Quantcast
PplWare Mobile

NASA: Para vivermos em Marte terá de ser nos túneis e com energia nuclear

                                    
                                

Autor: Vítor M.


  1. SANDOKAN 1513 says:

    “A superfície do planeta não é vista como um sítio onde um dia os terráqueos poderão assentar a sua base para viver.” Só isto já diz tudo.Vão ter que se passar décadas para surgir uma solução ao planeta Marte.Se algum dia surgir… 😐

  2. IKAROS says:

    O que é que isto tem de novo?
    Já no Total Recall com Arnold (há 21 anos trás) eles faziam isso

  3. Miguel says:

    Com milhões a morrer de fome e miséria e pensam é em viver em Marte.

    Ok, ok….venham lá os impostos para os túneis marcianos.

    • Zé Fonseca A. says:

      Quem morre de fome não é por falta de dinheiro nem de comida, é por politica e seria preciso travar guerras e derrubar poderes politicos para isso deixar de acontecer, que curiosamente causaria um conflito internacional que poderia levar a mais guerras e mais mortes, por isso como diz o carlão, “assobia para o lado”.
      Noutra nota, é importante que as pessoas vão morrendo para conseguirmos estabelecer algum nivel de equilibrio no grande desiquilibrio populacional que já temos, se é de fome, numa pandemia ou num tsunami não importa, importa sim que a demografia baixe o máximo possivel até acordarem para a vida e limitarem o numero de filhos por casal.

      • Nuno Teixeira says:

        Essa política de limitar o número de filhos por casal não basta. É preciso combater a desigualdade social, melhorias na educação, planeamento familiar, etc. Isso é um processo muito complexo e que demora gerações.

        A título de exemplo, aqui em Portugal, nos anos 50-60 a taxa de natalidade também alta, até comparavel com o que acontece em África neste momento. Agora até estamos com o problema oposto que acaba por ser mascarado com a vinda de emigrantes.

      • Nuno Teixeira says:

        Por outro lado há outro aspecto que também faz com que a população continue a crescer, que se pode considerar positivo, que é a melhoria da esperança de vida.

        E então vamos começar a matar pessoas com mais de 100 anos? (brincadeira :))

        • Filipe says:

          Um certo país tentou isso com este coronavírus. Se planeado ou não, escapou-se para o exterior. E vieram as desculpas dos morcegos e por aí fora. Cada vez surgem mais provas de que as teorias de conspiração, se calhar até fazem sentido e não são bem “teorias” apenas.

          • Nuno Teixeira says:

            Mete mais tabaco…
            E depois gostava que mostrasses essas provas que estão a surgir com a conclusão que foi tudo planeado. Já agora, se fosse possível, de fontes oficiais e não artigos e vídeos que se encontram por aí.

      • Paulo Jaime says:

        Desde que não te toque né???? Com o mal dos outros todos podemos bem. A política do umbigo…..

    • O que sera, sera says:

      +1 xDDD

    • Nuno Teixeira says:

      Ora lá estás tu com os impostos. Que praga… 😀

  4. Pereira says:

    Completamente errado!
    Será possível viver na superfície de Marte com tecnologia já existente atualmente, e a fome e miséria é um assunto grave, mas nada tem a ver com os fundos para a continuidade do se humano, a Terra esta moribunda e temos de agir rapidamente com mentalidades bem diferentes e com visão bem realista do passo enorme que a teremos de dar.
    Unidos vamos conseguir dar continuidade a vida humana.

    • SANDOKAN 1513 says:

      “Será possível viver na superfície de Marte com tecnologia já existente atualmente,…” Qual ?? Conhece alguma ?? É você,por acaso,mais sapiente do que os melhores cientistas a nível mundial ?? Deixe-se de tretas e de ilusões,pá… 😐

      • Zé Fonseca A. says:

        Ele viu o filme Perdido em Marte e a série Mars..

      • Pereira says:

        Certamente tem conhecimento que a radiação que sofre a estação internacional é muito superior a que acontece em Marte, e eu sei que os astronautas estão só cerca de 6 meses sujeitos a radiação, mas tem proteção, certo? Por isso deixemo-nos de demagogias! Também sabemos que Marte é um Planeta hostil e que não tem campos verdejantes e que a sua terrasformação será difícil. E concordo que o ser humano conseguiu colocar o nosso planeta no caos que está! Não serie mais sapiente que ninguém, mas eu tenho o meu nome em Marte enviado por uma sonda da NASA, o resto amigo, vamos acreditar em dias melhores.

    • João says:

      Boa viagem. Depois manda um postal.

