PplWare Mobile

Tags: buraco negro

Astrónomos detetaram um movimento estranho de gás no centro da nossa Galáxia

Os astrónomos detetaram movimentos incomuns de nuvens de gás perto do centro da nossa galáxia. Segundo um novo estudo, estas nuvens poderão estar a apontar o caminho para as espécies mais esquivas do buraco negro. Na verdade, este tipo de buracos negros, até há bem pouco tempo, nem se sabia que existiam.

Os investigadores monitorizaram os gases no meio da Via-Láctea e concluíram que as nuvens estão a orbitar um objeto que tem 10 000 vezes a massa do Sol. Contudo, o objeto orbitado… não está lá!

Imagem de nuvens de gás a orbitar um buraco negro


Descoberto na nossa galáxia um buraco negro tão grande que não deveria existir

A nossa Galáxia, a Via-Láctea, contém cerca de 100 milhões de buracos negros estelares. São corpos cósmicos formados pelo colapso de estrelas massivas e são tão densos que nem mesmo a luz pode escapar. Até agora, os cientistas haviam estimado que a massa de cada buraco negro não era mais de 20 vezes maior que a do Sol. Contudo, eles estavam errados.

Uma equipa internacional liderada por cientistas chineses descobriu algo gigantesco. Além disso, esta descoberta é completamente inesperada. Este buraco negro, um colosso, tem uma massa 70 vezes maior que o nosso Sol e fica a 15.000 anos-luz da Terra.

Imagem gráfica de um buraco negro colossal que não deveria existir


Revelada explosão violenta no coração de um sistema que alberga um buraco negro

O universo é uma caixa de surpresas e brinda-nos com constantes mutações e evoluções do seu aspeto. Nesse sentido, uma equipa internacional de astrónomos usou câmaras de última geração para criar um filme de um sistema com um buraco negro em crescimento. No entanto, isto foi feito a um nível de detalhe nunca antes visto.

No processo, descobriram novas pistas para a compreensão dos arredores imediatos destes objetos enigmáticos. Conforme referência, os cientistas publicaram o seu trabalho num novo artigo da revista Monthly Notices of the Royal Astronomical Society.


Nova teoria diz que o misterioso Planeta X pode ser buraco negro nos limites do sistema solar

Desde 2015 que os matemáticos e astrónomos consideram haver um planeta 9, ou planeta X. Assim, com esta existência, estariam explicadas certas órbitas estranhas de objetos distantes no sistema solar. Contudo, um par de físicos está agora a deixar como hipótese intrigante existir sim um pequeno buraco negro.

A confirmação da existência de um buraco negro para lá de Neptuno, poderá mudar radicalmente alguns conceitos astronómicos.

Imagem ilustrativa de buraco negro que poderá existir em vez do planeta x ou planeta 9 no nosso sistema solar


NASA: Encontrados três buracos negros em rota de colisão

A cerca de mil milhões de anos-luz da Terra, os astrónomos descobriram um trio de buracos negros. Estes encontram-se numa colisão titânica de três galáxias. Para que fosse possível “ver” este sistema invulgar, foi necessário combinar vários observatórios na Terra e três telescópios da NASA.

Este sistema é conhecido como SDSS J084905.51+111447.2 (ou SDSS J0849+1114).