Quantcast
PplWare Mobile

COVID-19: 76% dos pacientes permanece com sintomas 6 meses após infeção

PUB

                                    
                                

Autor: Ana Sofia


  1. Hugo Nabais says:

    Como dizem os “negacionistas”: é só uma gripe!!!

  2. O que sera, sera says:

    Eh…..e isto e os numeros do covid.
    Ha pessoas que sao dadas infectadas sem sequer serem testadas. Familia de 5, um tem logo metem o numero 5 como se todos tivessem.

    Tudo bem que ha que precaver, mas isso nao ajuda em nada ja que o ser Humana e um ser de panico e stress induzido por si mesmo e tambem que overthinks too much xD

    Me mandaram isolar porque estive perto de alguem com covid e disseram que tinha tambem, fiz testes 12 dias seguidos e nada….

    Mas pronto…agora e dar lugar aos malucos aqui em baixo

    • Sergio J says:

      Estranho, mas ão vou dizer que não um ou outro caso como dizes. Mas transformes uma excepção em regra.

    • ToFerreira says:

      Em que país? em Portugal são considerados positivos aqueles com teste positivo. Não quer dizer que não digam ás pessoas que estiveram em contacto direto e próximo com um positivo para se isolarem, alguns talvez até digam que é porque estão positivos, para ver se as pessoas cumprem mais.

    • maskOn-MaskOff Kung-Fu says:

      Fontes?
      Duvido muito…
      Até porque o que eles querem é não fechar o país para o bem da economia…
      Porque é que achas que não mandam os miúdos pra casa?
      Mandas os miúdos pra casa sem escola, tens pais que ficam em casa para cuidar dos miúdos e o Estado a desembolsar subsídios para eles.

    • Goncalo says:

      não sei onde viste isso mas aqui em portugal isso é completamente falso, só sao contabilizados os positivos nem os inconclusivos são contados para positivos

    • Nightingale says:

      Se aconteceu consigo ou alguém próximo e isso é mesmo verdade -> Denuncie. Se ouviu dizer e repetiu sem provas ou disse isto da boca para fora, não se esqueça que existem consequências legais. Se esta é uma prática corrente? Não, não é.

    • Vitolas says:

      Uma coisa é a pessoa ficar em isolamento por ter estado em contacto com alguém infetado, outra é essa mesma pessoa contar para a estatística como infetado.

      Nem sequer se testam as pessoas que não têm sintomas quanto mais contabiliza-las como infetados.

      Falar mal gratuitamente é sempre muito fácil.

  3. Reis says:

    Para já só morreram pessoas de morte natural quem não sabe que vá ver ao site da dgs. É uma palhaçada completa.

    • Nuno V says:

      Mas morrer por uma infecção viral não constituí uma morte natural?

      • LR says:

        Não, para o Reis é de Morte Artificial, ou Morte Falsa

      • Reis says:

        Em todos os casos não, somente quem morre de morte natural morre por causas naturais.
        Não se sabe ao certo as cobaias que foram mortas pelo vírus. É com cada burro em Portugal. Não vês que é para fazer contagem para vir o dinheiro da UE mais depressa para o estado. Olha que quando o vier, o costa vai se por a milhas daqui para fora e vocês vão ficar sem as lojas e o rendimento que gastaram a meio do lay-off.

        • Nuno V says:

          “Em todos os casos não”
          Correto, se a pessoa morrer por uma causa externa (como por exemplo, um acidente) a morte não é natural. Por isso é que estas mortes não entram para as estatísticas das causas naturais.

          “somente quem morre de morte natural morre por causas naturais.”
          Correto, e morrer com uma infeção, seja esta viral ou bacteriológica, constitui uma morte natural.

          “É com cada burro em Portugal.”
          Realmente, esta frase serve-te que nem uma luva.

          Nem comento o resto porque é irrelevante para a bacorada que disseste.

    • A. M. says:

      Olha este!!! ….ele há cada cromo!!!

    • LA says:

      Este Reis é cá um cromo. Deve ser mais um negacionista.

    • Nuno says:

      Trabalho num hospital e muitos já aqui morreram de covid até porque se fosse de forma natural muitos deles nem estavam nos hospital mas pronto é pena tu não morreres naturalmente tambem

  4. Ricardo says:

    Tive covid sem problemas de saúde prático desporto natação musculação corrida estive quase a bater a bota com quarenta anos.. Ainda hoje sofro como um desgraçado não tenham cuidado

  5. Douglas Ferreira says:

    Tive Covid no final de novembro. Dentre os sintomas, houve a perda de olfato; na verdade, sentia um cheiro forte de alho em tudo. Até o sabonete tinha cheiro de alho.
    O cheiro de alho passou e recuperei parcialmente o olfato. E agora, um mês após a recuperação da doença, voltei a sentir cheiro forte de alho, não como da primeira vez, mas chega a incomodar.

    • B@rão Vermelho says:

      @ Douglas, só em tom de brincadeira, não será o meu amigo caçador de vampiros, e anda com um colar de alhos ao pescoço?
      Rápidas melhoras a todos
      Eu sem nunca ter sido infectado continuo a “sofrer os sintomas”, como doente crónico estou em “prisão” domiciliária desde Março, privado da companhia dos meus colegas de trabalho e de poder viajar que é das coisas que mais gosto de fazer, mas compreendo que assim tenha de ser, vamos agora nos todos fazer a nossa parte para que isto passe rapidamente.

  6. Sardinha Enlatada says:

    O curioso neste virus e que anda ao mesmo nivel dos outros paises. Quero eu dizer que quando o virus morrer em Portugal ja morreu noutros paises. Vai ser uma sucessao de acontecimentos incrivel. Igual a recessao economica dos paises (lembram da palhacada) Alguns paises deixaram de pedir ajuda, e outros foram atras. Pensem cabecinhas douradas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.