais de 7 anos, isto para nem falar da constante violação da declaração universal dos direitos humanos.

          • Vítor M. says:

            Bom, se queres baralhar os assuntos.. para fugir ao assunto…

          • Nuno V says:

            Nao é baralhar assuntos, é curiosidade. Afinal de contas tu dizes que um país é comunista, quando este é governado por uma força de direita, que a aquando a dissolução da URSS o partido comunista foi banido, tendo a proibição sido levantada 2 anos depois após várias manifestações pela população. Como tal gostaria que me indicasses o sistema económico na Arábia Saudita. Ela é comunista? É capitalista? É o quê?

          • Vítor M. says:

            “este é governado por uma força de direita” isso é o que ele quer mostrar, a tal propaganda e depois alterna os cargos de presidente e primeiro-ministro, com Dmitri Medvedev. E para isso, Putin conta com apoio, financiamento e armamento concedido a terroristas, dos fanáticos, protofascistas, ditadores, oligarcas, fundamentalistas, traficantes… inúmera o que ao longo destes 20 anos se tem passado.

            Com isto, tal como é amplamente difundido hoje, nos bastidores da atual crise entre a Rússia e Ucrânia, esconde-se o desejo profundo de Vladimir Putin de entrar para a história como o líder responsável por restaurar o status de potência global perdido pela União Soviética com a sua queda em 1991.

            Por várias vezes, muitas, nos últimos anos, vimos Putin em discursos elogiosos ao desempenho da URSS na Segunda Guerra Mundial, inaugurações de memoriais aos heróis do conflito e diferentes processos de integração com ex-repúblicas soviéticas e até vimos uma figura controversa e bastante criticada no Ocidente ganhar destaque entre os russos: a do ex-ditador e revolucionário comunista, Josef Stalin.

            Quem foi Josef Stalin?

            Tenho de te dar razão, a propaganda funciona, és a prova disso.

          • Nuno V says:

            Ou seja, Dmitri Medvedev, outro membro da Rússia Unida é comunista? Nem sequer sei porque razão Putin esteve envolvido na dissolução (e não queda) da URSS. O resto do teu discurso mais parece de alguém que usa um chapéu de latão embrenhado nas teorias da conspiração do QAnon. És um perfeito exemplo do efeito de Dunning Kruger. Dou-te um concelho, estuda mais, fala menos. Passa bem.

          • Vítor M. says:

            Como é normal tu, quando não sabes do assunto, misturas tudo. Tira a “venda da propaganda”.

          • Nuno V says:

            Eu já percebi o teu pensamento. Não concordas com a Rússia, logo é comunista. É basicamente esta definição de comunismo que estás a usar. Acusas as outras pessoas de misturar tudo quando afirmas que pessoas dirigentes de um partido cuja orientação política é bem à direita, mas que são na realidade de esquerda, e não de qualquer esquerda, são comunistas. E porquê? Porque “isso é o que ele quer mostrar”. Estás ao mesmo nível que qualquer outro teórico da conspiração.

          • Vítor M. says:

            Óhhh agora é conspiração 😀 esquece lá isso. Já percebemos que estás embebido na propaganda.

          • Nuno V says:

            Eu é que estou embebido na propaganda. Daqui a pouco também estás a dizer que os nazis também eram comunistas. Vai tratar dessa lacuna de conhecimento que só te fica mal.

          • Vítor M. says:

            Tu dizes coisas dessas, eu não. Por isso invocas essas asneiras, pior é que, por vezes, acreditas nelas. Eu expliquei-te, mas não quiseste perceber.

          • Nuno V says:

            Então vamos lá ver quem está a dizer asneira e afogado em propaganda… Define-me o que é o comunismo e o socialismo. Depois demonstra-me como é que qualquer uma destas se aplica à Rússia do presente. Não estou interessado em retórica, apenas uma definição aceite no campo da ciência politica e factos.

