PplWare Mobile

Categoria: Truques & Dicas

Esqueceu-se da password de acesso ao Windows?

… e agora? Formatar a máquina é logo o primeiro pensamento.

[João] – Tou, Pedro eh pah… esqueci-me da password de acesso ao Windows.

[Pedro] – Então não te lembras, já experimentaste o nome dos filhos, da esposa, da prima, do cão…???

[João] – Sim, não dá nada… Só me apetece atirar o computador pela janela. F*****

[Pedro] – Então mas que culpa tem o computador? Foste tu que te esqueceste da password. Olha, eu conheço um site que te pode ajudar, ora escreve aí pplware…

[João] – Então e o WWW ?!?!

[Pedro] – ok.. mete o www, se quiseres… www.pplware.com vai lá e procura. Um abraço.

 


Vista – Forçar as aplicações a desligar

Quando estamos frente ao computador, criamos várias rotinas necessárias para facilitar o nosso trabalho. Eu, por exemplo, quando inicio uma sessão tenho como hábito abrir o Firefox, o Messenger, o Outlook, Photoshop, Filezilla e mais uma série ou outras pequenas aplicações.

Como vou precisar delas, abro-as logo no inicio da sessão, deixando as aplicações prontas para trabalhar. Por vezes ficam abertas mesmo já não as estando a utilizar, mas como estou concentrado noutras coisas…


Vista – Recupere o “Executar”

Uma das alterações que o Windows Vista trouxe aos atentos utilizadores, foi a simplicidade da aparência.

Essa simplicidade teve como custo o esconder de muitas ferramentas e opções anteriormente utilizadas como padrão no Windows XP.


Windows Vista – Poupe energia…

O Windows Vista consome significativamente mais energia que o seu irmão mais velho o Windows XP. Não havendo qualquer dúvida em relação a isso o que podemos fazer é uma gestão mais apertada para tentar ganhar uns minutos a mais de bateria.

Claro que este problema em termos de autonomia atinge somente os portáteis, depois a questão do consumo é que se alarga obviamente a tudo o resto.


Ícones do Vista no Windows XP

O Windows marca muito a sua imagem quando para cada versão evolui os seus ícones. Parecendo que não, estes são o cunho que gravamos no nosso córtex cerebral. Assim, criamos o conceito de familiaridade.