Quantcast
PplWare Mobile

Tags: buraco negro

Telescópio capta o último suspiro de uma estrela devorada por um buraco negro

Os astrónomos observaram uma explosão luminosa rara de uma estrela a ser desfeita por um buraco negro supermassivo. Este fenómeno, conhecido por evento de perturbação de marés, trata-se do mais próximo de nós registado até à data. Na verdade, este foi o último grito de uma estrela que aconteceu a pouco mais de 215 milhões de anos-luz de distância da Terra.

Este acontecimento foi testemunhado com o auxílio de telescópios do ESO e de outras organizações de todo o mundo.

Ilustração da imagem captada do último suspiro de uma estrela devorada por um buraco negro


Estrela mais rápida da Via Láctea move-se a 8% da velocidade da luz

De algo tão extenso como o Universo onde estamos inseridos, esperam-se muitas novidades, muitas descobertas. A par de umas quantas recentes, foi agora encontrada a estrela mais rápida conhecida até hoje da nossa galáxia.

A recente descoberta chama-se S4714 e atinge uma velocidade de cerca de 8% da velocidade da luz.


Astrónomos querem descobrir o que é o Planeta Nove de uma vez por todas

Desde há vários anos que se teoriza sobre uma “força oculta” responsável por certas órbitas estranhas de objetos distantes no sistema solar. Muitas tentativas de explicação apontam para a presença de um planeta ainda desconhecido, um tal de planeta nove que dizem ser gigantesco, cinco vezes o tamanho da Terra. Contudo, poderá ser também um buraco negro do tamanho de uma maçã.

Agora, depois de tantos anos sem uma explicação cabal, os astrónomos querem saber de uma vez por todas, se haverá um nono planeta à espreita para além da órbita de Neptuno.

Ilustra~~\ao de uma buraco negro que poderá ser o planeta nove


Astrónomos detetaram um movimento estranho de gás no centro da nossa Galáxia

Os astrónomos detetaram movimentos incomuns de nuvens de gás perto do centro da nossa galáxia. Segundo um novo estudo, estas nuvens poderão estar a apontar o caminho para as espécies mais esquivas do buraco negro. Na verdade, este tipo de buracos negros, até há bem pouco tempo, nem se sabia que existiam.

Os investigadores monitorizaram os gases no meio da Via-Láctea e concluíram que as nuvens estão a orbitar um objeto que tem 10 000 vezes a massa do Sol. Contudo, o objeto orbitado… não está lá!

Imagem de nuvens de gás a orbitar um buraco negro


Descoberto na nossa galáxia um buraco negro tão grande que não deveria existir

A nossa Galáxia, a Via-Láctea, contém cerca de 100 milhões de buracos negros estelares. São corpos cósmicos formados pelo colapso de estrelas massivas e são tão densos que nem mesmo a luz pode escapar. Até agora, os cientistas haviam estimado que a massa de cada buraco negro não era mais de 20 vezes maior que a do Sol. Contudo, eles estavam errados.

Uma equipa internacional liderada por cientistas chineses descobriu algo gigantesco. Além disso, esta descoberta é completamente inesperada. Este buraco negro, um colosso, tem uma massa 70 vezes maior que o nosso Sol e fica a 15.000 anos-luz da Terra.

Imagem gráfica de um buraco negro colossal que não deveria existir