    • Pedro V says:

      A Terra está moribunda. Eu sei quem é que está moribundo.
      A visão de cada um é sempre a realista. A dos outros é sempre, apenas, a dos outros. Egos maiores que a massa do Sol. Esse é um problema que não conseguiremos resolver enquanto espécie. Nem que consigamos ir até outras galáxias.

    • FAR says:

      A Terra está moribunda? E Marte está como, a florescer de vida? Pelo amor de deus homem ganhe juizo.

      • ei says:

        Sabemos que Marte é um Planeta hostil e que não tem campos verdejantes e que a sua terrasformação será difícil. E concordo que o ser humano conseguiu colocar o nosso planeta no caos que está! Não serei mais sapiente que ninguém, mas eu tenho o meu nome em Marte enviado por uma sonda da NASA, o resto amigo, vamos acreditar em que também deveria estar mais atento a realidade.

  5. Pereira says:

    Completamente errado!
    Será possível viver na superfície de Marte com tecnologia já existente atualmente, e a fome e miséria é um assunto grave, mas nada tem a ver com os fundos para a continuidade do se humano, a Terra esta moribunda e temos de agir rapidamente com mentalidades bem diferentes e com visão bem realista do passo enorme que a teremos de dar.
    Unidos vamos conseguir dar continuidade a vida humana.

    • Alfredo Pereira says:

      Então a terra está moribunda ?! muito bem, mas Marte está com as condições ideais de habitabilidade com prados verdejantes e lagos cristalinos. Falta de noção.

      • Pereira says:

        Certamente tem conhecimento que a radiação que sofre a estação internacional é muito superior a que acontece em Marte, e eu sei que os astronautas estão só cerca de 6 meses sujeitos a radiação, mas tem proteção, certo? Por isso deixemo-nos de demagogias! Também sabemos que Marte é um Planeta hostil e que não tem campos verdejantes e que a sua terrasformação será difícil. E concordo que o ser humano conseguiu colocar o nosso planeta no caos que está! Não serie mais sapiente que ninguém, mas eu tenho o meu nome em Marte enviado por uma sonda da NASA, o resto amigo, vamos acreditar em dias

    • Pm says:

      A terra não está nada muribunda, a terra está muito bem a tentar absorver o co2 e tantos outros compostos com que a estamos a puluir, se parássemos a terra encontraria o seu equilibrio. A terra não está murimbunda que está muribunda é a humanidade.

  6. Luis Borges says:

    Que mania de fugir da terra… Ate parece que a terra, mesmo sendo a nossa UNICA casa, que estamos a destruir porque ‘e isso que sabemos fazer bem, nao ‘e muito mais facil de transformar ou retransformar do que marte… Nem que seja porque… a terra ‘e ja aqui e marte, bem, ‘e um bocado depois do virar da esquina 😀

    • Milhais says:

      “Que mania de fugir da terra” chama-se desenvolvimento e ter vontade de explorar. Tal como os humanos se espalharam pela terra e tal como por exemplo os portugueses que decidiram explorar os mares. Isso tras desenvolvimento, emprego e riqueza. Nao sejas mente pequena.

      • Luis Borges says:

        Nem vou explicar porque os portugueses “decidiram” explorar os mares com barcos cheios de reclusos, desculpa “tripulantes/navegadores” 😀
        Tambem nao vou falar de Elon Musk… ‘e quase tao perigoso como levantar “questoes” sobre a Apple… O que acho realmente engracado ‘e que o pplware tem imensos comentarios que sao “ataques” diretos, interessante… um bocado oposto da postura cientifica mas tudo bem 🙂

        • Pedro V says:

          Ataques? Achas mesmo? Não há um que não remate o final dos dizeres que as típicas larachas. É uma questão de Educação e não de educação. Em casa não lhes deram, como é que podem ter?

        • Milhais says:

          o que isso tem em comum com o meu comentario? Quer dizer tens medo do desenvolvimento, basicamente um velho do restelo,deixa de usar tecnologia e vai la viver para o meio da floresta. Porque se os seres humanos fossem todos atrasados no pensamento como tu bem que ainda estavamos na idade media.

    • Zé Fonseca A. says:

      Para transformares e retransformares precisavas de diminuir a população para metade, caso contrário é tudo uma questão de tempo.
      Não vejo ninguém (nem a china) com vontade de limitar a demografia.

    • Filipe says:

      Lá estás tu a teimar com a destruição. Estes incêndios de fogo posto também são causados pelas alterações climáticas com dizem na tv nos noticiários?

      Cada vez se vê mais gente que é perita a espalhar desinformação. E o pior é que conseguem convencer outros de que é verdade cada vez com maior facilidade. Lá está: é mais fácil enganar pessoas do que convencê-las de que foram enganadas.

