PplWare Mobile

SpaceX não moveu satélite da Starlink porque não soube do problema da ESA


Apaixonado por tecnologia, encontro no Pplware a forma ideal de mostrar aos outros os meus conhecimentos e de partilhar tudo o que me interessa neste intrincado universo

Destaques PPLWARE

  1. José Carlos da Silva says:

    E agora onde estão todos os chorões e profetas da desgraça que comentaram a notícia de dia 3?

    • Paulo L says:

      Por falta de comunicação, não receberam esta notícia.

    • Jorge Carvalho says:

      E onde está a responsabilidade da spaceX em acompanhar o risco de colisão dos seus satélites ?
      Estão a ver futebol ? È necessário que lhes digam que o satélite deles vai colidir ?

      Abc

      • José Carlos da Silva says:

        Um satélite recorre a tecnologia de ponta. Nomeadamente para detecção de colisões. Até o meu aspirador tem um sistema que serve esse propósito. Tal acontece quer nos Starlink, quer nos SpaceX.

        • Jorge Carvalho says:

          A verdade é que tal não aconteceu , pelo menos é o que diz o artigo :

          “Com o passar dos dias esta passou para 1/1000, o valor mínimo considerado seguro. Foi aí que a ESA agiu. O que a SpaceX alega é que uma falha no software de comunicação não revelou esta mudança. Assim, não terá sido recebida a informação certa pela Força Aérea dos EUA.”

          Abc

        • Francisco Pinto says:

          Pois..mas parece que o sistema usado pela space X quando chegou a Hora H falhou….

  2. Guilherme Lino says:

    Primeiro não queriam mudar de rota…
    A seguir afinal não conseguiam mudar de rota…

    Agora a verdade chegou… não têm telefones no escritório e como tal a mensagem da ESA não chegou ao Zé Manel que era responsável conduzir os satélites…

    Muito melhor, grande desculpa.

    (pplware acho que o vosso artigo não corresponde ao artigo original em inglês)

    “Por sorte o satélite da ESA não chocou com o da Starlink”
    Mas qual sorte? A ESA estava a monitorizar os satélites e moveu o deles para evitar problemas. O mesmo não se pode dizer da Starlink.

  3. Rodrigo says:

    Regulamentação do espaço, kkkkkkk
    Estaríamos por ver o início da primeira guerra espacial.

  4. Rui says:

    Sabem a que velocidade andam os satélites lá em cima? Andam por volta dos 3 a 4 km/s. Os próprios satélites não têm a função de monotorizar os outros. Senão andavam sempre a bater uns contra os outros e qualquer detrito era uma ameaça. Isso deveria ser função de um órgão de controlo que neste momento é enexistente. Por isso cai em cima de cada organização possuidora dos satélites monotorizar esses avisos e órbitas dos seus satélites. Nos USA os satélites são regulados pela força aérea que não avisou a spacex

  5. óscar alho says:

    a culpa é dos amerdicanos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.