          • Vítor M. says:

            Outra vez? Já foi assunto falado N de vezes. “Nunca discutas com um propagandeado, ele arrasta-te para o seu argumento, e aí ganha-te em experiência”. Portanto, não vou discutir contigo a propaganda… temos visto muita, não vale a pena. Putin ainda vai ser considerado um reformista!

          • Nuno V says:

            “Outras vez?” Foi a primeira vez que te pedi as definições destes termos. De que estás a falar? Mas está mais que visto que não sabes do que falas e ainda vens com acusações. Isto apenas demonstra que não estás nesta discussão em boa fé.

          • Vítor M. says:

            Tu já não tens noção do que estás a dizer. O assunto está longe do seu propósito, mas eu sabia que ias fugir ao assunto.

          • Nuno V says:

            Fugir? Fala aquela pessoa que quando lhe perguntamos algo dança à volta do assunto sem responder. Faz assim, responde à pergunta que te fiz atrás. Define-me o que é o comunismo e o socialismo e como é que qualquer uma destas definições se aplica à Rússia do presente. Se não o fizeres está visto quem realmente está a fugir.

          • Vítor M. says:

            Já respondi a isso. Nota-se que não queres voltar ao assunto, ao Putismo que tens tentado clarear.

          • Nuno V says:

            Não, não respondeste. Mas se achas que já o fizeste cita-me o comentário de resposta. Putinismo não têm nada a ver com comunismo. A primeira é mais próxima do nazismo do que qualquer outra coisa, ou seja, é extrema-direita, bem distante do comunismo.

          • Vítor M. says:

            Sim já respondi, vai procurar.

          • Nuno V says:

            Não, não respondeste, se queres demostrar que estou errado, cita a tua resposta. Eu sei que tu não vais responder porque estás a usar palavras que, evidentemente, não sabes o significado.

      • Técnico Meo says:

        +1111

        • Memória says:

          . .
          Entre as brumas da Memória,
          Ó Pátria sente-se a voz
          Dos teus egrégios avós
          Que há-de guiar-te à vitória!
          . . .

          • Memória says:

            Milan Kundera
            “The struggle of man against power is the struggle of memory against forgetting”

            Milan Kundera, The Book of Laughter and Forgetting

      • carlitos says:

        Apostava que a notícia é falsa !

    • FMPM says:

      Neo-Nazis como o grupo Wagner e o esquadrão Sparta da Rússia?
      Governo corrupto é o Russo, nisso ninguém os bate.

    • Gianluigi Buffon says:

      neo nazis com um presidente judeu mais outro que vai no colo da propaganda russa

  14. HL says:

    É muito triste num país como o nosso, que passou pela pior coisa que existe para um povo que é a ditadura, que muitos dos nossos familiares passaram fome ou que nem se quer ”podiam” falar, que muitos não podiam ir estudar para poderem ajudar a família, haverem pessoas que defendam um regime criminoso como há na Rússia. Triste país este que nunca vai sair disto. Nunca mesmo. Este país sempre esteve e sempre estará condenado enquanto houverem pessoas como muitas que comentam por aqui. Este país nunca evoluirá infelizmente.

    • Faustino says:

      Excelente visão! É disso mesmo que se trata, é que nem é uma questão de liberdade de expressão. É uma questão de não se ter a mínima noção do mundo em que se vive! Muito provavelmente é pessoal que não viveu o período do mundo bipolar e acha que o mundo é jogar call of duty e mandar uns bitaites. Há muito tempo que digo que começa a faltar muita cultura cívica neste país, desde o final dos anos 90 este país anda a soro.

  15. Carlos Pires says:

    Victor M antes de falares ou comentares informa-te primeiro porque o regime atual da Rússia não é comunista mas sim um regime de direita autocrático e fascista

    • Vítor M. says:

      Partido Comunista da Federação Russa… não há como fugir. Os testemunhos de Putin à sua adoração a Stalin e quem foi Stalin?