      • Paulo Jaime says:

        Sê honesto e aceita que os fogos não são todos de origem criminosa. E tb vem negar as alterações climácticas? É verdade realmente é difícil convencer pessoas que foram enganadas…vc é o exemplo evidente.

  7. Felipe Rei says:

    Teremos aí uma mistura de duas obras de Isaac Asimov: Fundação e As Cavernas de Aço.

  8. Ingénuo says:

    Não sei, mas continuo a achar que viver por viver, aqui na boa Terra, é bem melhor. “Só” precisamos deixar de usar plásticos, por etapas mudar o estilo de vida para algo mais sustentável, antecipar 15 anos o fim total de combustíveis fósseis, aplicar pesadíssimos impostos extra a produtos oriundos de Países que mantêm industrias poluidoras e se borrifam para o planeta, aplicar decididamente a economia verde, reflorestar o planeta e proteger recursos hídricos… E foi aqui que tocou o despertador. Infelizmente.

    • SANDOKAN 1513 says:

      Muito bem dito.Excelente comentário.

    • Zé Fonseca A. says:

      E continuar a população a crescer? podes toda a população largar o plastico, deixar de comer carne e só andar de EVs que mesmo assim o planeta tens os dias contados, problema é só um, população.

      • Resolve-se says:

        Cresce nuns países, decresce noutros. É um problema a resolver, tal como alguns dos descritos. Hoje, não faltam maneiras de conter o aumento de população, só não são é implementadas.

    • Filipe says:

      “aplicar pesadíssimos impostos extra a produtos oriundos de Países que mantêm industrias poluidoras”

      Isto nunca irá acontecer. Sabes porquê? Porque as baterias dos carros eléctricos vêm de fábricas na china que funcionam a carvão. Como iriam fazer depois? Arriscar uma guerra com a china? Duplicar ou triplicar o preço dos carros eléctricos? O lobby está todo montado para nos obrigarem a mudar para os full electric.

  9. Jorge Amaral says:

    Para viver em tuneis, porque não começar a fazê-los já aqui, na Terra?
    Sairia certamente muito mais barato!

    • SANDOKAN 1513 says:

      Ainda mais ?? Coitado do nosso planeta,já precisava era de uns bons “remendos” quanto mais agora de mais túneis.Vocês têm cada uma que até assusta…

      • Luís says:

        Por essa ordem de ideias, nem de carroça andavas, nem um lápis havia.
        Concordo com o equilíbrio entre o estilo de vida e a natureza mas, sempre com vista no desenvolvimento

  10. Técnico Meo says:

    Viver em marte não deve ser muito mais difícil do que viver em Portugal.
    Nem sei como se tem coragem de constituir família neste país.
    hehehehe
    haja boa disposição, colonizar o espaço, up up

  11. Asdrubal says:

    E se o subsolo marciano já estiver habitado?

  12. Chifrudo says:

    Os ratos tambem vivem em tuneis e comem trampa. Eu não vou para marte, sei que só será daqui a 300 anos mas recuso-me a sair daqui do calhau. Não gosto de andar de avião.

  13. Manoel Neto says:

    Mais notícias de extremo engano, anunciadas pela mãe da mentira. “Naza”

  14. Sandro says:

    E realidade imitantando a ficção ou não se lembram do filme inferno vermelho com shazzenegher…

  15. Sandro luiz says:

    E vida imitando a arte não assistiram o filme inferno vermelho com shazzenegher…

  16. falcaobranco says:

    E pouparmos o nosso planeta nao era melhor do que estar a ir para lá e viver em tuneis? Digo eu…

  17. Vitolas says:

    Portanto querem ir fazer em Marte o que podem fazer aqui? Faz sentido lol

    • Vítor M. says:

      Boa pergunta, mas há uma resposta. Temos de ter alguma alternativa. Vénus tem um solo insuportável em termos de temperatura e radiação, o que tem é uma boa atmosfera.

      Marte tem condições que pode, ser usadas para uma espécie de Terraformação. Poderá ser criado oxigénio e outros gases para enriquecer a atmosfera existente, que é muito rarefeita. Pode ser extraída orgia nas calotas geladas existentes nos polos do planeta e no subsolo, segundo se julga haver, e é o planeta mais rápido para lá chegarmos onde podemos “viver” no solo.

      Depois, para irmos mais longe temos de ter pontos intermédios. Da Terra até à Lua. Da Lua a Marte e de Marte até outras paragens.

      Além disso, com a energia nuclear será possível criar base que poderão extrair metais preciosos. Mas há mais interesses em Marte.

      • Pm says:

        Está a partir so principio que os humanos iriam transformar algo inabitavel em algo habitavel, mas até hoje os humanos só provaram o contrario que conseguem transformar um paraiso num imferno.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.