PplWare Mobile

Descoberto na nossa galáxia um buraco negro tão grande que não deveria existir


Imagem: LAMOST

Fonte: CCVAlg

Responsável pelo Pplware, fundou o projeto em 2005 depois de ter criado em 1993 um rascunho em papel de jornal, o que mais tarde se tornou num portal de tecnologia mundial. Da área de gestão, foi na informática que sempre fez carreira.

Destaques PPLWARE

  1. lopes says:

    com um bocado de sorte pode ser que engula a terra antes de nos a destruirmos

  2. Miguel says:

    Em Portugal tambem descobrimos um o BES, aquilo parece estar sempre a aumentar…

    • xoninhas says:

      Enganas-te. O acordo com os americanos prevê que o fundo de resolução tenha de avançar até 3,9 mil milhões ? Quanto é que lá meteram até agora ? …é só fazer as contas … ! Portanto não aumenta . Já tem o aumento todo !

  3. Sujeito says:

    Caros amigos, buracos negros estão ainda no reino do teórico, por isso não se deixem levar por sensacionalismos, seja qual for a proveniência dos mesmos.

    • xoninhas says:

      Andas distraído.

    • iDroid says:

      Tudo na ciência é teoria, o que não significa que não exista. Ser uma teoria significa apenas que os nossos conhecimentos actuais explicam os fenómenos observados, mas esses mesmos conhecimentos podem ser modificados e/ou alterados se uma melhor explicação aparecer.

      Por exemplo, a lei de gravitação de Newton não está correcta, tendo sido suplantada pela teoria da relatividade de Einstein. No entanto, esta última só se torna relevante a velocidades próximas da da luz; devido a isso, o lançamento de foguetões é calculado com a lei de gravitação de Newton, bem mais simples matematicamente, e bem precisa tendo em contas as “baixas” velocidades dos foguetões actuais.

      Os buracos negros podem fazer parte de um conjunto teórico de física, mas é praticamente certo que eles existam, o que não significa que entendamos por completo a sua natureza, muito pelo contrário. Existe muito ainda por explorar.

  4. José Luis says:

    Por curiosidade a Sagittarius A Star um buraco negro que se encontra no centro da nossa galáxia, está situado a 25000 anos/luz da terra, a sua massa é de 4 000 000 de solar/mass, 0.4 Au.

    Por comparação TON 618 está situado a 10 biliões de anos/luz da terra, com uma massa de 6 x 10^10 solar/mass, 1300 Au.

    Au = unidade astronómica, distancia do sol a terra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.