      • Carlos Pires says:

        Também temos o partido Comunista em Portugal e quem governa é o partido Socialista.

      • Memória says:

        “. . . Os testemunhos de Putin à sua adoração a Stalin . . ”
        Onde estão???

        “adoração” ??????

      • Nuno V says:

        Só porque existe um partido comunista numa sociedade em questão, esta é comunista? Então até os EUA são comunistas.

        Sim, Putin adora Stalin de tal forma, que o primeiro foi instrumental na destruição da união política que o segundo ajudou a criar. É com cada posta de pescada.

        • Vítor M. says:

          Pois claro, não tarda é um democrata. Afinal ele até é um pacifista, está a fazer uma pequena intervenção de segurança na Ucrânia… segundo a propaganda.

          • Nuno V says:

            Putin não é um democrata, nem um pacifista. Mas não vás em tangentes que não era isso que estávamos a falar.

          • Vítor M. says:

            Sabes bem qual é o assunto. Não o tentem branquear.

          • Nuno V says:

            O assunto é se Putin sente ou não adoração a Stalin. Mantenhamo-nos nisto sem ir por caminhos laterais. O que tu respondeste não toca em nada do que eu foi dito.

          • Vítor M. says:

            Já o disse. Um ditador com laivos de Stalin. Um invasor. Um putismo comunista.

          • Nuno V says:

            Um comunista presidente de um país capitalista. Obrigado por esta joia de sabedoria.

          • Vítor M. says:

            Capitalista? Com uma população subjugada e censurada? Altos níveis de corrupção na orla do ditador. Um país invadir. Isso não é capitalismo. Não tarda dizes que a China também é um país democrata. Estamos conversados. Usas qualquer artefacto para desculpar as atrocidades. Não faz sentido.

          • Nuno V says:

            Está visto que não sabes o que é capitalismo. Capitalismo não têm absolutamente nada a ver com a democracia ou ditadura. Capitalismo é um sistema económico caracterizado pela propriedade privada dos meios de produção com fins lucrativos.

            E eu não estou a desculpar nenhuma atrocidade, e a invasão da Ucrânia é uma atrocidade. Deves de estar a imaginar coisas.

          • Vítor M. says:

            Estás a lateralizar o discurso, a fugir do foco. As imagens que massacre não são imaginação.

        • Nuno V says:

          Eu não estou a lateralizar nada. Estou aqui apenas a corrigir erros crassos de tua parte.

  16. Faustino says:

    O que estranho é ver certos comentários de pessoal que devia pensar primeiro no que diz. Os russos até entendo que vão ao beija mão, afinal recebem informação limitado e estão habituados a ser governados por uma minoria autocrática é corrupta. Agora, ver pessoal que vê notícias de maternidades, hospitais, prédios de habitação e constata a total aniquilação de uma cidade e vem para aqui dizer que os russos estão a tentar conter as baixas de guerra civis, mas afinal em que planeta vivem? O objetivo de Putin é obrigar a Ucrânia à rendição e como pelos vistos não o consegue a curto prazo militarmente, tenta fazê-lo cobardemente atacando de forma indiscriminada. Para os que andam para aqui armados em putinistas, aconselho-os a uma pequena pesquisa sobre os ataques russos a Grozny e Alepo e se não mudarem de opinião peçam ao Putin uma nave espacial e vão viver para Marte!

    • Luis says:

      Com menos conversa tira se uma conclusão
      Quando o muro de berlim “ caiu “
      Para que lado correu o povo ??
      Normalmente o povo está do lado certo …

  17. Quark says:

    Não sei se lhes vai servir de grande ajuda, mas pelo menos deve dar moral às tropas.

