Quantcast
PplWare Mobile

Tags: tecnologia

Ar de Chernobyl está 47% menos radioativo com nova tecnologia

Chernobyl foi casa do mais grave acidente nuclear da história, em 1986. As consequências foram sentidas na altura, são sentidas hoje, e continuarão a sê-lo durante longos anos, a vários níveis. Ainda assim, uma nova tecnologia foi capaz de reduzir a radioatividade do ar em 47%.

A redução da radiação para níveis normais será possível em cinco anos, ao invés dos estimados 24 mil.

Chernobyl


Câmara holográfica consegue ver através de tecidos e ossos humanos

Uma nova câmara desenvolvida por investigadores dos Estados Unidos da América (EUA) é capaz de ver através de quase tudo, incluindo tecidos e ossos humanos.

A câmara holográfica tem também potencial para captar imagem de objetos em rápido movimento.

Imagem da câmara holográfica


Congresso dos EUA exige a tecnológicas que detetem condutores embriagados

As mortes que acontecem na estrada, resultado de embriaguez, são um problema que é difícil de combater. Aproveitando as vantagens da tecnologia, o Congresso dos Estados Unidos da América (EUA) aprovou uma lei que exigirá às fabricantes que equipem os seus carros com uma tecnologia que detete condutores embriagados.

Mais do que isso, exige que a tecnologia os impeça de conduzir, evitando os milhares de mortes que se registam anualmente.

Condutor embriagado


Mazda: Nova tecnologia irá parar o carro se o condutor sofrer um problema de saúde

Atualmente, os carros já disponibilizam uma panóplia generosa de capacidades que pretendem facilitar o quotidiano do condutor. Agora, a Mazda revelou que está a desenvolver uma tecnologia que permitirá que os carros parem caso a pessoa que vá ao volante sofra algum problema de saúde.

Especificamente, os carros saberão, em 2025, quando o condutor estiver a sofrer um AVC ou um ataque cardíaco, por exemplo.

Mazda


Microsoft avisa que ciberataque massivo da Rússia vai atingir os EUA

Os sistemas de segurança dos Estados Unidos da América (EUA) são dos mais robustos que existem, protegendo dados de uma das maiores potências mundiais. Contudo, a Microsoft avisa que um ciberataque massivo promovido pela Rússia irá atingir o país.

Segundo a empresa, os hackers são os responsáveis pelos ataques SolarWinds.

Ciberataque Microsoft