PplWare Mobile

Covid-19: Vacina experimental à base de ADN poderá criar imunidade


Autor: Ana Sofia


  1. Dark Sky says:

    Mais um post, mais outro e vai-se dando a ideia que uma vacina está aí ao virar da esquina. Já há muitas em testes, algumas em testes em humanos, mas são processos longos.

    Como diz um especialista da OMS citado pelo “DN”:
    “Não se desenvolve uma vacina segura e eficaz contra todos os vírus. Alguns vírus são muito, muito difíceis no que diz respeito ao desenvolvimento de vacinas, por isso a curto e médio prazo teremos de encontrar formas de viver com o vírus como uma ameaça constante”, disse David Navarro na entrevista citada pelo The Guardian.

    Para o especialista isso passará por, além da adoção de comportamentos de proteção como o uso de máscaras, a higiene respiratória, a lavagem de mãos e o distanciamento social, isolar os infetados e os seus contactos, proteger os mais velhos e assegurar a capacidade de resposta dos hospitais a esta doença. “Isto será o novo normal para todos nós”.

    Ou então, também podem ir pelas teorias da conspiração, por exemplo que Bill Gates já tem o chip 😉 https://www.dn.pt/desportos/a-teoria-da-conspiracao-de-marat-safin-sobre-o-coronavirus-que-mete-bil-gates-ao-abrulho-12090575.html

    • Vítor M. says:

      Não, quem tem essa ideia não somos nós, nem a transmitimos como tal. O que foi dito é que está em marcha mais um estudo para chegar à vacina. Mas é referido que ainda é um estudo.

      Claro que com este estado de ansiedade, muitas pessoas olham e veem o que querem, deduzem o que lhes interessa. São muitas vezes cúmplices das suas próprias visões, e por mais que se explique, teimam e olhar para o que têm escrito nas suas ideias conturbadas.

      Mas também são enganadas quando lhe dizem que “vamos em abril ganhar maio”… para quê? Maio é o fim da pandemia? Maio é o fim da COVID-19? Não se iludam!

      A vacina vai demorar, isso é dito em todos os artigos por todos os especialistas, mas vai demorar a chegar até nós, porque já existem em testes, em laboratório e até em testes nos seres humanos.

      Deixo a sugestão de lerem todos os artigos até ao final, porque neste diz assim “De ressalvar que isto é apenas um projeto, que não foi aprovado, revisto ou aceite por nenhuma plataforma académica. Contudo, é uma ideia bastante promissora.”

  2. nelson mota says:

    esta tudo a acontecer tal e qual como no filme do planeta dos macacos , o virus foi fabricado para dar inteligencia aos macacos , e as pessoas viajadas e influentes e sociais, estão a morrer com o virus , estamos a criar a oportunidade dos anti sociais se fecharem em casa e dominarem o mundo

  3. nelson mota says:

    finalmente 10 mil milhoés de anos de darvinismo estão finalmente a resultar

  4. Sujeito says:

    Aparentemente ninguém levanta a questão de terem feito bypass aos protocolos de segurança e já estarem a testar em humanos.

    Nem leitores nem colunistas.

    • nelson mota says:

      meu caro em tempo de guerra não se limpão armas

      • Ruy Acquaviva says:

        Limpam sim meu caro. Inclusive se não limpar o soldado corre o risco de ver a arma falhar no momento mais crítico e isso lhe custar a vida. Vê -se que você não entende nada de guerras nem de armas. Na guerra o soldado trata sua arma com o maior cuidado, não no aspecto estético de certo, mas na questão funcional, porque dela, a arma, depende sua vida.
        Em outras palavras, pode-se acelerar alguns passos no protocolo científico, com maiores riscos, mas não se pode ultrapassar certos limites de segurança sob pena de provocar ainda mais mortes ou, no mínimo, por a perder esforços e recursos.
        Pará usar uma analogia diferente, porém esclarecedora, não se pode pedir a nove mulheres que façam um filho em um mês, certas coisas não são possíveis de se apressar por mais recursos que se tenha.

      • Vítor M. says:

        Mas então limpam-se ou não? É legítimo ou não? A ética, cabe ou não?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.