  18. Memória says:

    Muitos não fazem a menor ideia da estrutura da Federação Russa e das várias forças em total inimizade e conflito que determinam e.o. a sua economia e a politica externa.
    Têm um discurso, explicações, e justificações demasiado simplistas.
    Não compreenderam ainda que “oligarcas” e “grande capital” sãp palavras de código, eufemismos, para a referência a “judeus”

    Um pequeno excerto de uma entrevista com Scott Ritter:

    https://www.globalresearch.ca/russia-is-succeeding-wildly-in-its-objectives-scott-ritter-on-the-war-in-ukraine/5775864

    By Michael Welch and Scott Ritter
    Global Research, March 29, 2022

    >. . .
    Putin disse: “muito obrigado! Obrigado! Você me fez um grande favor! A primeira coisa que você fez ao congelar todos os bens é que você estripou os oligarcas!” Você conhece aquela classe corrupta de empresários russos que ganhou vida durante os dez anos de Boris Yeltsin como presidente. Que Putin herdou!

    Putin foi capaz de neutralizá-los politicamente, dizendo-lhes que, se eles se envolverem na política doméstica, ele os destruiria, e ele o fez. Vários deles foram forçados a fugir para Londres e outros lugares porque Putin os colocará na prisão perpétua. Os outros que permaneceram conseguiram manter suas riquezas e continuar a enriquecer, mas não foram autorizados a se envolver na política. Mas sua existência sempre foi uma pedra no sapato de Putin. Ele não gosta deles. Ele não os quer. E ele odeia o fato que precisava deles. Mas agora que o Ocidente entrou e apreendeu todos os seus bens, eles estão falidos e falidos! E adivinha! Putin não os quer agora! Ele disse-lhes para darem o fora da Rússia! Ele não tem utilidade para eles! Vá morar onde você queria morar lá! Você não é mais bem-vindo aqui!

    A outra coisa que aconteceu é que cerca de 20% da população russa que era relativamente apolítica, que tendia a votar pelo status quo, o que significava votar em Putin teria renegado Putin se Putin tivesse iniciado um divórcio com o Ocidente. Trata-se da classe média russa, cujo bem-estar econômico se tornou tão entrelaçado com o Ocidente que não podia pensar em romper com o Ocidente. Qualquer movimento da Rússia, de Putin, de qualquer pessoa, para fazê-lo, causaria uma reação negativa de que qualquer democracia, e a Rússia é uma democracia, custaria ao titular o voto. Putin teria sido eliminado.

    Mas agora que o Ocidente sancionou a Rússia, não foi Putin que fez o divórcio, foi o Ocidente! Putin está agora aplicando terapia de choque a essas pessoas, buscando restabelecer rapidamente seu status de classe média, girando para o leste, para a China, a Índia, para outros lugares, para recapitalizar a economia russa. E agora que ele fez gás baseado no padrão do rublo o standart, aqueles rublos que esses russos tinham no banco na semana passada e não valiam nada, hoje valem o dobro! E na próxima semana, eles vão dobrar de valor novamente! E a classe média vai até esquecer que o Ocidente uma vez existiu.

    >. . .

  19. Memória says:

    Para aqueles que perguntam: “Por que a Ucrânia é importante?”

    É um dos maiores países da Europa com 41 milhões de habitantes, onde os altamente qualificados (35,3 milhões) são altamente motivados para o trabalho.

    Como classificar a Ucrânia:

    1º na Europa em reservas comprovadas recuperáveis ??de minério de urânio;

    2º lugar na Europa e 10º no mundo em reservas de minério de titânio;

    2º no mundo em reservas exploradas de minério de manganês (2,3 bilhões de toneladas, ou 12% das reservas mundiais);

    2ª maior reserva de minério de ferro do mundo (30 bilhões de toneladas);

    2º lugar na Europa em reservas de minério de mercúrio;

    3º na Europa (13º no mundo) em reservas de gás de xisto (22 trilhões de metros cúbicos)

    4º no mundo em valor total de recursos naturais;
    7º no mundo em reservas de carvão (33,9 bilhões de toneladas)

