Quantcast
PplWare Mobile

Tags: Ucrânia

Microsoft estará a bloquear novos downloads do Windows na Rússia

Já vamos com vários meses de duração da guerra da Rússia contra a Ucrânia, mas parece que não há um final à vista deste indesejado conflito. Como tal, os países tentam dar o seu apoio ao povo ucraniano de várias formas, entre elas a aplicação de sanções e bloqueios a vários níveis.

Nesse sentido, as últimas informações indicam que a Microsoft também está a bloquear os novos downloads do sistema operativo Windows no país de Vladimir Putin.


Rússia: empresa recorre a CPUs russos para continuar a fabricar caixas automáticas

À medida que a guerra na Ucrânia se vai intensificando, a Rússia sofre constantes sanções devido à sua conduta de ter espoletado este mesmo conflito. No que respeita ao segmento tecnológico, várias já foram as marcas que viraram as costas ao país euroasiático, nomeadamente as gigantes Intel, AMD e Nvidia.

Como consequência, o país de Vladimir Putin tem tentado encontrar alternativas para fazer frente a estas mesmas sanções. E de acordo com notícias recentes, a empresa BFS está agora a recorrer aos chips de processamento russos Elbrus, desenvolvidos na região, para conseguir continuar a fabricar caixas automáticas.


Guerra: Rússia está a controlar a internet na Ucrânia

Desde o primeiro momento que a Rússia atacou a Ucrânia, que os ataques aconteceram por terra, ar, mar e também através da internet. Apesar de toda a boa resposta da Ucrânia nesta guerra, a Rússia tem conseguido controlar a internet em algumas zonas.

De acordo com informações recentes, os militares russos têm apreendido equipamentos tecnológicos e em algumas situações exigem que os ucranianos voltem a configurar a rede (internet), passando as comunicações  a ser controladas pela Rússia.

Guerra: Rússia está a controlar a internet na Ucrânia


Starlink destruiu a campanha de informação russa na Ucrânia

O Brigadeiro-General Steve Butow, da Unidade de Inovação da Defesa no Pentágono, disse que os satélites da Starlink, de Elon Musk, “destruíram totalmente a campanha de informação de Putin”, uma vez que nunca conseguiu desligar a Ucrânia do mundo.

O serviço de satélite está a ajudar a coordenar e lançar os ataques à Ucrânia e a ligá-los ao mundo.


Rússia ameaça “roubar” telescópio alemão

A guerra na Ucrânia levou a que os países europeus, principalmente, deixassem cair as cooperações com a Rússia em vários planos. No caso das parcerias espaciais, o telescópio alemão do observatório espacial Spektr-RG foi desligado devido à invasão. Contudo, agora a Rússia quer assumi-lo unilateralmente.

Equipado com dois telescópios, o alemão eROSITA e o russo ART-XC, este equipamento foi lançado em julho de 2019 para mapear a totalidade do céu em raios-X, mas desde o início do conflito, a parte alemã está desligada.