    A Ucrânia é um país agrícola:

    1º na Europa em área de terra arável;
    3º no mundo por área de solo preto (25% do volume mundial);
    1º lugar no mundo na exportação de girassol e óleo de girassol;
    2º lugar mundial em produção de cevada e 4º lugar em exportação de cevada;
    3º maior produtor e 4º maior exportador de milho do mundo;
    4º maior produtor de batatas do mundo;
    5º maior produtor de centeio do mundo;
    5º no mundo em produção de abelhas (75.000 toneladas);
    8º no mundo em exportações de trigo;
    9º no mundo em produção de ovos de galinha;
    16º lugar no mundo em exportação de queijos.

    A Ucrânia pode atender às necessidades alimentares de 600 milhões de pessoas.

    A Ucrânia é um país industrializado:

    1º na Europa em produção de amônia;
    2º e 4º maior sistema de gasodutos de gás natural da Europa no mundo (142,5 bilhões de metros cúbicos de produção de gás na UE);
    3º maior da Europa e 8º maior do mundo em capacidade instalada de usinas nucleares;
    3º na Europa e 11º no mundo em extensão de rede ferroviária (21.700 km);
    3º no mundo (depois dos EUA e França) na produção de localizadores e equipamentos de localização;
    3º maior exportador de ferro do mundo
    4º maior exportador mundial de turbinas de usinas nucleares do mundo;
    4º maior fabricante de lançadores de foguetes do mundo;
    4º lugar no mundo em exportação de argila4º
    lugar no mundo em exportação de titânio8th
    lugar no mundo nas exportações de minérios e concentrados;
    9º no mundo na exportação de produtos da indústria de defesa;
    10º maior produtor de aço do mundo (32,4 milhões de toneladas).

  20. Vítor M. says:

    Para o Nuno V e outros que tal:

    “Há muito tempo que ideias ultraconservadoras, ultraortodoxas e ultranacionalistas, com traços muito fortes de nacional-comunismo e de nazismo, pairavam na Rússia, mas muitos no Ocidente não queriam acreditar que elas se transformassem em ideologia oficial do Kremlin no século XXI. Depois da I Guerra Patriótica contra Napoleão (1812-1815) e da II GP contra Hitler (1939-1945), o Kremlin apresenta a invasão da Ucrânia como uma III GP, desta vez contra o “neonazi” Volodimir Zelenski.”

    By José Milhazes.

    Aprendam e deixem a teimosia.

    • Nuno V says:

      Sim, vou aceitar a palavra de um artigo de opinião de um historiador sem qualquer tipo de formação em ciências sociais. Mas já agora, já sabes qual é a definição de socialismo, comunismo e capitalismo, ou contínuas tão ignorante como da última vez que falei contigo?

      • Vítor M. says:

        A ignorância que mostras sobre o assunto diz muito de ti. Agora um historiador, um reputado jornalista que fez carreira na Rússia 😉 não conta. Tu és um sabichão 😉 sempre com conversa da treta.

        • Nuno V says:

          Estamos a falar de ciências sociais, não de jornalismo. Se quiser saber algo sobre a minha área, a astrofísica, leio as publicações científicas, não em peças jornalísticas, muitas vezes de opinião em que o jornalista nem sequer tem formação na área. Mas a tua relutância em definires estes termos demonstra que contínuas ignorante e sem vontade de aprender.

          • Vítor M. says:

            Não percebeste e estás a andar à volta da mesa. Ora é uma coisa, ora é outra. Tu não tens conhecimentos e como tal estás a desculpar-tre porque não sabes, ponto! Por mais informações que te tenha deixado, continuas na ignorância sobre o tema (este e muitos outros, pois és um poço de conversa fiada).

            Está encerrado o assunto, nem com mais explicações vais lá.

          • Nuno V says:

            Tens razão, falar com alguém que nem sequer sabe o significado dos termos que usa é contra natura e um desperdício de tempo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.